Série de fotos emocionante busca empoderar mulheres que foram mães em relação a seus corpos

Não é de hoje que mulheres são complexadas com seus corpos. O tempo todo há lembretes de que são gordas demais, não têm seios grandes o suficiente ou têm celulites em excesso. Mas a fotógrafa norte-americana Natalie McCain tem consciência de que todo esse fardo vem de uma cultura machista alimentada por expectativas irreais da indústria de beleza e que amar a si mesma é importantíssimo na vida de uma mulher.

Por isso, ela deu início ao The Honest Body Project (O Projeto do Corpo Honesto, em tradução livre), uma série fotográfica que retrata mulheres que são mães junto a seus filhos. De corpo e alma expostos, são trazidos temas como a depressão, o machismo e a vontade de que suas filhas não herdem essa insatisfação crônica com seus corpos. “Eu iniciei esse projeto por várias razões. Ela é uma delas. Eu quero que minha filha saiba que ela é muito mais do que o tamanho da calça que veste […] Eu quero que ela se ame. Eu quero mostrar para ela que eu estou confortável na minha própria pele e que ela também deveria estar“, afirmou a fotógrafa.

Confira algumas das fotos da série e trechos dos depoimentos das mães:

honest-body

honest-body2

Às vezes eu me sinto muito orgulhosa das minhas marcas de estria. Às vezes, elas são um lembrete nojento de que meu corpo nunca mais será o mesmo. Eu luto com a ideia de que, de alguma forma, eu possa voltar a ter o físico que tinha antes de ser mãe

honest-body3

Por anos eu sofri calada com depressão e ansiedade e há um ano eu tentei tirar minha própria vida. Meu filho trouxe propósito e significado incríveis à minha vida e eu não consigo imaginar não estando por perto para vê-lo crescer, aprender e prosperar

honest-body4

Meu corpo certamente não é parecido com o da maioria das meninas de 20 anos: seios flácidos, pele sobrando na barriga, marcas de estria na minha bunda, peito e barriga. Mas o que eu sempre digo para mim é que esse corpo fez algo incrível! Eu carreguei e dei à luz não uma, mas duas crianças de 3,5 kg e cuidei delas por 2 anos até hoje.

honest-body5

Eu sempre penso nas mulheres como um todo, que nós todas temos nossos momentos difíceis e que nunca estamos sozinhas

honest-body6

Eu sou tão sortuda por tê-los por perto todos os dias

honest-body8

honest-body9

Eu sou fruto de um estupro. Muitas mulheres teriam abortado uma criança como eu; um constante lembrete de um ato tão depravado. Não minha mãe. Aos 19 anos ela não só me deu à luz, como lutou para cuidar de mim e me amar. Ela é uma mulher forte. Ela é a minha mãe.”

Todas as fotos © Natalie McCain

Tag: Tem Açúcar? Com a vizinha querida Entre livros e transitos!

Para quem é apaixonado por livros e sabe que se aventurar entre eles é a melhor coisa do mundo,e é de se admirar quando encontramos alguém que tem a mesma paixão por literatura como você,para quem vivi no Rio de Janeiro terá  uma grande oportunidade de ir para a bienal de livro,confira abaixo.

Bienal do Livro RJ

Esse ano entre os dias 03 a 13 de Setembro teremos a  Bienal do Livro que será na Cidade Maravilhosa e já tem previsão de record de público! Isso me deixa muito feliz, pois a cada ano mais pessoas são envolvidas no mundo literário, mas também me preocupa por que se não for bem organizado, essa Bienal vai ser frustrante, assim como foi a de São Paulo ano passado.

Esse ano a Bienal trará grandes escritores, como sempre, mas para alegria geral da nação a lista de escritores brasileiros está FANTÁSTICA! Nunca vi tanta gente boa junto!  Vou citar só alguns (a lista completa você confere no site da Bienal), teremos: Thalita Rebouças, Eduardo Sphor, Carina Rissi, Antonio Prata, Bruna Vieira, Carolina Munhoz, Clarice Freire, Isabela Freitas, Paula Pimenta, Mary Del Priore, Rafael Draccon, Ignácio de Loyola Brandão e meus amigos íntimos Pedro Bandeira e Mauricio de Sousa ( que fugiu de mim na Bienal de SP rs).

Na lista de convidados internacionais, quem eu realmente queria conhecer é o Josh Malerman, assim eu posso perguntar por que ele estragou o final do livro ‘ caixa de pássaros’, David Nicholls e a Julia Quinn. Só disso que eu preciso.

Os ingressos estão R$16,00 inteira e RS8,00 meia, a gratuidade será para autores (basta apresentar um livro de sua autoria) , crianças com menos de um metro de altura, professores de escolas ou universidades das redes públicas e particulares, profissionais do livro, profissionais de bibliotecas e guias turísticos. Nós blogueiros estamos de fora esse ano. 😦

Para quem tem interesse vale apena conhecer a bienal ,assim e já esquecendo para quem queira participar da Tag: Tem Açúcar? entre no perfil da linda e blogueira ANA BURANELLO.

Foto de abelha fazendo xixi rara toma a internet

Foto de abelha fazendo xixi

Não, seus olhos não estão te enganando. Essa fotografia realmente mostra uma abelha fazendo xixi. Bom, quase isso.O inseto está ejetando uma pequena corrente de ácido úrico, o equivalente da nossa urina nas abelhas.

