formspring.me

MEMANDA MAS PERGUNTAS

Ask me anything http://formspring.me/MADAMYVIVI

formspring.me

MEMANDA MAS PERGUNTAS

Ask me anything http://formspring.me/MADAMYVIVI

formspring.me

MEMANDA MAS PERGUNTAS

Ask me anything http://formspring.me/MADAMYVIVI

JEFREE STARS

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

APOSTA


Apostas

 

 


Apostei alto quando vocĂȘ nasceu.

Apostei no seu primeiro sorriso e no seu primeiro abraço,

que foram todos para mim.

Apostei nos teus primeiros passos.

Apostei no primeiro dia de escola,

quando pela primeira vez me senti sĂł.

Era meu primeiro dia de aprendizado também.

Comecei a aprender que um dia nĂŁo serias mais meu bebĂȘ.

Teria que entregĂĄ-la ao mundo.

Teria que vĂȘ-la dar adeus e ser dona de sua vida.

Apesar de minha perda, o mundo ganharia vocĂȘ,

meu bem mais precioso…

Mas continuei apostando em vocĂȘ.

Apostei nas primeiras amizades que vocĂȘ conquistou.

Apostei todas as vezes que vi vocĂȘ aprender.

Algumas vezes perdi minhas apostas.

Perdi porque, talvez, nĂŁo soube ensinĂĄ-la

da melhor maneira possĂ­vel.

Pois sempre desejei que fosse melhor que eu.

Que chorasse menos que eu chorei, que sofresse menos…

Mas sei que a estrada Ă© sĂł sua, somente vocĂȘ pode caminhar.

Mesmo assim continuo e continuarei apostando em vocĂȘ.

Ficarei torcendo para nĂŁo perder minhas apostas.

Desejando que seu futuro seja cheio de alegrias,

E que as surpresas sejam sempre boas.

Que as lĂĄgrimas sejam sempre,mais de alegrias.

Que no coração haja espaço somente para o amor.

Pois um dia entenderĂĄs o amor que sinto por vocĂȘ.

Então, também vai apostar e torcer por alguém

que um dia vocĂȘ chamarĂĄ, de seu bebĂȘ.

 

AMIGOS


Amigos

VIVIMETALIUN

Tenho tantos amigos que às vezes me acho no céu!
SĂŁo pessoas tĂŁo especiais que nem sei
como classificĂĄ-las,
Jamais conseguiria passar para o papel tudo que
representam para mim…
A escrita Ă© muito pobre para definir este sentimento:
Um amor sem interesses,
a nĂŁo ser aquele de ver o amigo feliz!
Definiria meus amigos como engrenagens
de uma mĂĄquina
Sinto como sendo um componente desta maquina,
talvez, o mais importante de todos,pois o carinho,
o amor e o afeto com que sou tratado
Me fazem sentir a parte principal desta linda maquina,
que se chama vida…
Eu nĂŁo saberia definir melhor meus amigos
Talvez nunca possa expressar todo sentimento
Toda alegria que sinto quando recebo um olĂĄ…
Quando recebo algumas palavras simples e sinceras
O efeito que causam em meu peito Ă© devastador
Nenhum remĂ©dio, nenhuma cura, nenhuma ciĂȘncia
Ă© tĂŁo eficaz quanto estas palavras que recebo de vocĂȘs,
meus amigos…
Peço a Deus que sempre acompanhe todos vocĂȘs
E ilumine seus caminhos para que vocĂȘs possam ter
tempo para, de vez em quando, lembrarem-se de mim
Que sempre saibam o quanto eu os amo.
Pois jamais poderei retribuir o afeto, o carinho
e o amor que recebo de vocĂȘs,
meus amigos…

MENINA


Menina
VIVIMETALIUN
Estou apaixonado por uma menina
Que eu conheci aqui na net
NĂŁo senti o cheiro de seus cabelos
Não senti o calor de seus braços
Nem o calor de sua boca
Tampouco ouvi sua voz
Mas estou apaixonado
Por essa menina!
Ela tem alguma coisa que nĂŁo sei explicar
Talvez seja o olhar na fotografia
Os olhos nĂŁo sĂŁo as portas da alma?
EntĂŁo eu vi sua histĂłria,
seus anseios e seus amores
E vi sua alma…
De onde vens, menina?
De onde vem vocĂȘ
que me invade o coração
E me faz sentir criança novamente?
Deixa-me te amar
como ninguĂ©m te amou…
Deixa-me conhecĂȘ-la para
acalmar meus anseios
Para ser feliz pelo menos uma vez…

