10 espécies descobertas em 2014

A natureza é definitivamente um campo infinito de estudo. Com sua riqueza e variedade, fornece matéria-prima para cada vez mais estudos, sempre deixando espaço para novas descobertas.

A seleção de novas espécies que você vai conferir agora é um exemplo disso. E ainda vem com o bônus de nos faz pensar o que mais a natureza esconde de nossos olhos e o que podemos descobrir no futuro.

1. Olinguito

New Mammal
O olinguito foi descoberto em Tandayapa Bird Lodge, no Equador. Os animais foram encontrados em zoológicos, mas até recentemente não eram considerados uma nova espécie.

 

2. Árvore dragão

2

 

2-
Popularmente conhecida como “Dragon Tree”, a Dracaena kaweesakii foi descoberta na Tailândia. Sua flor é incrivelmente linda. Conta com pétalas brancas e filamentos cor de laranja.

3. Anêmonas de gelo

3
A Edwardsiella andrillae é uma nova espécie de anêmona, que vive na parte de baixo do gelo marinho antártico. Lugar estranho para se morar, não?

4. O camarão esqueleto

''Pariambus typicus''
O Liropus minusculus é mede apenas alguns milímetros de comprimento. Este camarão translúcido vive em cavernas do mar na ilha de Santa Catalina – na Califórnia (Estados Unidos).

5. Penicilina laranja

5
Uma nova espécie de fungos foi encontrada no solo da Tunísia. Por conta de sua cor, recebeu o nome de Penicillium vanoranjei, mas também pode ser chamado de “penicilina laranja”.

6. Lagartixa “rabo de folha”

6
A Saltuarius eximius é uma nova espécie de lagartixa que pode ser encontrada em florestas remotas do norte da Austrália. Como você pode ver nas imagens, sua cauda tem formato de folha e toda sua pele é adaptada para se camuflar em cenários de natureza selvagem.

7. Ameba protista

7
A Spiculosiphon oceana é um micro-organismo protista unicelular bizarro que constrói uma concha em seu corpo a partir de pedaços de esqueletos descartados de esponjas marinhas. Sustentabilidade marinha, a gente vê por aqui! Embora seja feita de uma só célula, a ameba tem cerca de 4 cm de comprimento.

8. Micróbios resistentes à faxina

8
O Tersicoccus phoenicis é um micróbio isolado recém descoberto, que é encontrado mesmo em salas limpas. Sim: ele tem a incrível capacidade de resistir a todo e qualquer tipo de tentativa de esterilização.

 

9. A vespa Sininho

9
Esse inseto todo estranho que você está vendo em superclose na foto recebeu o nome de Tinkerbella nana (Tinkerbell é o nome da personagem da fada “Sininho” em inglês). A vespa é um parasitóide que mede apenas 250 micrômetros de comprimento e vive na Costa Rica.

10. O caracol transparente

10
Apesar de gosmento, esse caracol terrestre é um tanto fascinante. Ele vive na Croácia e tem uma cúpula transparente, como você pode admirar nas imagens. Batizado de Zospeum tholussum, ele também não têm olhos, pois seu habitat natural são cavernas absolutamente escuras. Uma curiosidade interessante: os caracóis dessa espécie se movem apenas alguns centímetros por semana, no máximo. A maior parte deles passa a vida simplesmente andando em círculos.

Anúncios

A estranha (e tocante) amizade de um esquilo e um produtor de filmes

abandoned-squirrel-sri-lanka-paul-williams-6

Enquanto caminhava pelo Parque Nacional de Wilpattu (Sri Lanka), o produtor de filmes Paul Williams encontrou um filhote de esquilo perto de uma árvore. De início, pensou que ele estivesse morto, mas a pequena criatura se mexeu, para a surpresa de Paul – que o enrolou em panos e o deixou lá, na esperança de que a mãe do esquilo o encontrasse.

