Monte Tavurvur

nuvens explosao vulcao

Este é o Monte Tavurvur que fica próximo de Rabaul em Papua Nova Guiné, explodindo dia 29 de agosto. O susto é tão grande que até as nuvens parecem fugir correndo. É possível ouvir o impacto do deslocamento de ar chegando no câmera Phil McNamara também. Veja vídeo no comentário

O Monte Ontake

fugindo erupcao vulcao japao

O Monte Ontake, no Japão, entrou em erupção no último sábado (27), causando as mortes de 36 pessoas e deixando mais 63 feridos, de acordo com as últimas estimativas dos grupos de socorro. As buscas por vítimas foram interrompidas hoje cedo (30), por causa de tremores vulcânicos.

Vídeo: vulcão Etna entra em erupção

A erupção ocorreu de forma totalmente inesperada, pegando de surpresa cerca de 300 excursionistas. Muitos deles conseguiram escapar, felizmente, e um até fez um vídeo mostrando seu grupo sendo ultrapassado por uma nuvem gigante de cinzas vulcânicas. 

O Monte Ontake é um ponto turístico popular que fica a 200 quilômetros de Tóquio. Com 3.067 metros de altitude, contém cinco belos lagos de cratera e é o segundo maior vulcão do Japão. Seus lados apenas levemente inclinados tornam caminhadas pela região razoavelmente fáceis.

Foto: vulcão africano ainda em erupção

O momento da erupção foi particularmente trágico justamente por ter ocorrido pouco antes do meio-dia em um sábado, horário nobre para turistas. Não houve nenhum alerta sísmico significativo: antes de entrar em erupção, o Monte Ontake estava no nível 1 da escala de advertências para a atividade vulcânica (que vai até 5), o mais baixo, com apenas a possibilidade de algumas emissões, mas sem restrições para os visitantes da região.

Embora tivessem havido erupções menores no Ontake tão recentes quanto em 1991 e em 2007, a maior delas aconteceu em 1979. Esse foi o segundo despertar mais violento do vulcão.

Uma fascinante foto da erupção do Tungurahua

A erupção foi descrita como uma explosão hidrovulcânica por geólogos, que atribuíram sua causa às águas subterrâneas do Monte sendo aquecidas até o ponto onde rapidamente viraram vapor, liberando cinzas e gases até três quilômetros para longe da cratera.

VEJA OS VIDEOS NO COMENTÁRIO

7 VULCÕES QUE SOLTAM RAIOS

Outra hipótese é que os raios aparecem por causa das colisões na poeira vulcânica que induzem a eletricidade.

O processo tem início quando as partículas se separam, seja após uma colisão ou quando partículas maiores se partem. Então, alguma diferença de aerodinâmica entre essas partículas faz com que as que possuem carga positiva se afastem das negativamente carregadas.

Quando a separação da carga é tão alta que supera a resistência do ar, a eletricidade flui entre as partículas – e os raios são este fluxo de eletricidade.

A erupção vulcânica em si é incapaz de gerar carga elétrica suficiente para acender relâmpagos. Os cientistas acreditam que as cargas elétricas são geradas quando fragmentos de rochas, cinzas e partículas de gelo na nuvem colidem para produzir cargas estáticas, da mesma maneira que as partículas de gelo colidem para criar trovoadas regulares.

1 – Vulcão Chaitén

1

Em 2008, o vulcão chileno Chaitén, de 1.122 metros de altura, entrou em erupção depois de um período de 9.000 anos adormecido, explodindo metal liquefeito e relâmpagos para o céu. Ele fica localizado na região dos Lagos, no sul do país, a 10 km da cidade de Chaitén.[EventosFinais,MOONSCOOCH]

2 – Vulcão Eyjafjallajökull

2

A foto acima, feita pela National Geographic mostra a pluma de cinzas do vulcão Eyjafjallajökull, da Islândia, que entrou em erupção atrapalhando até mesmo viagens aéreas em 2010. Os raios da chamada “tempestade suja” ocorreram quando partículas de rocha e gelo soltas pela explosão de magma colidiram na atmosfera. Abaixo, mais fotos do vulcão.[TheRoosevelts]

2-

Lightning streaks across the sky as lava flows from a volcano in Eyjafjallajokul

3 – Grímsvötn

3

O Grímsvötn é um sistema lacustre-vulcânico, composto por um vulcão e vários lagos, localizados debaixo do glaciar Vatnajökull, na Islândia. Situado a uma altitude de 1.725 metros, este sistema ocupa uma área de 300 km². Essas fotos foram tiradas na erupção de 22 de maio de 2012.[TheAtlantic, JonGustafsson]

3-

4 – Vulcão Shinmoe-dake

4

Em 2011, um vulcão situado no sudoeste do Japão entrou em erupção lançando cinzas e pedras a uma altura de 4.000 metros. Shinmoedake, situado na ilha Kyushu, tem 1.420 metros de altura e estava adormecido há 52 anos.[Telegraph, G1, ChugginMonkeys]

4-

5 – Vulcão Puyehue

5

Em 2011, a erupção do vulcão Puyehue, do Chile, explodiu uma nuvem de cinzas para o ar que prejudicou voos de aeroportos na Argentina, Uruguai e Paraguai. No Brasil, a nuvem causou cancelamentos principalmente no aeroporto de Porto Alegre. O Puyehue tem 2.440 metros de altura e fica na Patagônia chilena, em meio à Cordilheira dos Andes. As duas cidades mais populosas próximas ao vulcão são Osorno, no Chile, e Bariloche, na Argentina. Desde a última erupção, em 1960, o Puyehue não dava sinais de perigo. [Gatag, G1, WPB]

5-

6 – Vulcão Arenal

6

O vulcão Arenal da Costa Rica, uma das principais atrações turísticas do país, entrou em erupção pela última vez em 2010, derramando lavas, cinzas e gases, o que provocou a evacuação do parque nacional onde está localizado. A atividade vulcânica começou com a queda de ao menos oito avalanches de lava que saíram ininterruptamente de uma cratera de 1.633 metros de altura. A foto acima foi tirada na erupção de agosto de 2005.[Arenal, Terra]

7– Vulão Sakurijama, no Japão

raio vulcânico

QUEM É TIPPI DEGRÉ ? Conheça essa linda história

Tippi Degré podia ser uma menina normal, não fosse o fato de ter vivido 13 anos da sua vida na selva africana, convivendo com todo o tipo de animais, desde os mais pacíficos até os maiores predadores. Uma espécie de Mogli no feminino.

