Conheça algumas receitas do surreal livro culinário de Salvador Dalí

O pintor catalão Salvador Dali sabia que ser um surrealista não era simplesmente seu estilo de pintura, mas sim sua condição de vida. Dali era surrealista em todas as esferas possíveis, de seu jeito de se vestir, falar, amar e pensar, até sua alimentação – sua maneira de cozinhar, as receitas que preparava e os próprios ingredientes dos pratos. Dessa forma, o livro de receitas que publicou em 1973 não poderia ser menos do que uma obra de arte completamente surreal.

DALI15

DALI4

Sob o título de “Os jantares de Gala”, nome de sua obsessivamente amada mulher e musa, o livro mistura erotismo, arte e culinária em doze capítulos. Repletos de ilustrações e pinturas, indo de pratos exóticos a vegetais, passando por lesmas e rãs e por pratos afrodisíacos, é possível literalmente sentir o sabor do surrealismo. “Quando eu tinha seis anos, queria ser um cozinheiro”, disse o pintor em sua biografia. “Aos sete queria ser Napoleão, e minhas ambições vem crescendo firmemente desde então”, define humildemente Dali.

DALI13

Reza a lenda que somente 400 cópias do livro original foram impressas, que já seriam avaliadas em até 25 mil dólares, no caso de exemplares assinados pelo autor. O título do capítulo afrodisíaco foi sugestivamente batizado de “Les ‘je mange GALA’”, ou “Eu como Gala”.

DALI9

O livro, como pode se imaginar, não oferece uma alimentação balanceada ou preocupada com a moderação e a saúde – é, no lugar, um convite ao deleite de se lambuzar, como pode ser visto em seu parágrafo de abertura: “Os jantares de Gala, com suas receitas e ilustrações, é unicamente dedicado aos prazeres do sabor. Se você é discípulo desses contadores de calorias que transformam o prazer de comer em uma espécie de punição, feche esse livro de uma vez; ele é muito vigoroso, muito agressivo, e certamente muito impertinente pra você”.

DALI10

Quem quiser se arriscar, seguem abaixo duas receitas. Apesar da raridade do livro em si, é só procurar na internet para encontrar outras de suas receitas surreais.

Coquetel Casanova

  • suco de uma laranja
  • 1 colher de chá de Campari
  • 1 colher de sopa de gengibre
  • 4 colheres de sopa de conhaque
  • 2 colheres de sopa de Old Brandy (Vielle Cure)
  • 1 pitada de pimenta-caiena

Esse drinque é apropriado para situações em que a exaustão, o excesso de trabalho ou simplesmente o excesso de sobriedade exigem salvação. Essa é uma receita perfeita para isso. Outra vantagem dessa bebida é que não é preciso fazer a cara de amargor que normalmente acompanha a ingestão de um remédio. Na borda do copo coloque a pimenta e o gengibre. Coloque o Campari primeiro, depois os conhaques. Refrigere ou mesmo coloque no frízer. Meia hora depois, retire-o e despeje o suco de laranja dentro do copo refrigerado. Beba e… aguarde o efeito. É um tanto veloz.

Ovos de mil anos

  • 1 dúzia de ovos
  • 1 copo e meio de água
  • 5 cravos-da-índia inteiros
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 3 colheres de sopa de vinagre
  • Molho de Tabasco
  • 2 limões cortados em 8 pedaços
  • ¾ de uma colher de chá de tomilho
  • 4 saquinhos de chá
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho

Você com certeza conhece esses ovos de mil anos, uma das joias da culinária chinesa. Não esperemos atingir a perfeição absoluta dessa receita, mas sim seguir um preparo divertido e rápido.

Primeiro, cozinhe os ovos em água com sal por dez minutos. Retire-os e os coloque em água corrente gelada, o que facilitará o descascar. Na mesma água em que os ovos foram cozidos, coloque os cravos, açúcar, vinagre, bastante molho Tabasco, os 8 pedaços de limão e o tomilho. Ferva por 15 minutos. Desligue o fogo, mergulhe os saquinhos de chá e deixe o preparo descansar por 10 minutos.

Em um pote, coloque as cebolas e os alhos picados. Adicione os ovos descascados, e derrame o preparo até que os ovos estejam completamente imersos. Feche o pote e o coloque na prateleira de baixo de sua geladeira. Tenha paciência e não abra o pote por três semanas, para só então servi-los. Os ovos de mil anos vão bem com carnes frias e peixe.

  DALI3 

DALI1

© todas as fotos: reprodução

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s