Na manhã seguinte, o filhote ainda estava lá. Mesmo depois de uma longa busca, a mãe não foi encontrada (supostamente foi pega por um predador) e Paul e seus colegas não tiveram escolha: adotaram o esquilo. “Não podia simplesmente deixá-lo lá”, conta o produtor. “Ele teria morrido se eu não o tivesse encontrado, então por enquanto ele é membro honorário da equipe”.

Batizado como “Rob”, o pequeno esquilo está recebendo cuidados especiais até recuperar suas forças. “Minha ideia é fazê-lo ganhar massa e força e então encontrar uma solução para soltá-lo. Adoraria, mas não posso levá-lo para casa”.

A despedida não será fácil, mas é necessária. “Estou procurando por centros de resgate de animais ou por alguém que possa continuar cuidando dele e introduzi-lo novamente na natureza, aos poucos”. Embora tenha conquistado a equipe de filmagens, as viagens constantes não fariam bem para ele.Como você pode ver nas fotos, pelo menos Rob nunca terá dificuldade em encontrar lugares para dormir. 

article-0-1BDEFA6A000005DC-56_634x470

article-0-1BDEF782000005DC-446_634x477

article-0-1BDEF88B000005DC-436_634x633

article-0-1BDEF56E000005DC-583_634x458

article-0-1BDEF54A000005DC-828_634x828

abandoned-squirrel-sri-lanka-paul-williams-17

article-0-1BDEF4C6000005DC-865_634x471

article-0-1BDEF8A3000005DC-14_634x846

article-0-1BDEF9A6000005DC-49_634x816

article-0-1BDEF49E000005DC-909_634x461

abandoned-squirrel-sri-lanka-paul-williams-15

abandoned-squirrel-sri-lanka-paul-williams-5

abandoned-squirrel-sri-lanka-paul-williams-4

abandoned-squirrel-sri-lanka-paul-williams-3

abandoned-squirrel-sri-lanka-paul-williams-2

10 criaturas estranhas e maravilhosas de Madagascar

Madagascar, país da costa leste da África, é o lar de uma incrível variedade de vida selvagem: assustadoras 250.000 espécies de animais residem ali, 70% das quais são endêmicas (e muitas mais ameaçadas de extinção).

Enquanto algumas criaturas malgaxes podem ter sido imortalizadas pelo filme da Disney, o verdadeiro leque de animais em Madagascar é muito mais maravilhoso do que qualquer animação computacional é capaz de produzir. Confira:

10. Lagartixa camuflada

10
Algumas das lagartixas moradoras de Madagascar são mestres da camuflagem. Cada espécie dessa família tem sua própria maneira de misturar com seu entorno; algumas imitam folhas em decomposição, outras parecem cascas de árvore. Sua coloração e luz refletem modificações corporais e as tornam quase invisíveis para outras criaturas durante o dia. Existem mais de 10 espécies dessa “lagartixa camaleão”, todas endêmicas de Madagascar e ilhas circundantes. A maior delas, oUroplatus giganteus, usa sua capacidade de mudar de cor e “enrugar” a pele em torno de suas pernas, corpo e pescoço para camuflar-se entre galhos de árvores.

9. Traça cometa

9
As asas coloridas da traça Argema mittrei, chamada de traça cometa, podem atingir 20 centímetros, enquanto sua cauda pode crescer até 15 centímetros. Uma vez que estes insetos atingem a idade adulta, não podem se alimentar e vivem por apenas quatro a cinco dias. No entanto, são capazes de se reproduzir a partir do primeiro dia em que emergem de seus casulos, e as fêmeas podem colocar até 170 ovos. As lagartas alimentam-se de folhas de eucalipto frescas e têm um período de pupação de dois a seis meses; seus casulos têm pequenos buracos para evitar afogamentos nas florestas tropicais úmidas.

8. Rã-tomate

8
Rãs-tomate são predadoras de emboscada, encontradas somente nas partes mais úmidas do norte de Madagascar. Elas atacam principalmente insetos, mas podem comer qualquer coisa que caiba em suas bocas. Embora sejam rãs (com a distintiva pele lisa, e tudo o mais), esses animais também possuem várias características de sapo, como pés não palmípedes (interligados por membranas) e habilidade de secretar um irritante látex venenoso, como a maioria dos sapos faz. Apenas as fêmeas possuem a coloração forte que dá a essas rãs seu nome. Os machos são marrons.

