A casa de férias mais única do mundo

Como você imaginaria a sua casa de veraneio no interior, para se livrar do estresse da cidade durante os fins de semana, os feriados e as férias? Uma casa bem aconchegante e pequena no meio do nada, cercada de lindas árvores, com uma grande mesa de piquenique no gramado? Bem…a casa abaixo é mais ou menos isso, só que com uns detalhes a mais.

A equipe de arquitetos belgas B-ILDprojetou uma casa de férias diferente de qualquer outra. Graças à sua criatividade e trabalho duro, a equipe foi capaz de criar esta única casa de veraneio nos campos da Holanda. Parte do que torna o lugar interessante é que metade dela fica abaixo do solo. Mas o que realmente separa essa casa dos milhares de outros pontos de férias é que ela foi construída para servir como um bunker durante a Segunda Guerra Mundial. Apesar de seu passado problemático, este lugar realmente se transformou em uma ótima casa para as férias. Dê uma olhada:

desktop-1414611991

Pode não parecer muita coisa…

desktop-1414611994

…mas assim que você olhar abaixo da superfície, você vai ver que esta casa de férias é uma das mais interessantes do mundo.

desktop-1414611995

A entrada.

desktop-1414611992

Do outro lado da porta.

desktop-1414611993

Para um bunker, até que a claridade não está ruim, não é?

desktop-1414611994 (1)

Lembre-se que isso faz parte do projeto; a aparência básica, as cores e a iluminação funcionam muito bem juntas.

desktop-1414611997

Camas de beliche!

desktop-1414611996

Até que o quarto é bem bonito.

desktop-1414611998

Há bastante espaço, especialmente para um bunker.

desktop-1414611990

Nada mal…

desktop-1414611992 (1)

A mesa de jantar da família.

desktop-1414611997 (1)

A graça também está nos arredores. Local bem bonito.

Que lugar! O Macaco realmente conseguiria um pouco de privacidade nesse ponto. Parece que seria bastante relaxante! E você, concorda?

Anúncios

Cientistas dizem que a Terra está passando pelo sexto processo de extinção em massa.

Foto: Cientistas dizem que a  Terra está passando pelo sexto processo de extinção em massa.

#WDF | Wendel Freitas
CDC Fatos Desconhecidos

Conheça a Costa do Esqueleto, o maior cemitério do mundo à beira-mar

destaque

Conheça a Costa do Esqueleto, o maior cemitério do mundo à beira-mar

Um cemitério aberto, no meio das areias de uma praia paradisíaca. Conheça a Costa do Esqueleto, um lugar totalmente fora do comum, que fica na Namíbia

É difícil lembrar de praias e cenários paradisíacos quando a assunto está relacionado a terror ou a tragédias, não é mesmo? Acontece, no entanto, que a natureza não sabe disso e fez de uma praia, na costa da Namíbia, um dos lugares mais fantasmagóricos do mundo.

Isso porque a “Costa dos Esqueletos”, como o próprio nome sugere, se trata de um enorme cemitério a céu aberto, à beira do mar; onde são encontradas inúmeras carcaças e esqueletos de baleias, de outros bichos marinhos e até mesmo restos humanos. Aliás, contam que esse lugar, com mais de 500 quilômetros de extensão, sempre foi um ímã de náufragos e, hoje em dia, conta com mais de mil desses barcos (muitos de séculos atrás) que, por algum motivo, afundaram ali perto e engolidos pela areia.

Aliás, vem daí a grande quantidade de esqueletos humanos encontrados nessa praia. Pelo menos é assim que historiadores justificam tantos ossos de nossa espécie espalhados pela Costa do Esqueleto.

Mesmo assim, segundo contam, há 12 esqueletos decapitados no local (descobertos em 1943) que ninguém nunca conseguiu descobrir o motivo pelo qual foram mortos ou porque foram abandonados ali. Mas existem também na região algumas histórias sobre desaparecimentos de aviões, como o do piloto suíço Carl Neuer, que se perdeu no lugar em 1933.

O mais impressionante sobre a Costa, no entanto, é que mesmo sendo tão assustadora e inóspita, há centenas de turistas que todos os anos se aventuram por essas areias cheias de restos mortais. Inclusive, o fluxo de pessoas no lugar é tão grande que, em 1971, uma grande parte da Costa foi declarada Parque Nacional, sendo que só a parte sul pode ser explorada por veículos especiais. Já na parte norte da Costa do Esqueleto, só é possível chegar de avião.

Veja algumas fotos do lugar:

12  765481211109131514161721201918

Aos-15-anos-fotografo-cria-mundo-magico-feito-em-miniatura

Muitos de nós, durante a adolescência, fazíamos o mínimo de ir para a escola e já achávamos que era muito. Mas alguns jovens dedicam seu tempo e esforço às suas paixões e acabam revelando-se verdadeiros talentos. É o caso do fotógrafo norte americano Zev Hoover, de apenas 15 anos de idade, que criou um mundo mágico feito em miniatura para sua série de fotosLittle Folk.

O dom para a fotografia de Fiddleoak, como é conhecido, veio precocemente, aos oito anos de idade, quando deu início aos primeiros cliques. Com o tempo, as habilidades foram aumentando e o nível de qualidade de seu trabalho tem impressionado, unindo a imaginação para criar cenas em miniatura. Ao contrário de outros fotógrafos que, de fato, utilizam miniaturas em seus trabalhos, Hoover se dedica a manipular as imagens que registra para transformá-las em algo pequenino.

O intuito é que as fotos sejam todas tiradas no mesmo local e quando isso não é possível, o fotógrafo trata de combinar as cenas certeiramente, a ponto de ninguém perceber as diferenças. O garoto estuda em casa, então tem bastante tempo para se dedicar à fotografia e aos seus universos particulares, dos quais fazem parte do processo criativo a solidão em meio a natureza.

Hoover destacou a importância da internet em seu reconhecimento mundial, já que suas miniaturas estão tomando conta da web.O feedback das pessoas é o que me encoraja a continuar meu trabalho. A internet tornou o mundo menor, qualquer um pode encontrar meu trabalho facilmente. Sem ela isso seria quase impossível, eu seria apenas uma criança que tira fotos e seria um ninguém, talvez para sempre”, declarou à reportagem da BBC.

Fiddleoak

Fiddleoak2

Fiddleoak3

Fiddleoak4

Fiddleoak5

Fiddleoak6

Fiddleoak7

Fiddleoak8

Fiddleoak9

Fiddleoak10

Fiddleoak11

Fiddleoak12

Fiddleoak13

Fiddleoak14

Fiddleoak15

Fiddleoak16

Fiddleoak17

Fiddleoak18

Fiddleoak19