NĂŁo me deixe


NĂŁo me deixe

ESCRITO POR VIVIMETALIUN

Ainda nĂŁo Ă© tempo de vocĂȘ ir

Mesmo que nĂŁo sinta o amor de antes

NĂŁo me deixe sem ter usado

e abusado de ti

Sem ter enjoado de tocar tua pele

Sem ter esgotado meus beijos para vocĂȘ…

Tenho muito amor ainda em meu peito!

Se deseja ir, entĂŁo vĂĄ

Mas prometa-me que retornarĂĄ

Que ainda realizaremos aqueles

sonhos tolos

Que esquecemos numa gaveta qualquer…

O amor nĂŁo morre, apenas adormece

Na espera de uma chuva para renascer

E eu ainda te quero tanto!

Temos tantas coisas para realizarmos…

Por isso, menina, vĂĄ mas prometa retornar.

NĂŁo desejo viver meus dias sem vocĂȘ

VocĂȘ Ă© meu porto seguro

Contigo as coisas sĂŁo tĂŁo mais fĂĄceis

Minha querida

Se for saiba que estarei sempre

te esperando

Sempre te amando

SONHANDO


Sonhando
ESCRITO POR VIVIMETALIUN
Deitado na minha cama sinto
Teu perfume que exala pelo ar…
No fundo, uma canção suave,
tĂŁo suave quanto as ondas de teu mar!
Embalando meu peito,
Dando asas ao meu coração,
As paredes de meu quarto se abrem,
Uma brisa salgada invade meu rosto
A alegria invade minh’alma…
É o bom dia acordando o menino dentro de mim!
NĂŁo sei o que me faz sentir assim
Se o amor que sinto por ti
Ou a saudade que embriaga meu ser…
Continuo a caminhar por suas praias
na esperança de te encontrar…
Menina dos cabelos de mel, da pele clara,
dos olhos que me enfeitiçam!
Esta vontade de tocar suas mĂŁos
NĂŁo me sai do pensamento,
O desejo de ouvir contos de sua vida,
Suas alegrias e tristezas…
Sempre esta voz que me enfeitiça
Me faz sentir livre e feliz como nunca antes senti!
O amor chegou no peito e abriu o coração
Para nunca mais fechar…

AMANHECEU

Amanheceu

VIVIMETALIUN

Na mochila, o peso das tristezas

E dos meus lamentos.

Amanhecia

E era preciso recomeçar,

Talvez chorar para lavar a alma,

Talvez fingir que esqueci

Que a vida era apenas virar a esquina

E tudo estaria bem novamente…

Amanhecia e o tempo nĂŁo espera …

Fim da estrada, fim das ilusÔes, fim de nós dois!

Mas Ă© preciso prosseguir

ou ficar para trĂĄs!

Amanhecia e sentia o fim…

Até que uma nova luz

despontou no horizonte …

Era a luz da minha esperança

Que veio anunciar o recomeço.

Amanhecia e eu recomeçava !

Mas não recomeçava só,

Tinha, agora, vocĂȘ ao meu lado!

Calada e sabendo das minhas dores,

VocĂȘ estava ali…

Vinha junto com o novo amanhecer,

Me ajudando a catar

os cacos de mim mesmo,

Esperando que meu sorriso

voltasse a acontecer ,

Desejando que eu acordasse

Para ser somente seu…

PRIMEIROS SONHOS


Primeiros Sonhos

ESCRITO POR VIVIMETALIUN


Quando era menino sonhava acordado!
Via minha vida como num filme…
Via sempre uma menina ao meu lado,
Tinha um jeitinho que jamais encontrei.

Meu caminho nĂŁo foi como eu sonhei,
NĂŁo houve tantas flores,
Nem o amor que tanto desejei.
Hoje jĂĄ passei da metade de minha vida…

Os sonhos ficaram no passado,
As ilusÔes ficaram perdidas dentro de mim.
Perdi para as frustraçÔes de minha vida,
Meu passado tornou-se escuro.

