Mãe natureza

Mãe natureza e seus mistérios: esse pinguim chamou a atenção de uma fotógrafa por ter um “coração” no peito graças a mudança de cor das suas penas.
Foto: Mãe natureza e seus mistérios: esse pinguim chamou a atenção de uma fotógrafa por ter um "coração" no peito graças a mudança de cor das suas penas.

Heterocromia

A Heterocromia ocular dessa moça e de seu cachorro são idênticas.

A Heterocromia ocular dessa moça e de seu cachorro são idênticas.

O último episódio de Chaves ‘seria’ chocante e obscuro.

O capítulo começa com a introdução característica da série, mas o som está antiquado. Quando a vila aparece, não tem ninguém no pátio. O portão se abre como se alguém fosse entrar, mas ninguém entra. E o episódio continua nisso por dois ou três minutos, apenas mostrando a vila vazia e o portão aberto até que finalmente Chaves aparece saindo da vila e sai caminhando pela rua. Nesse momento, aparecem Kiko e Chiquinha na vila. Kiko pergunta então para Chiquinha aonde é que está o Chaves (O ator Carlos Villagrán, que interpreta Quico, faz essa cena usando a voz típica do personagem, entretanto as suas bochechas não estão “inchadas” como deveriam). Chiquinha responde que ele está na rua com catchup. No momento exato que ela diz “na rua”, ouve-se um rugido horrível que não aparece em mais nenhum outro episódio da série.

Após isso, aparece a cena do episódio que foi transmitido na TV e que provavelmente você conhece (a cena em que o Chaves finge estar morto cheio de Catchup) em que aparecem todos os moradores da vila chorando. O som é muito antiquado e os soluços parecem estar vindo de muito mais pessoas do que só aquelas que aparecem na cena. Nesse momento a cena é cortada para o que parece ser uma parada para os comerciais. Então acontece uma mudança para outro cenário, com Dona Florinda, Seu Madruga, Professor Girafales, Kiko e Chiquinha em frente de um fundo preto. Na frente deles parece haver um caixão com o corpo do Chaves mas não dá pra enxergá-lo.

Os 5 personagens parecem estar totalmente horrorizados. Dona Florinda parece muito magra, e quando parece que ela está apenas atuando, a feição devastada dela é realçada quando a câmera foca a sua face por cerca de longos 5 minutos. Depois dessa cena incrivelmente longa, Kiko e Chiquinha dizem “Chavinho” em vozes de coração partido, de tristeza total. Quico não estava falando com sua voz típica, o que levanta questões se os atores Carlos Villagrán e Florinda Mesa (Dona Florinda) estavam mesmo atuando ou se o sentimento era real.

Depois disso, surge a imagem do corpo do Chaves. Nessa cena, são levantadas muitas questões como por exemplo o corpo de Chaves que está mais alto que o ator Roberto Gomes Bolaños. O terno de Chaves é muito pequeno, e pode-se ver também que ele é muito gordo e a cor da pele dele é muito escura. As duas pernas dele estão quebradas e sangrando. O Boné que cobre o rosto dele está coberto de sangue, e os braços dele estão emagrecidos comparados ao resto do corpo. O tronco dele parece estar completamente limpo se comparado aos membros que estão sujos e ensanguentados. Essa cena dura 5 minutos, até que começa a música final característica da série.”

Houve um período de 4 meses entre o tempo que esse episódio foi filmado até quando Chesperito (apelido de Bolaños) juntou toda a turma e há muitas especulações sobre quem teria “interpretado” o corpo de Chaves. Certamente que não foi uma pessoa qualquer e também não foi um figurante que teria aparecido em algum outro momento na série. Além disso, há algum tempo atrás, Bolaños disse que ele queria fazer algo que ninguém nunca teria visto antes na televisão.

