Em 1916

Em 1916, havia um plano para matar o russo Grigori Rasputin. Durante um banquete, o príncipe Yussupov e seus amigos ofereceram a Rasputin um pudim contendo cianeto de potássio em quantidade suficiente para matar várias pessoas.

Embora tenha comido, Rasputin não morreu. Depois, fuzilaram-no. Rasputin foi atingido por um total de 11 tiros. Sobreviveu também. Então resolveram castrá-lo, espancá-lo e jogá-lo inconsciente no Rio Sena.

A autópsia revelou que Rasputin não morreu de nenhum dos ferimentos, e sim por hipotermia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s