Série impressionante retrata mulheres e seus banheiros ao redor do mundo

Todos os dias você acorda, toma um banho antes de ir para o trabalho e faz as suas necessidades tranquilamente no banheiro de casa, sem esquecer de lavar as mãos antes de sair. Mas, para algumas pessoas, essa ainda é uma realidade distante de seu cotidiano. Segundo aOrganização das Nações Unidas (ONU), 2,5 milhões de pessoas ainda não possuem acesso ao saneamento básico. Isso inclui 526 milhões de mulheres que são obrigadas a fazer suas necessidades a céu aberto.

É esse o tema de uma impressionante série fotográfica, que mostra as condições sanitárias de mulheres ao redor do mundo e conta a história por trás de cada uma delas. Para estas mulheres, a falta de um banheiro adequado representa também o risco de exposição a agressões e violência sexual.

O trabalho foi criado pelos fotógrafos da Panos Pictures em parceria com a ONG Water & Sanitation for the Urban Poor e marca o World Toilet Day (Dia Internacional do Banheiro), celebrado em 19 de novembro.

toilet1
Foto © Frederic Courbet/WSUP/Panos

Vanessa é uma estudante de 17 anos que vive em Antananarivo, Madagascar. Sua maior preocupação é quando está naqueles dias e precisa ir à escola. Em casa, ela possui um chuveiro na parte externa e consegue se manter limpa, mas na escola não há onde se trocar e ela tem medo que seu absorvente vaze caso fique muito tempo sem trocá-lo.

toilet2
Foto © Petrut Calinescu/WSUP/Panos

Ghita, de 48 anos, vive em Buzescu, na Romênia, e é uma das proprietárias de um dos maiores banheiros da região, com 20m². Apesar disso, não há água corrente ou esgoto em seu povoado.

toilet3
Foto © Eduardo Martino/WSUP/Panos

O Brasil também faz parte da lista – Lorena, de 16 anos, é brasileira e se mudou há pouco para uma favela no Rio de Janeiro. “Um dia eu gostaria de ter um banheiro com água corrente”, diz ela, que até o momento usa o banheiro de sua mãe. O local só possui água corrente às quintas e sábados.

toilet4
Foto © Atul Loke/WSUP/Panos

Saritadevi vive na vila de Ittava, em Uttar Pradesh, na Índia. Ela usa os campos locais como banheiro, mas sofre com a falta de dignididade e privacidade, sendo humilhada por homens que jogam pedras nela, gritam e fazem gestos vulgares.

toilet7
Foto © GMB Akash/WSUP/Panos

Rubina tem 38 anos e vive em Shaka, Bangladesh. Ela usa um banheiro compartilhado situado a 20 metros de sua casa. Um dia, quando foi ao banheiro no meio da noite, alguém bateu tão forte na porta que parecia que ia quebrá-la. Depois disso, ela passou a ter medo de usar o banheiro após as 21h.

toilet8
Foto © Tim Dirven/WSUP/Panos

Rosalie tem 9 anos e frequenta a escola em Bruxelas, na Bélgica. Na escola eles possuem banheiros separados para meninos e meninas em cada andar. Ao todo são 22 toaletes, divididos entre 230 alunos e 20 adultos. Os professores permitem que ela vá ao banheiro sempre que precisar.

toilet9
Foto © James Oatway/WSUP/Panos

Assucena tem 14 anos e vive em Moçambique com sua mãe, avó, irmã e dois primos. Assucena divide o banheiro com mais de 30 pessoas de outras famílias. “Quando chove, o banheiro alaga e cheira realmente mal”, diz ela.

toilet10
Foto © Patrick Brown/WSUP/Panos

A tailandesa Sineha, de 71 anos, usa o banheiro público do templo que visita. Há banheiros separados para homens e mulheres que são limpos diariamente e a presença de guardas 24 horas garante a segurança do local.

