Colhereiro-americano

O colhereiro (Platalea ajaja), também chamado aiaiá e ajajá , por vezes é classificado no género monotípico Ajaia. É uma ave ciconiforme da família Threskiornithidae. Habita a América do Sul, o Caribe e a costa sudeste dos Estados Unidos.O colhereiro tem um comprimento médio de cerca de 81 cm. As colónias de nidificação dos colhereiros constituem um quadro espectacular nos Everglades. Têm uma parada nupcial elaborada, que inclui batimentos de bico e ofertas mútuas de galhinhos.
https://i2.wp.com/wallpapers9.org/wp-content/uploads/2015/04/The-Roseate-Spoonbill-Wallpaper-3.jpg
Para obter alimento, a ave arrasta o seu bico sensível em forma de colher de um lado para o outro na água. Quando descobre comida, peixe, por exemplo, fecha o bico de estalo. No período reprodutivo, exibe uma bela plumagem cor-de-rosa: quanto maior a ingestão de crustáceos, mais rosadas ficam essas penas, o que é um indicador da qualidade do meio ambiente em que vivem.
https://i2.wp.com/stlucieaudubon.org/images/BirdPhotos/RoseateSpoonbill1.JPG
Outrora, os colhereiros eram caçados e perseguidos por causa das suas penas que eram utilizadas na decoração e enfeite de chapéus. Agora, são uma espécie protegida e o seu número aumentou.
https://i0.wp.com/www.shelleylake.com/data/photos/190_1roseate_spoonbill.jpg
Esta espécie alimenta-se em águas doces ou costeiras rasas balançando a sua factura de lado a lado, uma vez que constantemente anda através da água, muitas vezes em grupos. O projeto de lei em forma de colher lhe permite facilmente filtrar lama. Alimenta-se de crustáceos , insetos aquáticos , sapos, salamandras e peixes muito pequenos ignorados pelo limícolas maiores. Nos Estados Unidos, um lugar popular para observar colhereiros é “Ding” Querida National Wildlife Refuge , na Flórida. Colhereiros devem competir por comida com garças nevadas , grandes garças , garças tricolores e pelicanos brancos americanos .
https://i2.wp.com/hdwallpapershoot.com/wp-content/uploads/2015/02/roseate-spoonbill-wallpaper-10.jpg
Os ninhos Spoonbill róseo em arbustos ou árvores, muitas vezes manguezais , colocando dois a cinco ovos , que são esbranquiçada com manchas marrons. Os pássaros imaturos têm brancas, cabeças de penas, eo rosa da plumagem é mais pálida. O projeto de lei é amarelada ou rosada.
https://i0.wp.com/eskipaper.com/images/roseate-spoonbill-bird-1.jpg

Conservação e ameaças

Informações sobre predação em adultos está faltando. Filhotes são por vezes mortos por abutres , águias , guaxinins e formigas de fogo .  Em 2006, um 16-year-old em faixas de aves foi descoberto, tornando-o mais antigo indivíduo selvagem. O “Colhereiro” é uma alusão ao seu bico, que tem o formato de uma colher. “Aiaiá”, “ajajá”, Platalea ajaja e Ajaia ajaja vêm do tupi aya’yá.
https://i2.wp.com/blog.michaellibbephotography.com/wp-content/uploads/2012/02/MINWR20111228-369.jpg 
https://i0.wp.com/blog.hdwallsource.com/wp-content/uploads/2016/03/roseate-spoonbill-bird-computer-wallpaper-50733-52425-hd-wallpapers.jpg 
https://i2.wp.com/blog.michaellibbephotography.com/wp-content/uploads/2012/02/minwr20111203-406.jpg 

https://i0.wp.com/webneel.com/daily/sites/default/files/images/daily/08-2013/1-spoonbill-bird-photography-by-miguel-leyva.preview.jpg

https://i0.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/colheireiro_ibc.jpg

https://i0.wp.com/www.birdsasart-blog.com/baa/wp-content/gallery/contest/v572vymzdudojyweoxdqzdqmyqsjdevdyjessob5zzy2dexyesqvqe5vyz5v2y7qddoybr7x.jpg

https://i1.wp.com/www.birdfeeders.com/blog/wp-content/uploads/2015/09/STEVENBLANDIN-Roseate-Spoonbill-Ajaja-ajaja-C63-Alafia-Banks.jpg

https://i1.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/IMG_2880_Spoonbill_flight_ed_85.jpg

https://i2.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/IMG_1344_spoonbill_ed_40.jpg

https://i0.wp.com/www.shelleylake.com/data/photos/190_1roseate_spoonbill.jpg

https://i2.wp.com/i49.tinypic.com/2wec1s3.jpg

https://i0.wp.com/www.gregmillerbirding.com/wp-content/uploads/2013/02/Roseate-Spoonbill-wings-raised-Merritt-Island-NWR-near-Titusville-FL-2013-01-29-IMG_7135.jpg

https://i0.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/DSC00453.JPG

https://i2.wp.com/nickomargolies.com/big/wp-content/uploads/2013/02/Roseate-Spoonbill.jpg

https://i0.wp.com/www.smallwoodstoreboattour.com/wp-content/uploads/2014/01/AAS0336-Edit.jpg
Google: Imagens

