O PARAMÉDICO QUE ASSUSTOU A INTERNET

Quando você ouve a palavra herói, qual a primeira coisa que vem na sua cabeça? Muita gente responde essa pergunta com personagens fictícios, o que não deixa de ser…
fb

Quando você ouve a palavra herói, qual a primeira coisa que vem na sua cabeça? Muita gente responde essa pergunta com personagens fictícios, o que não deixa de ser uma resposta válida, afinal, eles também nos ensinaram muito do que sabemos hoje. Mas o que algumas pessoas esquecem de levar em consideração é que, apesar dos humanos não serem lá os seres mais puros do planeta, a vida real também é cheia de verdadeiros heróis.

E eles vêm em todos os formatos – bombeiros, policiais, paramédicos, ou quem sabe até um cidadão comum que estava na hora certa no lugar certo e teve a coragem de agir. Mas hoje falamos de um paramédico; uma profissão que muita gente, felizmente, nunca chega a precisar. Mas quando precisam, esses brilhantes profissionais estão sempre lá para fazer o possível.

Mas é claro que nem toda história tem um final feliz. Um paramédico americano identificado apenas pelo nome de usuário ‘PewPewHolstered’ na rede Imgur, uma rede de compartilhamento de fotos, postou recentemente uma foto de um tênis sangrento, com a seguinte legenda:

4a

“Essa é a minha vida.

Alguns de vocês não vão dar bola pra esse post. Alguns vão rir e fazer piadas com o sangue. Mas saiba disso – um menino de 16 anos não vai viver pra ver o Sol nascer amanhã. Eu passei os últimos 45 minutos tentando desfazer o erro dessa criança, sem sucesso. Às vezes é demais pra aguentar. E quando é, eu veio até o Imgur botar isso pra fora. Não sejam burros, pessoal. Palavra de paramédico.”

A imagem recebeu muita atenção, acompanhada da curiosidade dos outros usuários da rede, que pediam pela história completa. E nosso amigo PewPewHolstered resolveu atender aos pedidos e postar novamente explicando tudo. Confira abaixo:

4b

“Já que tanta gente vem perguntando exatamente o que aconteceu, eu decidi fazer um post separado para contar. Saiba desde já que não posso divulgar nomes, números ou a localização de nenhum dos envolvidos. Antes de mais nada, eu tenho 23 anos, e sou paramédico desde os 19. Já encontrei bêbados, vagabundos, e todos os tipos de escória humana que você consiga imaginar.”

“E também já encontrei pessoas extremamente gentis e amorosas, que só precisavam de uma mão para segurar, ou um ouvido pra falar. Nesse caso, dois meninos da vizinhança local decidiram perturbar um segurança. O guarda pediu gentilmente para que eles saíssem do local, e os meninos responderam atirando coisas nele. O oficial, por sua vez, espantou os garotos e retomou seu posto. Em pouquíssimo tempo, os meninos voltaram, dessa vez com mais amigos – e armados. O guarda pediu mais uma vez para que eles fossem embora, e um dos garotos respondeu atirando para o alto.”

“O segurança correu para se proteger, e chamou reforços. Mas enquanto ele fazia isso, os garotos começaram a disparar na direção dele. Com isso, o guarda se levantou e, com seus talentos e treinamento militar, atirou em alguns dos meninos. O grupo se dividiu e correu. O mais impressionante aqui é que o próprio segurança correu para tentar salvar os que ficaram caídos – e ligou para a emergência.”

“Quando as ambulâncias chegaram na cena, fizemos todo o possível para salvá-los. A minha equipe foi a última a chegar, e ficamos encarregados do menino de 16 anos que era dono desses tênis. Estavamos a menos de 10 minutos do hospital, mas mesmo assim o menino não aguentou. Nós costumamos dizer que ‘o paciente pode morrer em casa ou no hospital, mas nunca na nossa ambulância.’ Obrigado pelo interesse, pessoal. Tenho muitas outras histórias.”

Um rápido mergulho na vida dos verdadeiros heróis – os heróis que não usam máscaras. E aí, como foi a experiência?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s