toilet11
Foto © Steve Forrest/WSUP/Panos

June é Secretária de Loteamentos no Reino Unido e conta que o local possuía apenas um banheiro portátil que precisava ser limpo com alguma frequência e cheirava muito mal. Agora eles possuem um banheiro seco que permite que as mulheres passem o dia nos loteamentos, caso precisem.

toilet12
Foto © James Oatway/WSUP/Panos

Susan tem 46 anos e é fundadora de uma escola comunitária para crianças com problemas físicos ou mentais na Zâmbia. Para ela, que teve poliomelite com apenas 2 anos, usar o banheiro é um desafio, principalmente nas estações chuvosas, já que ela precisa rastejar até o sanitário usando as mãos.

toilet13
Foto © Shiho Fukada/WSUP/Panos

Mary vive em Nova York, nos Estados Unidos, e divide a casa com duas pessoas. Para ela, é importante programar o horário do banho e se revezar durante a limpeza. Mary já viveu em Pequim, quando precisava usar banheiros públicos já que não havia um banheiro em seu apartamento. Apesar de serem limpos e seguros, ela odiava ter que se vestir apenas para ir ao banheiro no meio da noite durante o inverno.

toilet14
Foto © Eric Miller/WSUP/Panos

Nombini tem dois banheiros portáteis que divide com 12 pessoas que vivem em sua casa. A moradora da África do Sul conta que antes disso precisava fazer suas necessidades no mato. Seu sonho é ter um banheiro com descarga.

toilet15
Foto © Petrut Calinescu/WSUP/Panos

Aos 49 anos, Pana vive em Buzescu, na Romênia, onde não há água corrente ou esgoto. Ela tem um banheiro em casa que é usado apenas por seus sobrinhos quando eles a visitam. Pana usa um banheiro externo, mesmo no inverno.

toilet16
Foto © James Oatway/WSUP/Panos

Flora, de 19 anos, vive em Maputo, Moçambique, com sua mãe, sua irmã e sua sobrinha. Ela compartilha o banheiro com várias outras famílias da redondeza. “Eu odeio usar o banheiro. Às vezes os homens espiam por cima do muro. Não há nenhuma privacidade”.

toilet17
Foto © Frederic Courbet/WSUP/Panos

Eunice é uma das fundadoras da Kasarani Academy, em Naivasha, Quênia. Antes a escola tinha dois banheiros que serviam 25 alunos, além de pessoas vivendo nas redondezas. Isso deixava os banheiros em um péssimo estado, o que fazia com que as crianças defecassem publicamente. Junto com seu marido Paul, Eunice investiu em banheiros infantis, evitando que os adultos os utilizassem.

toilet18
Foto © Noriko Hayashi/WSUP/Panos

Aos 61 anos, Eiko vive em Tóquio, no Japão. Ela frequenta uma loja de departamentos perto de sua casa e, sempre que usa o banheiro no local, se sente muito relaxada. O banheiro da loja é um ótimo exemplo de saneamento e tem até mesmo música ambiente e assentos aquecidos, além de uma sala próxima onde as pessoas podem carregar seus telefones celulares, assistir televisão e até receber uma massagem nos pés. 

toilet19
Foto © Shiho Fukada/WSUP/Panos

Martine tem 27 anos e vive no Haiti próximo a um rio em Cayimithe. Seu banheiro é um buraco no chão próximo a sua casa que se tornou muito perigoso. Ela o utiliza apenas durante a noite, quando tem privacidade. De dia, Martine prefere usar um banheiro comunitário que fica a 15 minutos de distância de sua casa.

toilet20
Foto © Atul Loke/WSUP/Panos

Sangita vive atualmente em Nova Déli, na Índia. Antes disso, ela vivia em uma vila onde costumava fazer suas necessidades nos campos e se sentia envergonhada por isso.

toilet21
Foto © Nyani Quarmyne/WSUP/Panos

Ima é a atendente de um banheiro público em Kimasi, Gana. Ela vive em um quarto alugado com seu marido e quatro filhos, mas não possui banheiro em casa. Durante o dia, usa o banheiro onde trabalha, mas à noite ela precisa utilizar sacolas plásticas em casa para fazer suas necessidades já que não é seguro caminhar longas distâncias no escuro.

