TAG| Scarlet Moon Blogger Award

https://einegrinha.files.wordpress.com/2015/10/01.jpg?w=640

Bom dia recebir uma nova TAG para responder da fofa  EI NEGRINHA obrigada pela indicação.Então.. mão na massa: 😀

1. Qual personagem de livro você gostaria de conhecer ( se fosse possível )  na vida real?

Orlando Bloom (o senhor dos anéis a sociedade do anel) Um ótimo ator quando eu vi a primeira vez,eu sentei no sofá e disse rapaz…. quem é ele? rsrsrsrss

2. Qual a capa de livro que você achou mais instigante? Por quê? (Se possível, poste a imagem aqui)

O livro foi  lançado em 2012 algumas histórias ainda prevalece.Histórias emocionantes de nove homens e mulheres, de soldados e prisioneiros a correspondentes de guerra, que testemunharam todos os embates.

A elaborada rede de acontecimentos que levou à verdadeira resolução da guerra: as mortes de Hitler e Mussolini, a libertação de Buchenwald e Dachau e a corrida dos Aliados junto ao Exército Vermelho para estabelecer sua base vitoriosa na Europa.Sempre ao ler um livro com leituras forte e capas que mostra o quanto a violência e a guerra entre países ainda continua, e vendo essa capa,mostra tristeza choro e perdas.

3. Mudaria o final de um livro? Qual e porquê?

Vou colocar a capa do livro mais uma vez ,por ele ser antigo creio que muitas pessoas não conhece.

https://i1.wp.com/www.livrosepessoas.com/wp-content/uploads/2011/03/img.jpg

O livro é bastante antigo de 1939.Esse é o título original, mas por questões raciais depois foi mudado para And Then There Was None. A história passa-se numa ilha deserta situada na costa de Devon, sendo que ela é narrada totalmente na terceira pessoa e descreve a vivência de dez estranhos (entre si) que foram atraídos para a mansão da ilha por um misterioso homem e sua esposa, que têm as mesmas iniciais: U. N. Owen. Um por um deles parece estar relacionado a algum assassinato e começam a morrer…

Encontrar-me-ão corretamente estendido na minha cama, morto por um tiro na testa,segundo foi registrado pelas outras vítimas. Quando nossos corpos forem examinados, já não será possível determinar com exatidão a hora da morte de cada um.Quando o mar ficar mais calmo, virão barcos e homens da terra firme.E encontrarão dez cadáveres e um problema sem solução na Ilha do Negro.Não queria que os 10 jovens morresse queria todos vivos. 😀

Minhas perguntas:

  1. Qual livro você faria uma releitura  e por quê?
  2. Se fosse para escrever um livro que titulo você daria?
  3. Indique o seu livro de cabeceira e o por que de ler esse livro.

Minhas indicações:

Almeno Tu

Delatorre f/5.6

B e t u n a d a

Najara Mendes

Conheça a mulher que se dedica a dar festas de aniversário para crianças desabrigadas

 

Volte no tempo até uma de suas festas de aniversário da infância. Entre brigadeiros, coxinhas, presentes e brincadeiras, você, o aniversariante, provavelmente era a pessoa mais feliz do mundo. Festas de aniversário nos fazem sentir amados e importantes, um carinho que faz bem.

A produtora de eventos norte-americana Paige Chenault nunca duvidou disso e sempre curtiu ver a alegria no rosto das crianças e adultos cujas festas já preparou. Mas quando sua primeira filha veio ao mundo, ela começou a se questionar a real importância de festas de aniversário na vida de uma criança e a se dar conta de que há milhares de crianças em situação de vulnerabilidade nunca terão uma festa assim na vida.

Assim surgiu o The Birthday Party Project, um projeto que oferece festas de aniversário para crianças em abrigos. Só em 2015, 180 festas completas já foram bancadas pelo projeto, que traz a decoração, os jogos, o bolo e, claro, um presente especial para cada aniversariante.

Muitas dessas crianças não sabem como é apagar uma velinha ou fazer um pedido“, afirmou ao TODAY Parents Paige, que está disposta a mudar esse cenário e garantir um pouco de alegria na comemoração do aniversário dessas crianças. “Meu objetivo é que cada criança sinta algo que lhe permita saber o quão importantes ela é“, finalizou.

birthday-project

birthday-project2

birthday-project3

birthday-project4

birthday-project5

birthday-project7

birthday-project8

Todas as fotos © Thisbe Grace

Bairro carente em Portugal é transformado em galeria de arte a céu aberto

Mais uma vez a arte urbana exerce um papel importante na revitalização de espaços públicos e áreas violentas das cidades. Em Sacavém, Portugal, o bairro Quinta do Mocho ganhou dezenas de murais coloridos nas empenas cegas de edifícios e, junto com as intervenções, novas possibilidades para moradores e visitantes.