 

A imagem rara foi captura pelo fotógrafo amador Mark Parrott, de 45 anos, em seu próprio jardim em Grimsby, no Reino Unido.

Abelha apertada

“Fiquei chocado e emocionado quando vi o clique e não podia acreditar no que estava vendo”, disse Parrott ao jornal The Telegraph. “Havia um fluxo constante pequenino vindo da abelha. Eu acho que é provavelmente uma foto muito rara”.

Parrott nem mesmo usou um tripé. Ele estava cuidando de seus canteiros quando notou um enxame de abelhas sobre suas ervas. Usando apenas as mãos, decidiu registrar os insetos. Só depois percebeu que havia pego um momento de alívio em câmera.

Esse inseto, também chamado de mamangaba ou abelhão, não costuma liberar bastante líquido para os olhos humanos verem, muito menos capturarem sem querer em uma lente. Então, Parrott estava certo – ele teve bastante sorte. [HuffingtonPost, Quicker]

A fotógrafa e artista australiana Jane Long traz fotos antigas de à vida de formas belamente selvagens e imaginativas.

"Tímido com Arma"

Jane Long é uma fotógrafa e artista de belas artes e a mente por trás da série extremamente imaginativa Dancing with Costică. De acordo com Long, ela estava procurando por fotos para testar suas habilidades de retoque, quando encontrou a conta do Flickr de Costică Acsinte, o fotógrafo que tirou as fotos originais dos anos 1930 aos 1940.

Depois de ver as fotos, ela sentiu que precisava não apenas reimaginá-las, mas também criar uma história para elas. “Eu provavelmente nunca vou saber as histórias reais dessas pessoas, mas na minha mente, elas se tornaram personagem de contos que eu mesma inventei”, disse Long, ao explicar sobre seu difícil processo de criar as imagens surreais. “Amores complicados, uma garota esperando seu amor voltar para casa, meninos compartilhando uma fantasia, crianças inocentes com uma pontinha de escuridão”. Os resultados são essas séries de imagens que nos levam a uma experiência visual extraordinário digna de sonhos.

“Embaixo”

"Embaixo"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Cantem juntos”

"Cantem juntos"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Tímido com Arma”

"Tímido com Arma"

Courtsey of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“O Ato do Malabarismo”

"O Ato do Malabarismo"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Um Carinhoso Adeus”

"Um Carinhoso Adeus"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Inocência”

"Inocência"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Farol”

"Farol"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Amada”

"Amada"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Queime Tudo”

"Queime Tudo"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“A Fazenda de Ideias”

"A Fazenda de Ideias"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Música”

"Música"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Os Irmãos Whimsy”

"Os Irmãos Whimsy"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Nova Jane Long”

"Nova Jane Long"

Courtesy of Jane Long / Via colectiacosticaacsinte.eu
“Corvo”

"Corvo"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Altas Papoulas”

"Altas Papoulas"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Banda”

"Banda"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Todos a Postos”

"Todos a Postos"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
“Noiva de Netuno”

"Noiva de Netuno"

Courtesy of Jane Long / Via Flickr: costicaacsinte
Você pode ver mais do trabalho de Jane Long em seu site oficial ou Facebook. Além disso, você pode ver o arquivo de Costică Ascinte aqui.

Série de fotos documenta a “loucura” do mítico festival de Woodstock

Era uma vez… um festival de música que entraria para a história. Não apenas por reunir 32 dos mais importantes músicos de sua época ou, quem sabe, por ser capaz de atrair mais de 400 mil pessoas a uma fazenda em uma cidadezinha dos Estados Unidos, mas simplesmente por ser o Woodstock.

Isso faz um bom tempo, é claro. Ou, mais precisamente, o festival aconteceu no dia 15 de agosto de 1969 – e acabou entrando na história para sempre. Mais do que apenas um festival, o Woodstock foi um ícone da cultura americana dos anos 60 e continua representando até hoje algumas das melhores gerações musicais do país.

O Buzzfeed separou uma série de fotografias que prometem te levar para viver de perto essa experiência única – e a gente reproduz algumas delas abaixo:

wood1

Foto: Hulton Archive/Getty Images.

wood2

Foto: AP.

wood3

Foto: AP.

wood4

Foto: theredlist.com.

wood5

Foto: Bill Eppridge/The LIFE Picture Collection/Gett.

wood6

Foto: AP.

wood7

Foto: Hulton Archive/Getting Images.

wood8

Max e Miriam Yasgur – os donos da fazenda onde foi realizado o festival. Foto: Bill Eppridge/The LIFE Premium Collection/Getty Images.

wood9

Foto: Tucker Ransom/Hulton Archive/Getty Images.

wood10

Foto: Henry Diltz/Corbis.

wood11

Foto: Henry Diltz/Corbis.

wood12

Foto: Henry Diltz/Corbis.

wood13

Foto: Pictorial Parade/Getty Images.

wood14

Foto: Getty Images.

wood15

Foto: AP.

wood16

Foto: John Dominis/The LIFE Picture Collection/Gett.

wood17

Foto: John Dominis/The LIFE Picture Collection/Gett.

wood18

Trabalhadores carregam utensílios médicos que chegam de helicóptero. Foto: Anônimo/AP.

wood19

Foto: Anônimo/AP.

wood20

Foto: AP.

[via]

Mensagen de reflexao

Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes.

Carlos Drummond de Andrade

Mensagen de Reflexão

Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.
Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.

Paulo Coelho