7. Aie-aie

7
Estes primatas noturnos são bem adaptados à vida nas árvores: seus dedões dos pés e caudas são mais longos do que seus corpos, permitindo-lhes se pendurar em ramos. Mais notavelmente, aie-aies são os únicos primatas que usam ecolocalização para encontrar suas presas. Seus dedos médios longos tocam as árvores e “ouvem” larvas de insetos, para depois desenterrarem-nas e comê-las. Suas orelhas sensíveis e olhos grandes podem ser úteis para encontrar comida, mas essa aparência bizarra fez com que os habitantes de Madagascar os considerassem um presságio de má sorte. Assim, como muitos outros animais da região, eles estão atualmente ameaçados de extinção.

6. Tenrecídeos aquáticos

6
Tenrecídeos aquáticos estão entre as espécies mais esquivas do mundo. Eles só podem ser encontrados em 10 locais em Madagascar, e como atingem no máximo 17 centímetros de comprimento, são difíceis de detectar. Há uma série de espécies de tenrecídeos na área, mas os aquáticos são exclusivos por suas adaptações: seus músculos posteriores possuem membros grandes e seus pés são palmados para facilitar a natação. Eles nadam por corpos de água rasos a procura de insetos e girinos, esfregando as vibrissas sensíveis de seus focinhos contra o fundo. Assim que localizam suas presas, as arrastam para a superfície.

5. Camaleão-pantera

5
Como outros camaleões, camaleões-pantera mudam de cor de acordo com seu humor. Eles possuem geralmente cores vibrantes, especialmente os machos. É até possível dizer a localização de um camaleão-pantera por sua coloração; por exemplo, os machos da costa noroeste são conhecidos como “panteras cor de rosa”, porque normalmente são de um rosa brilhante com uma faixa amarelo-branca em seu flanco. Mas não são apenas suas cores que fazem dessas criaturas maravilhosas. Elas também têm a capacidade de rodar e focar seus olhos de maneira independente um do outro, para observar simultaneamente dois objetos. Quando avistam suas presas, camaleões-pantera viram a cabeça para fixar ambos os olhos no alvo antes de golpeá-lo com suas línguas pegajosas. Sua língua por sua vez cria um efeito de sucção quando atinge a presa, que se alia com sua viscosidade inata para evitar que ela escape.

4. Zarro-comum

4
Zarro-comum é o pato mais raro do mundo. Estes patos de mergulho se alimentam de invertebrados, sementes e plantas aquáticas e podem ficar submersos por até dois minutos. Essa frase teria sido escrita no pretérito até 2006, porque a espécie foi considerada extinta antes de uma pequena população de 22 indivíduos ser encontrada no lago Matsaborimena. Devido a um extenso programa iniciado em 2009, a população quadruplicou desde então, com patinhos criados em cativeiro e soltos na natureza. Os zarros ainda estão lutando por sua existência, no entanto. O lago não é um habitat ideal para eles, e há preocupações de que exista muito pouca comida para todos os patinhos sobreviverem.

3. Fossa

3
É um cão? É um gato? Não, é uma fossa, um dos poucos predadores nativos de Madagascar. Até recentemente, cientistas pensavam que as fossas eram felinas, mas elas são, na verdade, membros da família do mangusto. Esse é um erro fácil de se cometer, devido à sua aparência estranha. Elas têm focinhos caninos e corpos felinos e são os maiores predadores mamíferos de Madagascar, atingindo até dois metros de comprimento. São noturnas, e mais da metade de sua dieta consiste de lêmures. Também comem répteis, aves e gado. Fossas são incrivelmente ágeis, com suas longas caudas dando-lhes uma excelente estabilidade quando se deslocam de galho em galho. Suas garras são retráteis, o que significa que ficam afiadas e não são gastas a toa. Infelizmente, fossas estão se tornando cada vez mais raras – não só os seres humanos as matam por atacar o gado, como também destruíram 90% de seu habitat.

