Escinco de Fogo Como Animal de Estimação

O escinco de fogo “riopa fernandi” é nativo da Guine, Zaire, Uganda e Angola vivendo nos pastos da savana Africana. Alimenta-se especialmente de insectos e por vezes de lagartos menores e frutos, tem cerca de 10 a 14cm de comprimento sendo os machos maiores e com cores mais vivas. Estes animais podem chegar aos 8 anos mas em cativeiro poderão chegar aos 15 anos.

 Existem muitas histórias locais sobre estes simpáticos lagartos, são muitas vezes associados ao fogo não só pela sua cor vermelho viva mas por surpreendente facto destes animais escaparem aos incêndios nas matas levando a crer aos locais que estes animais nascem das chamas e ainda luzem de vermelho como as brasas não sendo bom pegar-lhes, no entanto obviamente isso não está correcto e não passa de um mito pois estes animais na verdade escapam dos fogos fazendo o que os escincos sabem fazer melhor enterrar-se!  Devido ao corpo robusto e patas atrofiadas estes animais serpenteiam furando o solo livrando-se do fogo mortal, a uma certa profundidade o fogo vai passar por cima sem que os queime e  apenas quando o perigo passou é que estes surgem do solo cheios de cinzas começando por comer os insectos que morreram queimados, no entanto quem os veja a surgir das cinzas pensa logo na sua lenda.

ALIMENTAÇÃO:

 

A sua alimentação é à base de insetos mas estes devem de ser dados na maior diversidade possível como grilos, tenébrios, mórios, gafanhotos lagartas borboletas e ao alimento deve de ser adicionado cálcio e fósforo sempre com baixo teor de vitamina D3 esta deve de ser estimulada pelo animal e não consumida. As frutas nem sempre são consumidas por alguns exemplares também não sendo imprescindível para eles desde que sejam adicionadas vitaminas em pó no alimento, uma comida que os meus comem muito bem é a comida de lata para cão ou gato, abra a lata e coloque alguns cubos num prato raso à porta das suas tocas, com o hábito eles poderão habituar-se a comer essa comida.

https://i2.wp.com/www.nationalparkaquarium.org/animals/photos/skink_opt.jpg
A água é importante, tenha um bebedouro com água fresca sempre disponível para que eles bebam e se banhem pelo que convém que seja grande o suficiente para que eles caibam, em baixo à esquerda um jovem casal na minha mão, à direita um jovem lagarto de fogo à porta da sua toca .
TERRÁRIO:
O terrário deve de ter pelo menos 80cm de comprimento com 50cm de largura e 70cm de altura. Deve de colocar lâmpada de UV/UVB e uma lâmpada de aquecimento para que os animais recebam uma temperatura de 28 graus no foco, ligue ambas as lâmpadas a uma tomada temporizadora para que ambas as lâmpadas fiquem ligadas a um foto período de 8 a 10 horas diárias consoante a estação do Ano.
https://i0.wp.com/40.media.tumblr.com/10b0eac47f345f4aa6aa706719b64e24/tumblr_n9joxgAfbQ1sgxjc6o2_1280.jpg

O substrato é muito importante para estes animais não só para os manter confortáveis  mas também para receberem a humidade certa para a saúde das sua pele, use turfa ou fibra de coco pois ambas mantêm a humidade e este tipo de substrato dá a possibilidade dos animais se enterrarem como fazem no seu habitat Natural, no caso de colocar outro substrato como relva artificial (eu uso) deve de compensa-los em colocar mais abrigos e uma caixa com turfa para se esconderem e para fazerem as posturas.
https://i2.wp.com/media0.webgarden.name/images/media0:5109dd52ad13d.jpg/riopka%20i.jpg
Deve de colocar pedras ou cocos partidos ao meio ou outro tipo de abrigos perto e mais afastado do foco de luz de forma a que os animais tenham abrigos em ambas as temperaturas, também pode colocar pedras naturais e artificiais assim como troncos fáceis de trepar pois estes animais fazem-no mas com dificuldade.
REPRODUÇÃO:

Uns meses após ter comprado o meu casal de escincos de fogo no mês de Agosto quando levantei o abrigo de coco onde estava a fêmea deparei-me com uma postura de 4 ovos que ainda não terminara, o animal ainda estava no transe típico dos répteis em postura pelo que não a incomodei mais, horas mais tarde quando ela saiu no local estavam 6 ovos de cor branca com cerca de 2cm.

https://i1.wp.com/i.imgur.com/KKk2YSL.jpg
  Sinceramente não estava à espera de uma postura daqueles animais mas assim que pude coloquei-os logo na incubadora. Depois de uma incubação de 45 dias nascem as crias, não são animais difíceis de reproduzir pelo que consiste num bom desafio para um principiante, as crias comem pequenos insectos como baratas red runner ou grilos bebés e são criados com condições similares às dos adultos mas com um pouco mais de humidade, em baixo algumas crias comendo pequenas red runner.
http://www.zoopet.cz/DataImage?n=Riopa%20fernandi-max.jpg
https://i2.wp.com/www.animalspot.net/wp-content/uploads/2011/10/Fire-Skink-Photos.jpg
https://i0.wp.com/i.imgur.com/2L2YWys.jpg
via

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s