Curiosamente Bolanõs queria que no último episódio de Chaves, o personagem se sacrificasse pra salvar uma criança de ser atropelada, mas ele decidiu não fazer isso por que sua filha disse que isso poderia fazer com que as outras crianças imitassem o personagem.

Não seria um bom desfecho para uma série tão divertida e inocente quanto é a série Chaves, não é mesmo? Se a história é verdadeira ou não, fazer um episódio desses certamente seria um pouco chocante demais e um tanto inconveniente, não acham?

O último episódio de Chaves 'seria' chocante e obscuro. 

O capítulo começa com a introdução característica da série, mas o som está antiquado. Quando a vila aparece, não tem ninguém no pátio. O portão se abre como se alguém fosse entrar, mas ninguém entra. E o episódio continua nisso por dois ou três minutos, apenas mostrando a vila vazia e o portão aberto até que finalmente Chaves aparece saindo da vila e sai caminhando pela rua. Nesse momento, aparecem Kiko e Chiquinha na vila. Kiko pergunta então para Chiquinha aonde é que está o Chaves (O ator Carlos Villagrán, que interpreta Quico, faz essa cena usando a voz típica do personagem, entretanto as suas bochechas não estão “inchadas” como deveriam). Chiquinha responde que ele está na rua com catchup. No momento exato que ela diz “na rua”, ouve-se um rugido horrível que não aparece em mais nenhum outro episódio da série.

Após isso, aparece a cena do episódio que foi transmitido na TV e que provavelmente você conhece (a cena em que o Chaves finge estar morto cheio de Catchup) em que aparecem todos os moradores da vila chorando. O som é muito antiquado e os soluços parecem estar vindo de muito mais pessoas do que só aquelas que aparecem na cena. Nesse momento a cena é cortada para o que parece ser uma parada para os comerciais. Então acontece uma mudança para outro cenário, com Dona Florinda, Seu Madruga, Professor Girafales, Kiko e Chiquinha em frente de um fundo preto. Na frente deles parece haver um caixão com o corpo do Chaves mas não dá pra enxergá-lo. 

Os 5 personagens parecem estar totalmente horrorizados. Dona Florinda parece muito magra, e quando parece que ela está apenas atuando, a feição devastada dela é realçada quando a câmera foca a sua face por cerca de longos 5 minutos. Depois dessa cena incrivelmente longa, Kiko e Chiquinha dizem “Chavinho” em vozes de coração partido, de tristeza total. Quico não estava falando com sua voz típica, o que levanta questões se os atores Carlos Villagrán e Florinda Mesa (Dona Florinda) estavam mesmo atuando ou se o sentimento era real.

Depois disso, surge a imagem do corpo do Chaves. Nessa cena, são levantadas muitas questões como por exemplo o corpo de Chaves que está mais alto que o ator Roberto Gomes Bolaños. O terno de Chaves é muito pequeno, e pode-se ver também que ele é muito gordo e a cor da pele dele é muito escura. As duas pernas dele estão quebradas e sangrando. O Boné que cobre o rosto dele está coberto de sangue, e os braços dele estão emagrecidos comparados ao resto do corpo. O tronco dele parece estar completamente limpo se comparado aos membros que estão sujos e ensanguentados. Essa cena dura 5 minutos, até que começa a música final característica da série."

Houve um período de 4 meses entre o tempo que esse episódio foi filmado até quando Chesperito (apelido de Bolaños) juntou toda a turma e há muitas especulações sobre quem teria “interpretado” o corpo de Chaves. Certamente que não foi uma pessoa qualquer e também não foi um figurante que teria aparecido em algum outro momento na série. Além disso, há algum tempo atrás, Bolaños disse que ele queria fazer algo que ninguém nunca teria visto antes na televisão.

Curiosamente Bolanõs queria que no último episódio de Chaves, o personagem se sacrificasse pra salvar uma criança de ser atropelada, mas ele decidiu não fazer isso por que sua filha disse que isso poderia fazer com que as outras crianças imitassem o personagem.