2. Cobra nariz de folha

2
A grande maioria das cobras de Madagascar são únicas da ilha, mas poucas são tão estranhas quanto a cobra nariz de folha (Langaha madagascariensis). Esses répteis, que gostam de se pendurar em galhos no alto das árvores, têm apêndices nasais bizarros. A espécie possui um dimorfismo sexual extraordinário: as fêmeas podem ser claramente identificadas porque suas saliências nasais são mais elaboradas e serrilhadas, enquanto os machos têm apêndices mais longos e pontudos. Estas saliências estão presentes desde o nascimento, de modo que não são usadas para a sinalização sexual. Em vez disso, cientistas pensam que são usadas para fins de camuflagem, uma vez que as cobras têm o hábito de emboscar presas. Seus apêndices nasais lembram folhas de algumas plantas nativas de Madagascar, o que significa que os lagartos arborícolas que elas comem não as veem se aproximar até que seja tarde demais.

1. Aranha à prova de balas

1
Kevlar é um material muito resistente, certo? Por isso é usado em coletes à prova de balas. Bem, perto da teia da aranha Caerostris darwini, está mais para papel higiênico. A seda desse inseto é 10 vezes mais forte do que Kevlar e duas vezes mais resistente que qualquer seda descobertaanteriormente. Isso significa que pode atingir tamanhos gigantescos: pode cobrir três metros quadrados e muitas vezes são suspensas sobre rios ou córregos com até 25 metros de diâmetro. Algumas foram achadas com mais de 30 insetos presos, principalmente efeméridas. A força e o tamanho das teias significam que podem ser colocadas em locais onde nenhuma outra aranha poderia viver, reduzindo a competição por alimento e espaço. Nada mal para uma espécie cuja fêmea tem comprimento de cerca de 2,5 centímetros, e o macho um quarto desse tamanho.

Empresário doará salário mensal a idoso visto chorando por não conseguir receber aposentadoria

Um empresário decidiu enviar dinheiro para um amigo do falecido pai a fim de ajuda-lo por quanto tempo for necessário, sem mesmo conhecê-lo.

James Koufos, um empresário que vive em Sydney, Austrália, relatou ter recebido uma ligação de sua mãe, chorando e dizendo que um amigo de seu falecido pai, dos tempos de escola, estava necessitando de ajuda.

Tratava-se de Giorgos Chatzifotiadis, um grego que ganhou o mundo após uma foto dele chorando na porta de um banco aparecer na internet na semana passada.

Empresário doará salário mensal a idoso visto chorando por não conseguir receber aposentadoria

As lágrimas eram motivo de ele não conseguir sacar a aposentadoria, dada à crise econômica que atinge a Grécia. Além disso, o aposentado afirmou chorar pela situação que vive o país.

2

James, então, se comoveu com a história e decidiu ajudar o amigo do pai dando a ele uma quantia mensal por quanto tempo for necessário.

Para encontra-lo, o empresário postou a foto de Giorgos nas redes sociais, pedindo ajuda e contando parte da história. Em seguida ele recebeu doações a fim de ajudar o homem.

3

Ele pretende dar parte da herança que seu pai deixou a ele para o amigo Giorgos.

4

6

5

MÃE COLOCA SUA FILHA DE 4 ANOS ENTRE 6 PITBULLS FAMINTOS

Metade das pessoas afirmam que Pitbulls são animais selvagens e ferozes, com nenhuma demonstração de afeto, a outra metade diz que eles são como qualquer um cão, necessitando de amor e carinho, apenas necessário que seus donos os treine adequadamente.

Uma mãe quis provar essa teoria, e coloca sua filha de 4 anos de idade para alimentar seus 6 pitbulls, só que esses cães tem a capacidade de serem obedientes, no video percebemos claramente isso.

A garota prepara a ração, conta até três e dá um sinal para os cães se alimentarem.

