23 GIFs que vão te mostrar como é o Paraíso

tumblr_lvy8t43ydb1qcwl12o1_500

Se você também é adepto da teoria de que as 4 melhores coisas da vida são comer e viajar, precisa ver a nossa lista de GIFs, que vão te tirar da sua cadeira desconfortável e te colocar em contato direto com os cheiros, sons e tranquilidade da natureza. Afinal, se você quiser algo para pensar a respeito e notar a imensidão infinita da beleza da vida, não é preciso ir longe, nem pensar na humanidade: a resposta está no organismo vivo e dinâmico que é a natureza.

Florestas, lagos, vulcões, nuvens e o espaço; locais que nos remontam a nossa insignificância diante do tamanho do Universo, tão poderoso e belo em sua orquestra divina. Por isso, se você gostaria de nesse momento estar em Fernando de Noronha ou em uma bela praia grega, bom, eu também gostaria, mas a gente nem sempre pode tudo o que quer. Apesar disso, pra quê ir até o mundo se o mundo pode ir até você? Tudo que é preciso é conferir essa seleção de GIFs, que vão te colocar em contato direto com seu espírito e fazer o concreto todo com o qual você convive parecer um pouco mais distante:

tumblr_n4cd49lhzb1t11472o2_500

tumblr_mx7ccz0b2E1qmqha2o1_500

tumblr_msnlaaYePw1qcveu5o1_500

tumblr_mj128gVrF21rgdl3co1_250

tumblr_mibjscds4p1rtzbb2o1_400

tumblr_mgtxnybfv71s390qao1_500

tumblr_m122m2ZLz11qcwl12o1_500

tumblr_m7nrzrXgIj1qekvhfo1_500

tumblr_m2hixw9cVy1r0xm0co1_500

tumblr_lz8w63cmwF1r4iqd1o1_500

tumblr_lxmdw1b4061qh1acco1_500

tumblr_lxmdtqRBPn1qh1acco1_500

tumblr_lvy8t43ydb1qcwl12o1_500

Sunrise-beach

giphy

giphy (3)

giphy (2)

giphy (1)

gifs-assustadores-1

200

200 (2)

200 (1)

200 (3)

Comidas nojentas e impressionantes que vão atiçar sua curiosidade e fome igualmente

023

Comidas nojentas e impressionantes que vão atiçar sua curiosidade e fome igualmente

Comidas bizarras, nojentas e impressionantes que vão te deixar curioso e enojado ao mesmo tempo

 

Você acha que está sendo bizarrão ao colocar requeijão no miojo, misturar salada com feijão ou carne com doce? Bom, isso tudo é bastante nojento, mas no Ártico, as pesoas comem esse negócio da foto, chamado Muktuk, que é feito de pele de baleia. De acordo com o pessoal de lá, as mais gostosas, nessa ordem, são as da baleia-da-Groelândia, narwhal e beluga.

Além disso, podem ser temperadas com sal ou comidas frescas, fritas, picadas ou cruas; enquanto a gordura do tecido adiposo é nutritiva, a pele em si tem uma consistência borrachuda, tipo um toucinho de baleia. Confira aqui alguns outros pratos bastante…característicos ao redor do mundo:

Torta de Vinagre

033

Não se sabe muito bem quem começou com a moda, mas há registros da receita desde 1800, e supostamente começou pelo uso de vinagre de maçã ao invés de sucos de outras frutas mais caras, como o limão, e por isso era chamada de “torta de limão de pobre”.

Há várias versões dela, tanto doces quanto azedas, e durante a Grande Depressão, pós 1929, era bastante popular, em especial com bolacha de água e sal, e até hoje existe, inclusive em versões mais finas, com vinagre balsâmico.

So

104

O único laticínio de origem japonesa, é feito mais ou menos como doce de leite, batendo-se exaustivamente a bebida até que se torne uma coisa sólida e pastosa. Não era exatamente gostoso, mas considerado uma iguaria ligada à nobreza no Japão feudal, representando o sonho da nação de conseguir preservar alimentos por longos períodos de tempo. Estima-se que seu gosto fosse extremamente azedo e concentrado, como uma polpa de iogurte, se isso existisse.