Não seria um bom desfecho para uma série tão divertida e inocente quanto é a série Chaves, não é mesmo? Se a história é verdadeira ou não, fazer um episódio desses certamente seria um pouco chocante demais e um tanto inconveniente, não acham?

hackers

Brasil têm os melhores hackers do mundo, diz especialista.

Brasil têm os melhores hackers do mundo, diz especialista.

Irena Sendler

Essa é Irena Sendler, Polonesa responsável por salvar a vida de mais de 2.500 crianças durante a Segunda Guerra Mundial. E foi por isso que ficou conhecida como “O Anjo do Gueto de Varsóvia”.

Essa é Irena Sendler, Polonesa responsável por salvar a vida de mais de 2.500 crianças durante a Segunda Guerra Mundial. E foi por isso que ficou conhecida como “O Anjo do Gueto de Varsóvia”.

Presídio de Alcatraz :

 Os detentos ficavam em celas individuais e permaneciam em silêncio (Só podiam conversar no fim de semana). E quem se rebelava era preso em um buraco por semanas. Alguns turistas dizem ouvir gritos dos fantasmas-detentos.

Presídio de Alcatraz : Os detentos ficavam em celas individuais e permaneciam em silêncio (Só podiam conversar no fim de semana). E quem se rebelava era preso em um buraco por semanas. Alguns turistas dizem ouvir gritos dos fantasmas-detentos.

Edward Mordake – O homem de duas faces

Edward Mordake foi supostamente herdeiro de um cargo importante na Inglaterra no século XIX, alem de um brilhante musico. Tinha tudo pra viver muito bem, mas era portador de uma rara síndrome denominada Craniopagus parasiticus, que acontece quando crânio de gêmeos não se separam e dividem o mesmo corpo.

Segundo diziam, Mordake, visto de frente era um homem encantador mas escondia um rosto adicional aterrorizante na nuca, que era incapazde comer ou falar, mas podia rir e chorar.

Mordake pediu aos médicos uma cirurgia para a remoção da sua segunda face, pois ela sussurrava coisas assustadoras e incompreensíveis durante a noite.

Ele mesmo dizia que quando estava triste, sua outra face ria com se estivesse zombando de seus sentimentos. Diziam que os olhos da segunda face acompanhavam o movimento das outras pessoas.

Após ter seu pedido negado por vários médicos, Mordake decidiu se suicidar aos 23 anos. Existem duas versões de sua morte: A primeira, ele teria se matado com um veneno, na segunda, com um tiro em uns dos olhos da segunda face.

Nas duas versões Mordake teria deixado uma carta pedindo que sua face monstruosa fosse destruída do seu crânio antes do sepultamento, para que ele não continuasse ouvindo sussurros macabros no tumulo.

Edward Mordake - O homem de duas faces

Edward Mordake foi supostamente herdeiro de um cargo importante na Inglaterra no século XIX, alem de um brilhante musico. Tinha tudo pra viver muito bem, mas era portador de uma rara síndrome denominada Craniopagus parasiticus, que acontece quando crânio de gêmeos não se separam e dividem o mesmo corpo. 

Segundo diziam, Mordake, visto de frente era um homem encantador mas escondia um rosto adicional aterrorizante na nuca, que era incapaz de comer ou falar, mas podia rir e chorar.

Mordake pediu aos médicos uma cirurgia para a remoção da sua segunda face, pois ela sussurrava coisas assustadoras e incompreensíveis durante a noite. 

Ele mesmo dizia que quando estava triste, sua outra face ria com se estivesse zombando de seus sentimentos. Diziam que os olhos da segunda face acompanhavam o movimento das outras pessoas. 

Após ter seu pedido negado por vários médicos, Mordake decidiu se suicidar aos 23 anos. Existem duas versões de sua morte: A primeira, ele teria se matado com um veneno, na segunda, com um tiro em uns dos olhos da segunda face.

