Conheça a primeira floresta vertical do mundo e suas mais de 900 árvores

Já imaginou viver em uma floresta sem deixar de lado todas as comodidades do seu apartamento? Essa é a proposta do Bosco Verticale, a primeira floresta vertical do mundo.

Os dois edifícios residenciais no distrito de Porta Nuova, em Milão, são uma espécie de jardins suspensos da Babilônia em sua versão moderna e mostram que a tecnologia e a natureza podem andar de mãos dadas. O Bosco Verticale foi projetado por Stefano Boeri, Gianandrea Barrecae Giovanni La Varra como parte do projeto de remodelação do distrito histórico de Milão.

O maior dos edifícios tem 26 pisos, enquanto o menor deles possui 18 andares. O impressionante é a maneira como a construção faz uso das sacadas dos apartamentos para abrigar as mais de900 árvores, 4 mil arbustos e 15 mil espécies de vegetação rasteira que compõem a fauna do local.

Os edifícios são equipados ainda com sistemas de reciclagem de água e irrigação, além de painéis solares fotovoltáticos. Mas talvez um dos maiores benefícios seja o fato de que presença desta vegetação ajuda a criar um microclima no local, enquanto as plantas ainda filtram a poeira, absorvem o dióxido de carbono, produzem oxigênio e protegem os moradores da radiação e da poluição.

green1

green2

green3

green4

green5

green6

green7

Fotos: Pictures Dot News e Amy Frearson

Tenrec Listrado

https://i1.wp.com/astar.tv/wp-content/uploads/2015/07/Fenrec.jpg
Este pequeno mamífero que se parece com um porco-espinho (Hemicentetes semispinosus) é uma espécie de mamífero da família Tenrecidae habita florestas tropicais no Norte e no Leste de Madagascar. São animais minúsculos que medem entre 4 e 6 centímetros de comprimento e peso de cerca de 7 gramas. Possuem o focinho longo, pelos negros e listrados em amarelo e espinhos ao longo do corpo.
https://41.media.tumblr.com/6af555c192e275e308fea9a8f0dbcb15/tumblr_njuvk8nnLi1unt1q3o1_500.jpg
O Tenrec Listrado mora em tocas escavadas sob terras úmidas. Nestas tocas chegam a morar várias famílias. Sua alimentação se baseia em insetos e minhocas. São animais de hábitos tanto diurnos quanto noturnos.
https://i1.wp.com/www.animalsbigandsmall.com/uploads/4/2/1/4/4214786/4294326_orig.jpg
É o único mamífero conhecido que emite som, característica de algumas espécies de cobras e insetos. Sua reprodução acontece entre os meses de Outubro e Dezembro, mas dependendo do local onde habite, pode também acontecer fora deste período. A fêmea dá à luz entre 5 a 8 filhotes, depois de um período de gestação de 58 dias. Com 25 dias de vida os filhotes já não mamam mais. Como curiosidade, o recorde de nascimento de crias entre todos os mamíferos do mundo foi batido por uma Tenrec fêmea: 36 filhotes em uma única ninhada.
https://i2.wp.com/www.biolib.cz/IMG/GAL/160936.jpg
Seus maiores predadores na natureza são os Mangustos. Um Tenrec ameaçado se defende arqueando seus espinhos e apontando-os para o inimigo. Além disso, vibra esses espinhos como se fossem um chocalho.
https://i2.wp.com/www.biolib.cz/IMG/GAL/152910.jpg
https://i1.wp.com/img.over-blog-kiwi.com/0/92/98/17/20140523/ob_dc272b_tenrec-couverture.jpg
https://i2.wp.com/news.nster.com/images/uploaded/00/00/35/3589_700x.jpg
https://i0.wp.com/ianimal.ru/wp-content/uploads/2011/11/Andrew-Shimmin-Medair-620x560.jpg

FOTO DO DIA

https://i2.wp.com/imagens.mdig.com.br/ciencia/negros_loiros_ilha_salomao_03.jpg

É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer, porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.

Clarice Lispector

Amigos resgatam dois gatinhos abandonados e decide levá-los em aventuras pelo mundo

O que fazer quando você encontra dois gatinhos abandonados em um parque? Um grupo de amigos não-identificado que encontrou os gatinhos Bolt e Keel sabia exatamente que atitude tomar: levá-los em muitas aventuras pelo mundo.

Quer dizer… A história não começou bem assim: a ideia inicial da dupla era levar os gatinhos a um abrigo para animais, porém o local já estava fechado devido ao horário. Assim, Bolt e Keel foram passar uma noite em casa. E, como os humanos iriam viajar no dia seguinte para um acampamento de dois dias em que aproveitariam para fazer caminhadas e canoagem, os gatinhos acabaram embarcando na aventura junto.