Ambergris

094

Eram vistos como saliva de dragões petrificada (não nos pergunte o porquê) na China antiga, mas na verdade são fezes de baleia, compostas por gordura e bile, que em contato com o oceano tornam-se petrificadas e com textura cerosa.

Seu cheiro duradouro e profundo lhe rendeu uso em diversas fórmulas de perfumes, incluindo o célebre Chanel No. 5. Também era comido em outras culturas além da chinesa, como por exemplo na Pérsia, onde era servido com sorvete de limão. Já os franceses o comiam com chocolate, e o famoso Casanova, como afrodisíaco. Hoje em dia, com a raridade de baleias, é incrivelmente valioso e até proibido – mas quem já comeu diz que o sabor é inesquecível.

A Torrada de Torrada

085

Esse não é exatamente nojento, mas bizarro. Afinal, é um sanduíche de pão, feito com uma fatia de torrada entre duas de pão não-torrado, o que pode ser incrementado com ovos, pimenta, sal, sardinhas e vegetais como cenoura. Apesar de ser comido principalmente como café da manhã, nas épocas de pobreza da Inglaterra já foi prato principal pra muita família, até hoje constando em livros culinários britânicos, com várias modificações e temperos. Ganhou o título de “A Refeição Mais Barata da Inglaterra”, e dificilmente será superado na categoria.

Ovos de Iguana Negra

073

Na cultura Maia, esse alimento composto praticamente só de gema era considerado nutritivo e delicioso, um alvo inesperado já que não temos o costume de comer ovos de répteis, o que foi muito estranhado pelos europeus, já que os povos andinos dominavam a agricultura, além de domesticar abelhas e outros insetos, mas nenhum mamífero para dar base proteica à alimentação.

Por outro lado, as iguanas negras não precisavam passar tanto tempo na água quanto as verdes, e podiam ficar longos períodos sem comida ou água, o que as fazia perfeitas para sobreviver a épocas de dificuldade climática e viagens. Hoje em dia, é ilegal caçá-las, o que provavelmente manterá o sabor da iguaria no passado.

Heron assado

063

O Heron, ou Ardeidae, em português, é uma ave parecida com a garça e que pouca gente pensaria em capturar ou comer, mas, com a necessidade, surgem receitas estranhas, como o Heron assado. Pesando apenas 2 kgs já em estágio adulto, as aves não eram exatamente nutritivas e precisavam ser comidas em grandes quantidades. A parte boa (ou ruim) é que eram cobertos e gengibre antes de gratinados.

Ratos recheados

053

Hamsters e ratinhos caseiros podem ser nojentos ou engraçados pra você, mas pros romanos eram uma iguaria, cozida em potes de cerâmica chamados “glirarium”, onde eram engordados durante o inverno para serem comidos no verão. Quando bem estufados, eram mortos e recheados com nozes e assados com mel e temperos, servidos geralmente como aperitivo. Na Eslovênia e Croácia, ainda é considerado um quitute tradicional.

Salada de Gelatina

044

Desde 1600 as pessoas gostam de misturar coisas com gelatina, entre elas algumas bem bizarras, como camarões, carne ou salada. A gelatina com saladas, por sua vez, foi popularizada como um método para popularizar e tornar “mais jovem” o consumo de vegetais entre as famílias de 1960, com a sugestão de ser servido com maionese.

Gelatina de Bexiga de Peixes

013

Com as bexigas de peixes Esturjão, essa delícia (?) foi originalmente usada como um ingrediente para cola, transformando-se em alimento pela curiosidade de algum marceneiro esfomeado. A substância base da comida é o chamado isinglass, que é usado para fazer bebidas como cerveja e vinho, inclusive a cerveja Guinness.