Filha de um casal de fotógrafos franceses que  trabalham na Namíbia para a National Geographic (Alain Degré e Sylvie Robert), Tippi fez grandes amigos como: um elefante de 28 anos chamado Abu, um leopardo apelidado de J&B, um avestruz, um crocodilo, alguns leões, girafas, zebras,cobras ou sapos gigantes.

TippiDegré

TippiDegré21

TippiDegré2

TippiDegré3

ela

TippiDegré4

Aos 13 anos, Tippi se mudou com os pais para Paris e o resultado foi o esperado: a menina não conseguia se relacionar porque tinha “pouco em comum” com as outras crianças. Foi educada em casa e hoje, com 23 anos, estuda cinema na Sorbonne Nouvelle University.

TippiDegré5

TippiDegré6

TippiDegré7

Nesse meio tempo, gravou seis documentários para o Discovery Channel e viu sua história contada em “Tippi: My Book of Africa”.

TippiDegré9

TippiDegré10

As tribos locais foram também marcantes na vida de Tippi.

TippiDegré11

TippiDegré12

TippiDegré13

tipo

TippiDegré15

a

TippiDegré17

TippiDegré18

TippiDegré19

Tippi Degré

Tippi Benjamine Okanti

Thirsty work: Tkui of the San Bushmen of northern Namibia, feeds Tippi water from a root plant in Okavango Swamps

Tippi Degré

Todas as fotografiasAlain Degré e Sylvie Robert

TIPPI DEGRÉ HOJE 

A felicidade de dois cães após a adoção.

Ayam Cemani

Ayam Cemani (Ayam é “galinha”, em indonésio e Cemani pode ser traduzido como “totalmente preta”, em javanês) é uma rara espécie de galinha nativa da Indonésia.

Origem e descrição

A galinha totalmente preta (penas, bicos, pernas, pele e até a carne são pretas) tem sua origem há vários séculos nas ilhas indonésias de Sumatra e Java.

Sua raridade deriva do fato de muitos cruzamentos terem ocorrido nas criações, mesmo na ilha de Java, onde é originária. Há relatos de que os colonizadores holandeses se recusavam a comer a carne preta da ave.

Embora recentemente tenha sido registrado uma variante sueca de galinhas totalmente negras, estas possuem uma dimensão bem inferior à Cemani.A ave foi introduzida em 1998 na Holanda, e no começo do século XXI na Alemanha.

Como em praticamente todas as espécies de galináceos, o dimorfismo sexual é bem evidente, sendo o macho bem maior e mais pesado do que a fêmea. O galo pesa entre 2,5 e 3 kg, ao passo que a galinha pesa entre 1 e 1,6 kg; as fêmeas possuem uma postura anual média de 150 ovos, que são claros (cor creme) e pesam cerca de 40g.

O caso de Bo August

Você já teve catapora? Uma menininha de apenas 4 anos de idade quase perdeu as pernas por causa disso. Ou melhor, por causa de uma condição que foi desencadeada…
feat4

Você já teve catapora? Uma menininha de apenas 4 anos de idade quase perdeu as pernas por causa disso. Ou melhor, por causa de uma condição que foi desencadeada pela catapora – Purpura Fulminans. Bo August é o nome da menina, e ela passou 2 meses e meio em um hospital sem saber se iria morrer ou viver.

Tudo começou quando a menina contraiu catapora. De acordo com os médicos, os anticorpos produzidos pelo corpo dela para enfrentar a catapora acabaram causando uma deficiência de uma proteína chamada ‘S’, que fez com que o sangue dela não se coagulasse direito. Com isso, coágulos começaram a se formar nos vasos sanguíneos, causando necrose – a morte da pele.

4b

Foi aí que as penas de Bo começaram a ficar roxas. Muuuito roxas. Os médicos chegaram até a contemplar uma amputação, e os pais da menina já estavam ficando desesperados. Ela estava com tantas dificuldades de se mexer que precisava de ajuda até para levantar. E foi aí que seus pais a levaram correndo para a emergência do Hospital Infantil de Birmingham, onde ela foi internada.

A jovem passou por muitos procedimentos, e passou cerca de 2 meses recebendo transfusões de sangue e tratamentos diários. Depois desse tratamento, Bo teve que aprender a andar novamente, afinal, ela tinha ficado meses em uma cadeira de rodas. Mas surpreendentemente, Bo já se recuperou completamente, e não tem nem vergonha de mostrar suas cicatrizes!

4a

No meio do tratamento mais ou menos. Bem melhor!

Os médicos disseram que Bo teve muita sorte. “Eles me disseram que a condição dela era gravíssima,” conta a mãe de Bo. “Falaram que se ela sobrevivesse, provavelmente perderia algum membro. Mas deu tudo certo. Ela terá essas cicatrizes para a vida toda, mas ela é uma menina forte demais.”

4c

E Bo, como um prêmio por ter sido tão valente, ganhou uma casinha nova! De brinquedo, claro, mas tá valendo, né?