Desde então, eles passaram a fazer parte da família e a ideia de levá-los ao abrigo foi completamente descartada. Hoje, os felinos estão sempre em busca da próxima aventura, que tanto pode ser um passeio de caiaque, quanto uma escalada em meio à natureza – e o melhor é que tudo isso pode ser acompanhado através da conta do Instagram da dupla.

Dá só uma olhada nos locais por onde eles já passaram:

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato1.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato2.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato3.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato4.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato5.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato6.jpg

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato7.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato8.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato9.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato10.jpg

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato11.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato12.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato13.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato14.jpg

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/gato15.jpg

Todas as fotos © Bolt e Keel

Artista brinca com a perspectiva para retratar Istambul como você nunca viu

Para muitos, esta série lembra o aclamado filme de 2010 “Inception“. Para outros, é ‘apenas’ uma forma extraordinária e raramente vista de mostrar uma cidade.

O artista turco Aydin Büyüktaş é um dos que acredita que, na maioria das vezes, “vivemos em lugares que não atraem a nossa atenção, locais aos quais os artistas podem dar uma nova perspectiva”. E foi isso que ele fez na série digital Flatland. Suas montagens viram a capital turca de ponta cabeça e parecem fazer curvas infinitas em direção ao céu.

Para criar a série (inspirada na novela satírica de 1884, da autoria de Edwin A. Abbott e com o mesmo nome), Büyüktaş fotografou canais, mercados, parques de skate e pontes com a ajuda de um drone e depois editou tudo digitalmente, juntando as imagens e invertendo os espaços.

Vale a pena ver e se surpreender:

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/Istambul1.jpg

Istambul2

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/Istambul3.jpg

Istambul4

Istambul5

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/Istambul6.jpg

Istambul8

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/Istambul9.jpg

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/Istambul10.jpg

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/Istambul11.jpg

https://i1.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/01/Istambul7.jpg

Todas as imagens © Aydin Büyüktaş

Artista usa açúcar, glitter e muitas cores para criar obras que vão te fazer sentir em um sonho

Açúcar, cores e glitter são a base das doces e coloridas instalações de Tanya Schultz, artista australiana também conhecida como Pip & Pop.

Schultz é fascinada pela ideia da realização dos desejos descritos em contos populares e na mitologia grega, e cria verdadeiros mundos em miniatura, que são uma reminiscência destas histórias feitas a partir de materiais diversos. Além do açúcar e glitter, doces, flores de plástico, pérolas e alguns tipos de brinquedos são outros materiais que fazem parte das obras da artista.

Pip & Pop começou como uma dupla, onde Nicole Andrejevic trabalhava junto com a artista. Mas desde 2011 Schultz seguiu sozinha, ainda que vez ou outra faça colaboração com outros artistas. Ela já expôs seu trabalho na Austrália, Japão, Alemanha, Países Baixos e Reino Unido.

Confira um pouco deste mundo neon e psicodélico que transforma adultos em crianças novamente e nos leva para lugares imaginários onde as chuvas são feitas de açúcar, as ruas são pavimentadas com doces e as casas são todas decoradas com muita purpurina!

5e445c_0c58a2d5fbd445d9a98b29c622dbd46a

5e445c_02fe32298afc48b6a8f8711b85756e3c

5e445c_9ba29de64f734484987ee9aaa7abf319

5e445c_9cee26dedf0d4b11beb84b7cc95a0d9e

5e445c_4686a4b1ec574c2f865c5d82a2ba3004

5e445c_8346f0798e8a4e5fb350c1d6fe9e96ba

5e445c_30872a2ae9df418ca285121666f3b723

5e445c_60267dca1569491ab4a60e1dd1d45437

5e445c_c6751c8f63e04230b9c5b9a694317dc1

5e445c_ce4043e1f03f9af49431e942f53188cf

5e445c_cf9d2cf6f6f945fa8f9660ec55b174ae

5e445c_d065f15bf0c64345890e91c739ebe370

5e445c_d80cd5877ed541ca982e083c09735c68

5e445c_d670e1603441425e9f01a7b0901fc607

5e445c_e79d256004184e2e87461d6276321ffe

Todas as fotos © Pip & Pop

FOTO DO DIA

https://i0.wp.com/news.nationalgeographic.com/content/dam/news/2016/01/13/rsa-ivory/01_SA-ivory-crush.adapt.1190.1.jpg

Destruição de estoques de marfim ilegais,quantos elefantes não morreram ao ter seus marfins arrancados a força bruta dos seres que se dizem ser humanos?