A estrela que deveria acendĂȘ-lo nĂŁo apareceu…
JĂĄ sentia o fim se aproximando!
Perdi a fé e a pureza dos primeiros anos,
Aprendi a chorar para esquecer as desilusĂ”es…

Mas apareceu vocĂȘ, menina.
Jeito de criança, coração de mulher,
Desejando amar como se fosse o Ășnico
motivo para existir;
Me amedrontei, confesso!

Minha idade e minha caminhada
NĂŁo me prepararam para te amar!
JĂĄ me encontrava cansado, desanimado,
Mas seu toque de midas me acendeu o futuro…

Dentro de mim nasceu o jovem que nĂŁo conheci,
Expulsei o desĂąnimo e me tornei seu homem!
E hoje eu aprecio a vida, o vento no rosto,
Vejo flores em meu caminho.

Tenho um ombro para encostar minha cabeça,
Para chorar de alegria e descansar.
NĂŁo mais sonho,
Vivo a realidade de meus sonhos!

SER BRISA…


SER BRISA …

VIVIMETALIUN

Queria ser a brisa que toca seu rosto
Carregando suas preocupaçÔes e suas tristezas
Trazendo alegria e esperança para vocĂȘ
As vezes sei que sou trovĂŁo
Mas nĂŁo queria ser assim…
Ser brisa Ă© tĂŁo difĂ­cil, Ă© um enorme desafio
Ser a brisa do mar que te trĂĄs paz
Para encher teu coração de felicidade
Que trĂĄs o silencio para os momentos tristes
Que seca as lagrimas que rolam pela tua face
Que traga amor para alegrar suas horas
Queria ser uma brisa suave para tocar teu corpo nu
Sentir tua pele macia e maliciosamente
envolvĂȘ-la em minha armadilha
Sentir o tesĂŁo exalando pelos teus poros
Sentir teu cheiro de fĂȘmea no cio pedindo minha presença
para matar tua fome de mim
Queria ser brisa para estar com vocĂȘ
Nos seus melhores e piores momentos
Para que tu soubesse que sempre poderĂĄ contar comigo
Para que soubesse de meu amor por ti
Queria ser sua brisa para tirar o medo que tens de estar sĂł
Para te colocar em meu colo
E se preciso te ninar até dormir
Para entĂŁo comigo sonhar que somos uma brisa
Livres e soltos viajando sob a luz do sol
Experimentando um pouquinho de felicidade
Como eu queria ser uma brisa…

Areia branca


Areia branca

VIVIMETALIUN

Numa mĂŁo uma rosa para vocĂȘ

Na outra toda a agonia em te conhecer

No peito nĂŁo hĂĄ mais lugar

para tanta saudade…

Uma brisa vinda do mar toca meu rosto

Prevendo momentos de expectativas

e alegrias

Te vejo ao longe, descalça,

correndo para mim

Era a mesma menina que sempre desejei…

A areia branca se espalha para os lados

Sem pressa,

assiste a mais um momento de paixĂŁo

O nosso momento, aqui e agora, sĂł nosso!

Eu corro para vocĂȘ…

Neste momento o tempo pĂĄra

Espera, intrépido,

o desenrolar de nossa histĂłria

Teu corpo, coberto de tecido de cetim,

Deixa meus olhos verem tuas curvas…

Curvas insinuantes e provocantes

Atiçam meus instintos mais profundos

Teu poeta se transforma em teu lobo

Agora sedento de vocĂȘ.

Toco tua boca com minhas mĂŁos

Extravaso toda saudade e angĂșstia do peito

Poucas palavras sĂŁo pronunciadas

Nossas bocas, agora mudas,

falam o idioma do amor…

NĂŁo importa agora mais nada

Nem o tempo de espera,

nem os momentos em que

perdia a esperança

Em apenas um momento tudo se apagou…

Somente eu e vocĂȘ Ă© o que importa

A natureza sorria, somente para nĂłs.

FalĂĄvamos atravĂ©s de gestos espontĂąneos…

Toques suaves substituĂ­am nossas energias

Eu me renovava em vocĂȘ e vocĂȘ em mim

LĂĄgrimas corriam ao lĂ©u…

Pronunciando uma felicidade jamais sentida

Dois corpos sedentos, um amor bandido

A vida perdia todo sentido…

Somente a areia branca como cĂșmplice

Uma luz entrou em meu quarto

Acordou-me deste lindo sonho

Era o sol que me acordava

Mais um dia em minha vida…

Longe de vocĂȘ…