Nas duas versões Mordake teria deixado uma carta pedindo que sua face monstruosa fosse destruída do seu crânio antes do sepultamento, para que ele não continuasse ouvindo sussurros macabros no tumulo.

Da Vinci

As últimas palavras de Da Vinci foram:

“Ofendi a Deus e à Humanidade, pois meu trabalho jamais atingiu a qualidade que deveria ter atingido.”

As últimas palavras de Da Vinci foram:

“Ofendi a Deus e à Humanidade, pois meu trabalho jamais atingiu a qualidade que deveria ter atingido.”

The most read Lifesaving Poems of 2014

Anthony Wilson

1723805_858205190865701_1088292576_n

Here are the most read Lifesaving Poems of 2014.

For the first time I have been able to compare last year’s top ten with this year’s, so have put last year’s position in brackets. * denotes a new entry to the top ten.

1 (1) ‘Journey’ -Mary Oliver

I first came across Mary Oliver’s ‘The Journey’ on Malcolm Doney’s Posterous page, sadly now defunct. (While it was still with us I took the liberty of copying it to my scrapbook blog Nowhere Better Than This, the text of which is here. The good news is you can now listen to Malcolm Pausing for Thought on Radio 2. A recent favourite example is this short piece, on hope. It has five essential words of Wendell Berry in it, which, as my children never tire of laughing at me for saying, is worth the admission fee.)

Until finding ‘The…

Ver o post original 1.295 mais palavras

Navy Blue Night (with snowfall)

draw and shoot

NavyBlueNight1

NavyBlueNight4

NavyBlueNight3

NavyBlueNight2

NavyBlueNightWe have lost the snow ~ the light of winter ~ so I went back to look at some photographs from last year and found these, images made at night while a gentle snow was falling. These are in-camera double exposures, the first exposure is a still frame with flash (to catch the snowflakes), and in the second exposure camera movement was used to ‘sketch’ in the landscape. I have shifted the colour somewhat to make them look as inky as the night felt.

Karen McRae, 2014

Ver o post original

MUNDO ANIMAL

Cientista japonês cria cordas de violino feitas com teia de aranha. O novo material produz um tipo de timbre mais suave e profundo que as tradicionais cordas de intestino animal.
Foto: Cientista japonês cria cordas de violino feitas com teia de aranha. O novo material produz um tipo de timbre mais suave e profundo que as tradicionais cordas de intestino animal.

Francês Napoleão Bonaparte

O francês Napoleão Bonaparte também não era muito fã de água. Em cartas para a mulher Josefina, o general pedia que ela não tomasse banho. A justificativa: gostava de sentir seu cheiro “natural”. As ordens teriam sido estendidas a seu Exército – segundo contam alguns livros, sentia-se de longe o cheiro ruim de suor dos soldados.

Foto: O francês Napoleão Bonaparte também não era muito fã de água. Em cartas para a mulher Josefina, o general pedia que ela não tomasse banho. A justificativa: gostava de sentir seu cheiro “natural”. As ordens teriam sido estendidas a seu Exército – segundo contam alguns livros, sentia-se de longe o cheiro ruim de suor dos soldados.

#MFM | Matheus Marraschi
CDC Fatos Desconhecidos

Oil Prices Rise as Conflict Rocks Libya

TIME

Oil prices jumped as markets opened on Monday morning, after falling during two consecutive sessions, as ongoing hostilities between militants and government forces stoked concerns about crude supplies from the North African nation.

Fighting in Sidra late last week was responsible for causing a fire at one of the country’s main export terminals, resulting in the destruction of 800,000 barrels of crude, according to Reuters.

Over the weekend, the central government struck back at militant fighters in retaliation, launching air raids over the city of Misratah, where one of the country’s strongest rebel groups is based, reported the BBC.

Libya has been in a state of perennial instability since the overthrow and murder of former strongman Muammar Gaddafi in 2011.

[Reuters]

Ver o post original