Surreal! 26 imagens incríveis revelam o que acontece debaixo da água e você nunca vê

 destaque

Todo mundo já teve aquela sensação estranha de estar entrando no “desconhecido” ao se enfiar nas águas do mar ou de algum rio por aí. Isso acontece porque, na maioria das vezes, a tonalidade das águas não é clara o suficiente para deixar que a gente veja o que acontece abaixo de sua superfície, não é mesmo?

Mas, pelo toque dos pés no fundo desses lugares dá para saber que há muito mais ali do que nossa “vã filosofia” poderia supor. Muitos documentários sobre o assunto, inclusive, já mostraram o mundo vivo que existe abaixo da água, com peixes, corais e muitos outros seres que nunca pensamos estar tão próximos de nós.

As fotos feitas por Matt Buco, que você confere abaixo, também são ótimas provas a respeito desse assunto. Confira as imagens na lista e se surpreenda com as coisas que você nunca vê, mas que estão debaixo na água, logo abaixo de sua superfície:

1. Lago das Medusas, em Palau

1

2. Laguna de los Burros, no México

2

3. Eilat, em Israel

3

4. Zanzibar, na Tanzânia

4

5. Nuweiba, no Egito

5

6. Raja Ampat, na Indonésia

6

7. Rio Smalblaar, na África do Sul

7

8. Ilhas Madalena, no Canadá

8

9. Ilhas Andamão, na Índia

9

10. Bora Bora, na Polinésia Francesa

10

11. Praia dos Porcos, nas Bahamas

11

12. Gruta Azul em Capri, na Itália

12

13. Ilha de Palawan, nas Filipinas

13

14. Mar das Flores, na Indonésia

14

15. Ilha de Sipadan, na Malásia

15

16. Parque dos Tubarões, na África do Sul

16

17. Ilha Danco, na Antártida

17

18. Kimbe, na Papua-Nova Guiné

18

19. Ilha Maré, na Nova Caledônia

19

20. Everglades, na Flórida

20

21. Lago congelado, na Suíça

21

22. Mar do Caribe, no México

22

23. Playa Chica de Lanzarote, na Espanha

23

24. Um lugar paradisíaco na Islândia

24

25. Grüner See, na Áustria

25

26. Em algum lugar, em águas argentinas

26

Essa é a gatinha mais velha do mundo

Essa é a gatinha mais velha do mundo. Se fosse comparar a idade dela com a de um humano, seria como uma pessoa de 114 anos!
Foto: Essa é a gatinha mais velha do mundo. Se fosse comparar a idade dela com a de um humano, seria como uma pessoa de 114 anos!

Elizabeth Báthory

Elizabeth Báthory tinha sangue azul, mas curtia ver o sangue vermelho jorrar. A húngara foi acusada de torturar e matar 80 garotas, com a ajuda de quatro pessoas. Mas registros indicam que 650 cabeças de jovens donzelas rolaram por causa da condessa.
Elizabeth nunca foi sequer julgada. Mas, em 1610, a condessa foi submetida a uma espécie de “prisão domiciliar” em um castelo na Eslováquia. E ficou lá até morrer, quatro anos mais tarde. Quer saber o pior? Tempos depois, foram encontrados textos que diziam com todas as letras que a condessa matava garotinhas porque – atenção! – gostava de se banhar no sangue de moças virgens para manter a sua juventude. Ai, se algumas celebridades brasileiras descobrirem esse segredo de beleza.

Foto: Elizabeth Báthory tinha sangue azul, mas curtia ver o sangue vermelho jorrar. A húngara foi acusada de torturar e matar 80 garotas, com a ajuda de quatro pessoas. Mas registros indicam que 650 cabeças de jovens donzelas rolaram por causa da condessa.
Elizabeth nunca foi sequer julgada. Mas, em 1610, a condessa foi submetida a uma espécie de “prisão domiciliar” em um castelo na Eslováquia. E ficou lá até morrer, quatro anos mais tarde. Quer saber o pior? Tempos depois, foram encontrados textos que diziam com todas as letras que a condessa matava garotinhas porque – atenção! – gostava de se banhar no sangue de moças virgens para manter a sua juventude. Ai, se algumas celebridades brasileiras descobrirem esse segredo de beleza.