O projeto de resignificação foi elaborado pelo O Bairro i o Mundo em parceria com a associação de teatro Ibisco, que transforma lugares degradados em verdadeiras galerias de arte a céu aberto. A nova atração tem visitas guiadas gratuitas organizadas pela Câmara de Loures e feitas pelos próprios moradores, que se envolvem diretamente no processo de mudança da região.

A iniciativa visa ainda a qualificação artística dos edifícios, a reabilitação de equipamentos coletivos e a mobilização, com o intuito de aumentar o sentimento de apropriação comunitária. No bairro existem mais de 3.500 habitantes, em sua maioria de etnia cigana e imigrantes africanos.

E o que poderia ser um fator de exclusão e de problemas sociais acaba virando fonte de inspiração. Olha só:

BairroMundo10

BairroMundo7

BairroMundo8

BairroMundo5

BairroMundo4

BairroMundo2

BairroMundo3

BairroMundo11

BairroMundo12

BairroMundo13

BairroMundo14

Fotos © João Diogo Correia

BarroMundo1

Bairro i o Mundo (1)

Bairro i o Mundo (14)

Quinta do Mocho (1)

Bairro i o Mundo (12)

Quinta do Mocho (8)

Bairro i o Mundo (9)

Bairro i o Mundo (8)

Quinta do Mocho (6)

Quinta do Mocho (3)

Bairro i o Mundo (6)

Bairro i o Mundo (5)

Bairro i o Mundo (4)

Bairro i o Mundo (2)

Quinta do Mocho (7)

Quinta do Mocho (2)

Quinta do Mocho (4)

Quinta do Mocho (5)

Bairro i o Mundo (3)

Bairro i o Mundo (15)

Bairro i o Mundo (21)

Bairro i o Mundo (18)

Fotos: Divulgação

Série de fotos tocante mostra a amizade de dois garotos e seus búfalos gigantes

 

Natural da Indonésia, o fotógrafo Dewan Irawan é capaz de cliques memoráveis das paisagens e cenas do seu país. Mas aqui nós ficamos especialmente sensibilizados pela ingenuidade e pureza da série que mostra dois meninos cuidando de seus búfalos gigantes.

Tudo o que vemos nas fotos são cenas comuns do cotidiano, entre dar banho ou tocar uma espécie de flauta no meio da paisagem deserta. Mas é precisamente essa ideia de verdade e inocência que nos deixa encantados. A relação entre os dois garotos e os animais de grande porte parece ser de total harmonia.

Veja as fotos:

BufffaloBoys1

BufffaloBoys2

BufffaloBoys3

BufffaloBoys4

BufffaloBoys5

BufffaloBoys6

Recomendamos vivamente uma visita ao portfólio deste fotógrafo indonésio – aqui.

todas as fotos © Dewan Irawan

Artista transforma cerveja brasileira em incríveis obras de arte

 E a arte é um terreno fértil para isso. Foi assim que nos surpreendemos com o trabalho da cervejaria mineira Wäls, que desafiou o artista plástico Enio Longo a criar, pela primeira vez, obras de nanoarte feitas com cerveja e seus ingredientes.

A pergunta que fica cutucando a cabeça é: o que é nanoarte? Expondo aos olhos aquilo que está escondido na natureza, a técnica da nanoarte envolve traços artísticos marcados pela precisão e pelo detalhismo, revelando a estrutura de nanopartículas – que têm dimensões menores que 100 nanômetros, equivalente a um milionésimo de milímetro.

O resultado são essas imagens de formas únicas, que unem ciência, arte e tecnologia, feitas a partir de um microscópio eletrônico:

WalsUnique5

WalsUnique8

O artista ingressou neste universo após uma exposição em Israel e, desde aí, tem se aperfeiçoado na técnica, carregando alguns títulos importantes no currículo. Em 2014, teve a imagem de seu quadro publicada no conceituado jornal The New York Times e, em 2015, foi eleito o quarto melhor artista do mundo em nanoarte.

A criação, inédita no Brasil usando cerveja, foi um desafio da cervejaria Wäls para o lançamento da sua Cerveja Unique, feito na Pinacoteca de São Paulo no dia 15 de outubro. A marca traz em seu DNA a produção de cerveja arte e essas obras, que seguirão para Inhotim e ficarão expostas no restaurante Oiticica até o dia 8 de novembro, são mais uma prova disso.

A Wäls Unique é é uma White Barley Wine com 12% de ABV e 100 IBUs. Maturada em dornas de cerejeira, tem sabor marcante e notas amadeiradas, características em equilíbrio com o teor alcoólico mais elevado e a personalidade da cerveja.

WalsUnique2

WalsUnique

WalsUnique4

WalsUnique6

WalsUnique7

WalsUnique9

Todas as fotos: Divulgação