“Coisa de Menina”: brasileira cria livro ilustrado pra mostrar que meninas podem ser o que elas quiserem

Quando foi que, em algum momento da história, resolvemos que meninos vestem azul e brincam de carrinho, enquanto meninas vestem rosa e brincam de boneca? Quem, injustamente, definiu esta diferença de gênero das cores e brinquedos? E, pior ainda, quando foi que deixamos que isso chegasse até à escolha de uma profissão?

Quando a criança brinca com algo que socialmente é identificado com o outro gênero, a inversão de papéis ocorre somente na cabeça dos adultos. Segundo psiquiatras, esse tipo de atividade faz parte do desenvolvimento infantil, não determinando nenhum tipo de comportamento ou orientação sexual.

Foi pensando em uma maneira de mostrar para as crianças que elas podem brincar com o brinquedo que tiverem vontade, vestirem a cor que quiserem, e exercerem a profissão que bem entenderem, que a ilustradora Pri Ferrari desenvolveu o livro infantil Coisa de Menina. Voltado para crianças de 3 a 6 anos, ele informa sobre o feminismo e a igualdade de gênero através de divertidas ilustrações, feitas pela própria Pri.

Poderosas 

Eu queria pegar a idade que a criança começa a olhar o feminino como pejorativo, quando a ideia de ‘correr como menina’ se torna algo negativo, explicou a ilustradora.

Coisa de Menina aborda as perspectivas de vida utilizando uma linguagem simples, ilustrando diversas atividades que foram e podem ser escolhas para o futuro de qualquer garota.

Segundo Pri, a ideia do projeto surgiu por sempre se incomodar com frases como “isso é coisa de menina” e “isso é coisa de menino”. Expor meninas apenas ao mundo cor de rosa acaba limitando o seu potencial. Faz mais ou menos um ano que eu venho desenvolvendo esse projeto. Conversei com muitas crianças, pedagogas e pais para entender qual seria a melhor linguagem e traço para atingir o objetivo de inspirar meninas a entrarem em contato com mundos diferentes.”.

lua 

O principal objetivo da ilustradora com tudo isso é fazer com que o livro se torne uma ferramenta de diálogo entre pais, mães, tios, avós e crianças, inspirando meninas a entrarem em contato com seu potencial, além de mostrar para os meninos que elas têm capacidade e poder de fazer qualquer coisa.

mamute

O livro já está 100% criado, porém, devido aos altos custos, ainda não foi publicado. Por isso, Pri lançou uma campanha de financiamento coletivo para tornar a impressão viável. Se você quiser ajudar, é só entrar aqui e, de quebra, ainda garante seu exemplar autografado pela autora!

Assista ao vídeo da campanha:

musica

Captura_de_Tela_2016-04-23_às_21.09.45

Porque girl power se aprende desde cedo!

Todas as imagens © Pri Ferrari

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s