Fonte: SuperAbril

A preciosidade de Marilyn Monroe, de 1960.

Foto: A preciosidade de Marilyn Monroe, de 1960.

Atrações circenses de “Freak Shows” que vão te surpreender

Captain_Spaulding

Atrações circenses de “Freak Shows” que vão te surpreender

As histórias de vida de algumas das mais notáveis celebridades de circos e freak shows da história

 

O mundo circense faz do bizarro espetáculo e, mais do que um ato de auto-bullying lucrativo, como parece ser, é também uma mensagem por parte das pessoas com problemas físicos, psicológicos e culturais: essas pessoas não têm vergonha da suas individualidades, e, rejeitadas no mercado de trabalho convencional, a maneira que encontram para sobreviver é ao mesmo tempo trágica e mágica. Afinal, com certeza deve ser uma aventura viver uma vida de atração de circo, mas ser relegado unicamente a essa opção com certeza também não deve ser muito libertador.

Por isso, a maior parte dessas personalidades ocupou seu tempo livre fazendo o que muita gente “normal” não faz: adquirindo cultura e aprendendo a falar vários idiomas, tocar instrumentos e até mesmo pintar retratos da realeza, ainda que sem mãos para isso. Se não entendeu, confira as histórias abaixo e surpreenda-se com esse peculiares e únicos espécimes humanos:

Hopp, o garoto sapo

Frog-e1414441285868

Samuel Parks nasceu em 1874 com uma doença chamada “osteogensis imperfecta”, que afeta os ossos, deixando-os incrivelmente frágeis – tipo a do Mr. Glass, do filme “Corpo Fechado”. Mas, no caso de Parks, o problema não era a fragilidade, e sim ossos retorcidos, que o faziam parecer um sapo quando agachado. Foi casado duas vezes, mas sua vida amorosa foi marcada por tragédias, como a morte de seu filho, e posteriormente se casou com uma mulher conhecida como “A anã de Connecticut”.

Krao, o elo perdido de Darwin

L0047971 Krao, the missing link.

Essa garota tinha bochechas grandes (para armazenar comida), um rabo vestigial, cabelo pelo corpo inteiro e outras feições que a faziam o “elo perdido” na teoria de Darwin, ou seja, o ponto de transição entre humanos e macacos. Krao começou a se apresentar com 7 anos e excursionou com vários circos. Não se sabe muito sobre a história de sua família, mas é sabido que eram todos como ela, ou seja, ela não era uma anomalia ou caso único.

Krao morreu ainda na juventude, em decorrência de uma gripe, mas aprendeu a ler quando adolescente, falava cinco línguas e tocava piano. Por isso, era mais do que uma simples atração visual, surpreendendo até mesmo cientistas e pessoas sérias, que viam nela a explicação para a evolução.

O garoto tartaruga

Turtle-e1414441324533

George Williams tinha apenas 17 kgs e 45 cm de altura, com ossos retorcidos, que faziam suas mãos parecerem barbatanas. Sofria da condição de displasia parastremática, que afeta os ossos e gera tal aparência. Nos cartazes, era retratado até mesmo com um casco de tartaruga, o que não era realista.

Apesar dos problemas físicos, Williams tocava diversos instrumentos e tinha uma ótima voz, além de ser um bom jogador de bilhar (desde que seu rival deixasse ele andar sobre a mesa).

Baby Ruth

MD002335

Nascida em 1904, não queria de modo algum seguir a carreira de sua mãe, uma mulher-gorda do circo. Entretanto, esse pareceu ser seu destino, já que pesava 180 kg quando saiu do ensino médio, e tentou seguir uma carreira secretarial, que não deu muito certo. A decisão dela foi se unir ao mesmo circo que sua mãe participava, e chegou a superar a sua mãe, chegando aos 317 kg quando se casou, e continuava ganhando 18 kgs por ano.

Uma história curiosa acerca dela foi uma vez que precisou de um caminhão de piano para ser transportada até sua casa em Indiana, e, quando entrou no apartamento, quebrou o chão da sala. Morreu em 1942, depois de ser anestesiada e morrer asfixiada no próprio vômito, quando ninguém conseguiu movê-la.

