Como coelhos gigantes estão ajudando pessoas a superar seus traumas

Uma grande desilusão amorosa, a morte de uma pessoa querida, um problema de saúde… muita coisa pode abalar alguém mentalmente. E uma técnica que vem ganhando cada vez mais espaço para ajudar na recuperação é a Terapia Assistida por Animais.
A americana Jenn Eckert estava prestes a se casar quando sua mãe morreu. A semanas do dia que seria o mais feliz de sua vida, ela entrou em depressão e só queria ficar deitada no sofá. Quem ajudou bastante nesse momento difícil foi a coelha Betsy, que ela tinha acabado de adotar.
1
Depois de sentir o carinho do animal e perceber a ajuda que ele podia trazer, Jenn decidiu levar o carinho da coelha a mais pessoas. Depois de passarem por treinamentos – tanto dona quanto coelha -, elas agora frequentam casas de saúde e institutos filantrópicos para espalhar alegria e ajudar quem precisa.
Entre os bichos aceitos pelo programa de treinamento estão cães (a maioria dos inscritos), gatos, cavalos, coelhos, pássaros, lhamas, alpacas, porcos e ratos. No ano passado, 112 coelhos passaram pelo processo. O ponto mais importante é acostumar os animais para que eles lidem com muitas pessoas ao mesmo tempo e com tratos um pouco rudes, como os de crianças pequenas.
7
Depois de Betsy, Jenn adotou também Walter, que também passou pelo treinamento. Segundo a dona, um dos momentos mais marcantes foi ver um menino de 2 anos, que precisava de um tubo pra se alimentar, se encher de felicidade ao ver Betsy, pulando sem parar na cama e batendo palmas para chamar a coelha. “É um momento que faz tudo valer a pena”, ela conta.
Dá uma olhada nessas figuras!
10
Fotos: Jenn Eckert

Ela resgatou 2 gatinhos do lixão e decidiu levá-los em aventuras pela natureza

Kayleen VanderRee estava colocando o lixo para fora de casa quando ouviu um barulho vindo de alguns arbustos. Foi assim que ela conheceu dois adoráveis gatinhos abandonados. E não contente em levá-los para casa para dar todo o cuidado e carinho que eles precisaram, juntos eles embarcaram em uma série de aventuras!

Como Kayleen sempre gostou de viajar, achou que os gatinhos seriam ótimas companhias, até porque como a região em que morava tinha muitas águias e outros animais, seria mais seguro levar os felinos junto ao sair de casa.

Junto de sua melhor amiga, Danielle Gumbley, os quatro viajam nacional e internacionalmente para todos os cantos. Entre os lugares preferidos dessa turma estão lagos e montanhas com muitas canoagens e trilhas. Fofíssimos!

ssss

1-8

1-7

1-6

1-4

1-2

1-1

 

Todas as fotos © boltandkeel

Um grupo de conservação na Austrália está convidando entusiastas de tricô para doar pequenas jumpers de lã para pinguins doentes.

https://metrouk2.files.wordpress.com/2014/03/penguin-foundation-phillip-island.jpg

Pinguins da Ilha Phillip Fundação usa os casaquinhos para ajudar a reabilitar aves que foram afetadas por derramamentos de óleo ou vazamentos similares de barcos de pesca.Malhas para Natureza, um programa executado pela fundação, criou até 300 desenhos diferentes ao longo dos anos, graças à sua equipe de voluntários dedicados, mas está sempre precisando de mais.Já falamos aqui, a história do senhor de 109 anos que tricotou casaquinhos de lã para salvar pinguins na Austrália.

“Há muita criatividade escondido lá fora”, explicou Lyn Blom, um funcionário da fundação.Os casaquinhos ajuda a manter os pinguins quente e também impedi-los tentando limpar o óleo tóxico afastado com seus bicos.

Hipster Penguins sweaters
Hipster Penguins sweaters
Hipster Penguins sweaters
Hipster Penguins sweaters
Hipster Penguins sweaters

https://scontent-gru2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/1522225_688883357798982_224873110_n.jpg?oh=15ee28fbb4f0640e85e76e3b95b904f9&oe=577B46FF

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2015/02/pinguin3.jpg

Para fazer sua doação acesse a pagina Penguin Foundation

Mulheres estão criando versões femininas e estilosas das ‘man caves’ e o resultado é maravilhoso

Pode ser que você nunca tenha ouvido falar sobre as Man-Caves ou “cavernas masculinas”. A ideia é criar um ambiente de relaxamento exclusivo para homens em uma casa, onde eles possam se reunir com os amigos para fazer o que mais gostam com toda a privacidade. Estes espaços existem há muito tempo e você certamente já viu alguns deles por aí, nem que seja apenas pela televisão.

E, se os homens necessitam relaxar, obviamente as mulheres não ficam atrás. Para elas, o conceito da vez são os She Sheds (algo como “Galpão Feminino“).

Nesse caso, os espaços costumam ser localizados na parte externa da casa e foram pensados para ser um lugar de descanso só para elas. A diferença é que este cômodo extra conta sempre com uma boa dose de estilo e muita inspiração.

Mesmo assim, não há muitas regras na hora de criar um recanto deste tipo: eles podem ser usados como um cantinho de leitura, um estúdio de yoga e meditação ou uma salinha para escrita. As possibilidades são infinitas e algumas das criações são, no mínimo, encantadoras.

Vem ver:

SheShed1

Foto © Erica George Dines

SheShed3

Foto © Lindsay Appel

SheShed7

Foto © Lowe’s

SheShed5

Foto © via Bored Panda

she1

Foto © StudioShed

she2

Foto © StudioShed

she4

Foto © Modern Shed

she5

she6

Foto © Tia Borg Smidt

she7

Foto © Ella Claire

she8

Foto © KENJO

she9

Foto © Lowes

she11

Foto © Manuel Villa

she12

Foto © Better Homes and Gardens

she13

Foto © Detail Collective

she14

Foto © Gardenista

she15

Foto © The Telegraph