Nada justifica a minha palavra limpa

“Nada justifica a minha palavra limpa, em paz, por nada. Apenas perdoo – me antes de ser perdoada. Me liberto antes que o outro endureça e me guarde dentro da sua indiferença. Nunca fomos tão iguais, como agora. Errantes, engordamos tantas indelicadezas – as mesmas, por uma culpa que nunca é nossa “

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s