Conheça a história do homem que alimentava ursos polares

Animais como os ursos polares são conhecidos como ferozes. São diversas histórias de pessoas que ficaram em estado grave após um ataque. É por isso que, apesar de ser um lindo animal, não é aconselhável chegar perto. Mas existem seres humanos que têm a sensibilidade mais avançada e conseguem, com alguma facilidade, “conversar” com esses animais.

Durante uma pesquisa de imagens no acervo da revista “Vokrug Sveta”, uma história contada em 1977, mostrava uma imagem em preto e branco de um homem, chamado Nikolai Machulyak, alimentando ursos polares. Enquanto um filhote agarrava a sua perna, o outro apenas ficava deitado de olho.

NikolaiBear1

A história se inicia no ano de 1974, quando uma ursa polar foi morta após destruir uma cabana na região do Cabo Schmidt, na Rússia. O problema é que o animal tinha um filhote para criar e ele ainda não sabia caçar. Nikolai se comprometeu a dar alimentação à ela durante cinco meses. No 5º mês, o animal, denominado Masha, sumiu.

Cerca de um ano após o incidente, Nikolai voltou ao local. Logo de cara viu um urso gigante vindo em sua direção. Demorou um pouco até perceber que aquilo não era um ataque. Era Masha crescida, com 150kg. Nikolai deu carne e leite condensado ao animal, que o fez dar comida a todo o restante do bando, que também o aceitou como amigo.

urso

urso2

Todas as fotos © Vokrug Sveta

18 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s