Os irmãos Tocci

Tocci_Brothers-crop-e1414441467995

Giacomo e Giovanni Tocci, nascidos em 1877 e os gêmeos siameses mais velhos de acordo com o Guinness, chegando aos 63 anos de idade, uma idade excepcional para siameses. Tinham apenas um par de pernas, mas estômago, pulmões, coração, um sistema respiratório e circulatório separados, o que talvez explique sua longevidade. Quando um ficava doente, o outro poderia permanecer saudável. O mesmo se aplicava para drogas, já que um deles gostava de cerveja e o outro preferia água.

Enquanto os pais da(s) criança(s) ficaram chocados com a aparência dos filhos, os donos de circos e produtores de shows viam uma oportunidade econômica ímpar no “produto”, que era apresentado como “o garoto de duas cabeças”. Tinham dificuldades para ficar em pé, mas falavam várias linguagens e gostavam de música, e, apesar de se darem bem, já houve episódios em que discussões terminaram com trocas de socos.

As crianças astecas

Maximo_and_Bartola_CDV_by_Edmonds_of_Southampton_c1867-crop-e1414441342897

Maximo e Bartola apresentavam-se em Nova York, em torno de 1850, como irmãos perdidos da sociedade Asteca. Chegaram a ser até mesmo convidados pessoais do presidente Millard Fillmore. Os dois tinham uma aparência símia e a inteligência de uma criança, sendo comparados até mesmo a cachorros, intelectualmente.

Apesar disso, os irmão sofriam de microcefalia, o que pode ser observado pela pequena dimensão de seus crânios. Mais tarde, um médico os “roubou” afirmando que iria curá-los, mas na verdade continuou fazendo tours com eles, apresentando-os inclusive como casados (apesar de serem irmãos?!).

Sra. General Tom Thumb

GeneralTomThumbWeddingHarpers-crop-e1414441401415

Casada com Tom Thumb (“Tom Dedão”), um dos anões mais famosos do ramo dos shows de esquisitices, essa mulher tinha apenas 81 cm de altura e pesava apenas 13 kg. Nasceu em 1841, e casou-se com Thumb em 1863 – não se sabe até que ponto por uma jogada de marketing ou por amor real, mesmo que se apresentassem às vezes com “seu bebê”.

A mulher Circassiana

Circassian_hair_dye-crop

Derivada de um mito, que fala sobre mulheres perfeitas, com as características raciais mais delicadas e belas já vistas, ou seja, um supra-sumo da bela feminilidade mítica das mulheres.

Esse mito, das mulheres “Circassianas”, foi em parte atribuído ao patrão de Zalumma Agra, que a vendia como “A estrela do Oriente” e única representante da tal “espécie” de mulheres citada – que logo foi copiada por diversos outros circos e tornou-se famosa mundialmente.

Sarah Biffin, a retratista

Sarah_Biffin_a_limbless_artist._Lithograph_by_G._Engelmann._Wellcome_V0006991-crop

Nasceu em 1784, com pernas vestigiais e sem braços. Apesar disso, com oito anos já costurava e escrevia sozinha, sendo altamente independente e segurando a caneta na boca. Com 13, abandonou a família para participar de um circo viajante, no qual inicialmente mostrava apenas como realizava suas tarefas diárias. Então o dono do circo decidiu que ela deveria aprender a pintar, e, quando tentou, começou a produzir obras que eram praticamente peças clássicas.

Depois de ser contratada para fazer um retrato de Earl de Morton, sua popularidade cresceu rapidamente, em especial por sua deformidade. O Earl pagou para que Biffin se tornasse aprendiz de William Craig, o pintor oficial da Rainha Charlotte, de Gales. Com 29 anos, tornou-se pintora em tempo integral e pintou diversos retratos de personalidades políticas, como William IV e a Rainha Vitória, ganhando medalhas da Sociedade de Artes e até hoje tendo suas pinturas expostas em galerias britânicas.