Réptil primitivo de pescoço gigante é encontrado no Alaska

Arqueólogos que estavam trabalhando em um penhasco vertical nas montanhas Talkeetna, no Alaska, descobriram fósseis de 70 milhões de anos de um possível plesiossauro (uma espécie de dinossauro aquático), chamado elasmossauro.

elasmossauro

Esses répteis marinhos tinham pescoços extremamente longos, pequenas cabeças e membros em forma de remo, para auxiliar no nado. “Imagine o mítico Monstro do Lago Ness e você terá uma boa ideia de como esse animal se parecia”, disse Patrick Druckenmiller, do Museu da Universidade do Alaska. Os ossos foram encontrados no meio de um penhasco vertical de aproximadamente 18 metros. “Nós temos um bom pedaço do animal, mas ainda há mais por escavar”, ressaltou.

Os especialistas estimam que, com base no tamanho dos ossos desenterrados, o animal tinha pelo menos 7,6 metros de comprimento – sendo que metade disso apenas de pescoço. Em um estudo recente, pesquisadores contaram o número de vértebras em um elasmossauro encontrado nos anos 1800, e encontraram 72 vértebras. Outros dois répteis marinhos primitivos já foram encontrados no local: um ictiossauro (que tem forma de golfinho) e um thalattosauro (um tipo de ‘lagarto marinho’).

De acordo com Druckermiller, onde hoje repousa a margem sul do Alaska, existia um oceano, que acabou desaparecendo com milhares de anos de atividade tectônica. IFLScience


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s