VÍDEO NO COMENTÁRIO

Polvo-véu: a bizarra criatura cuja fêmea é 40 mil vezes mais pesado que o macho

942924_10151398108691244_1441088648_n

O polvo-véu faz parte de um grupo de quatro espécies do gêneroTremoctopus. Ele é uma das mais espetaculares criaturas do mundo, que ilustra um dos mais extremos casos de dimorfismo sexual: o macho é 40.000 menor do que a fêmea.

Enquanto elas podem chegar a 2 metros de comprimento, eles são minúsculos e alcançam, no máximo, alguns centímetros de comprimento.Também conhecido como “polvo cobertor” (“blanket octopus”) em inglês, esses nomes vêm de sua estranha aparência, com os tentáculos fechados em uma “capa”. Esses animais são raramente vistos, já que passam a vida inteira à deriva nos oceanos abertos de regiões quentes em todo o mundo, mas, quando são, têm a estranha aparência de um “grande cobertor rosa” (no caso da fêmea), daí o apelido.

Esse animal tem um comportamento defensivo incomum: ele coopta com os tentáculos de uma água-viva. O polvo arranca os tentáculos da água-viva, já que é imune a tal picada dolorosa, e, quando se depara com potenciais predadores, usa os tentáculos capturados nos seus dois pares de braços para afastar o perigo.

Os machos também têm um terceiro braço especialmente modificado que armazena esperma. Durante o acasalamento, este tentáculo se destaca e se arrasta para o manto da fêmea para fertilizar seus ovos. O macho morre pouco depois do acasalamento. As fêmeas transportam 100.000 pequenos ovos unidos a uma secreção de calcário em forma de salsicha, que fica na base de seus braços dorsais, até à eclosão.

“Se um macho encontra uma fêmea, ele usa todos os seus recursos na tentativa de acasalar, pois é improvável que vá encontrar outra”, explica Tom Tregenza, da Universidade de Leeds. Então, o macho enche um tentáculo modificado com esperma, o arranca e o apresenta a sua potencial companheira.

Ela armazena os tentáculos dentro de grandes cavidades internas do corpo até que estejam prontas para colocar seus ovos. Nesse ponto, a fêmea puxa o tentáculo para fora e o aperta como um tubo de pasta de dente sobre os ovos.Por seu tamanho minúsculo, o macho dessa espécie não foi sequer visto vivo na natureza até 2003. Recentemente, no entanto, foi fotografado por pesquisadores que conseguiram notar detalhes de sua anatomia.

male_blanket_octopus

Veja abaixo alguns vídeos que mostram o polvo-véu VÍDEO NO COMENTÁRIO

o leão e o cão salsichinha que são melhores amigos

lion-and-dog-friendship-1

A amizade verdadeira não liga para diferenças. Foi assim que um leão aleijado de 226 quilos e um cão salsicha de 5 quilos se tornaram tão íntimos.Os animais cresceram juntos e ficaram tão próximos que o cão até limpa os dentes do leão depois do jantar. Os parceiros compartilham refeições de carne crua todos os dias, e Milo ainda tenta copiar o rosnado de Bonedigger, fazendo sua própria versão do som.

lion-and-dog-friendship-7

lion-and-dog-friendship-5

Bonedigger, o leão de 5 anos de idade, nasceu com uma doença óssea metabólica, que o deixou parcialmente aleijado. Milo, o cão de 7 anos de idade, sentindo sua deficiência, tomou a fera sob sua proteção, e a dupla não se separou desde então. Eles podem ser vistos no G.W. Exotic Animal Park (Parque de Animais Exóticos), em Wynnewood, Oklahoma (EUA).

John Reinke, o gerente do zoológico, disse que o leão só aceita o cão só porque eles cresceram lado a lado e se acostumaram um ao outro ao longo dos anos. “Ele não seria tão amigável com outros cães – essaamizade é porque eles estão juntos desde que Bonedigger era um filhote”, explica Reinke. 

lion-and-dog-friendship-4

lion-and-dog-friendship-2

lion-and-dog-friendship-3

lion-and-dog-friendship-6