toilet22
Foto © Petterik Wiggers/WSUP/Panos

Meseret vive em Addis Ababa, na Etiópia, onde divide um quarto com seus dois filhos, suas duas irmãs e com a mãe. O banheiro compartilhado mais próximo exige uma longa caminhada. Por segurança, a família usa o quintal de casa para suas necessidades.

toilet23
Foto © Karla Gachet/WSUP/Panos

Aos 69 anos, Fabíola vive em Cumbayá, no Equador. Durante um longo tempo ela dividia o banheiro com outras 20 pessoas que viviam no mesmo condomínio. Hoje ela mora em um grande apartamento, com cinco banheiros – o dela é o maior de todos.

toilet24
Foto © Eduardo Martino/WSUP/ Panos

Isabela, de 33 anos, é brasileira e vive no Rio de Janeiro. Com um MBA em direito ambiental, ela acredita que o banheiro é sinônimo de conforto, mas sabe que por trás disso há fatores que devem ser pensados, como abastecimento de água, esgoto e a poluição dos lagos e oceanos.

toilet25
Foto © Warren Clarke/WSUP/Panos

Renee vive próximo a Sydney, na Austrália. Ela constriu seu lar em 10 acres de terra e incluiu um banheiro externo. Ironicamente, ela pode desfrutar de privacidade total, já que a área é cercada por florestas e longe de outras residências.

toilet26
Foto © GMB Akash/WSUP/Panos

Sukurbanu vive em Bangladesh. Aos 65 anos, ela utiliza um banheiro suspenso construído sobre a água, de onde caiu recentemente. Ela sofre de doenças frequentes, que acredita serem causadas pelo uso destes banheiros. 

Anúncios

A estrutura do carro do presidente dos Estados Unidos

A estrutura do carro do presidente dos Estados Unidos é comparada a de um tanque de guerra. Observe a espessura da porta.
Foto: A estrutura do carro do presidente dos Estados Unidos é comparada a de um tanque de guerra. Observe a espessura da porta.

Lanterns up on high

A Certain Slant of Light Photography

Whimsical lanterns liven up the lobby area of Festive Hotel at Resorts World Sentosa in Singapore. Pity I hear the rooms aren’t that great though.

DPP_0423

Ver o post original

Poland

nomadruss in words and photos

I’d always wanted to see Poland, as my family has history in the region. While I couldn’t stay long, I was able to get in a long weekend to Warsaw and Krakow, and begin a couple of projects, which may or may not ever be added to. With grey skies and some rain, there was never such a thing as dramatic light, but it just added to the photographic challenge. I feel as though I came away with several good images, which I always feel good about over a short period of time. I hope you enjoy them.

The Driver, Warsaw

Morning Commute, Warsaw

Soccer practice, Park Lazienkowski, Warsaw

A peacock wanders into the scene as a young man photographs his girlfriend, Park Lazienkowski, Warsaw

Last leaves of autumn, Park Lazienkowski, Warsaw

Young women stroll amidst the autumn leaves, Park Bednarskiego, Krakow

Met Marta in Warsaw, and she agreed to…

Ver o post original 179 mais palavras

Piscina natural

Essa bela piscina natural faz parte da Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais do Rio Grande do Norte.
Foto: Essa bela piscina natural faz parte da Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais do Rio Grande do Norte.

Napoleão Bonaparte

Napoleão Bonaparte tinha um pênis de 3,8 cm.

Foto: Napoleão Bonaparte tinha um pênis de 3,8 cm.

#IST | Isadora Tayar
CDC Fatos Desconhecidos

Mini rampa do skatista Bob Burnquist

Mini rampa do skatista Bob Burnquist no meio do lago Tahoe, Califórnia.

Foto: Mini rampa do skatista Bob Burnquist no meio do lago Tahoe, Califórnia. Vídeo : https://www.youtube.com/watch?v=FmHDfTBXEE0