FOTOS DO DIA

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/98/Nubian_Ibex_Male.jpg

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/8c/1f/68/8c1f68d1f62a4b56cbf76be578c3dabe.jpg

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/a6/1a/1b/a61a1b2ac36c81f1885e5e1616e8781a.jpg

https://i0.wp.com/images.animalpicturesociety.com/images/3c/capra_ibex_ibex_%E2%80%93_04.jpg

Estas 5 mulheres deixaram seus parceiros abusadores e viraram heroínas em ensaio inspirador

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 1 em cada 3 mulheres já foi vítima de algum tipo de violência física ou sexual. Se não bastasse, a maior parte dessa violência é gerada justamente dentro de casa, por seus próprios parceiros.

Mas, embora muitas mulheres não saibam como se desvencilhar de um relacionamento abusivo, algumas delas mostram toda sua força ao deixar estes parceiros e servem e inspiração para que outras façam o mesmo.

É graças a histórias assim que a nova campanha do movimento Women Speak, da Lituânia, se torna tão encantadora. A instituição convidou 5 mulheres que vivem atualmente em um centro de ajuda em Vilnius, capital do país, para posarem como super-heroínas.

O objetivo era mostrar que mulheres que sofreram com um relacionamento abusivo não precisam ser vistas como vítimas. Para deixar para trás seus parceiros, é preciso muita coragem e força – coisas que só uma verdadeira heroína é capaz de transmitir. A campanha, além de inspirar outras mulheres a agir frente à violência doméstica, é também uma maneira de melhorar a auto-estima daquelas que estão começando a dar a volta por cima.

Confere só:

heroina1

#SuperHeroínas

heroina2

Edita, mãe de 6, deixou seu parceiro abusador: “Eu posso até mesmo concorrer a presidente.”

heroina3

Elena, mãe de 3, deixou seu parceiro abusador: “Eu não sou uma vítima, sou uma guerreira”

heroina4

Viktorija, mãe de 5, deixou seu parceiro abusador: “Uma mulher não é um objeto.”

heroina5

Kristina, mãe de 2, deixou seu parceiro abusador: “Fale.”

heroina6

Zita, mãe de 2, deixou seu parceiro abusador: “Eu não sou mais uma vítima.”

LIVRO INOVADOR MUDA A HISTÓRIA DE ACORDO COM O LUGAR DO MUNDO ONDE VOCÊ ESTÁ

Imagine que você está lendo um livro em Buenos Aires e viaja para Roma. De repente, a história e o cenário do livro muda de lugar também, acompanhando literalmente sua viagem. Genial, não? Esta é a ideia inovadora criada pela FCB para o Smiles, programa de milhas da Gol, chamado de Trip Book.

Através de um equipamento exclusivo com tecnologia e-paper, o ebook identifica onde o leitor está, por meio de geolocalização, estando disponível em cidades como Nova York, Paris, Roma, Rio de Janeiro, Lisboa e Buenos Aires. Assim, a história escrita pelo renomado escritor Marcelo Rubens Paiva ganha novos rumos.

A narrativa conta as aventuras de viagem de Theo e Maria Manoela, casal na faixa dos 40 anos de idade que mora em São Paulo e decide dar um tempo nas obrigações cotidianas. Juntos, eles fazem uma viagem para a mesma cidade onde passaram a primeira lua-de-mel, décadas antes, numa tentativa de reviver  a paixão.

A partir daí o destino do romance muda conforme a localização do leitor. A história e os personagens são os mesmos em qualquer lugar do mundo, mas são implementadas algumas referências das cidades onde o viajante se encontra, indicando alguns elementos como lojas, parques, ruas, museus, pontos turísticos, comida, restaurantes, costumes, língua e hotéis.

O ebook, que é o primeiro do tipo lançado no Brasil, poderá ser baixado gratuitamente para tablets pelo aplicativo Trip Book Smiles para os sistemas iOS e Android.

tripbook

tripbook6

tripbook2

tripbook11

tripbook14

tripbook5

tripbook10

tripbook9

tripbook12

tripbook3

tripbook4

Todas as imagens: Reprodução YouTube

Este casal usa 4 passos simples para deixar suas fotografias de viagem inspiradoras

https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xal1/v/t1.0-9/13095880_1232025256822789_1731886490373989566_n.jpg?oh=3cd05201e22da617a090bb9eb3feafe9&oe=57BC56A5&__gda__=1470302089_8ecd20a8d97b79a49cbecb5ec9d0016a

Victoria e TJ Drysdale embarcaram juntos na missão de reproduzir o conceito dos verdadeiros clique de viagens. Tudo isso em 4 passos.

Eles contam que também amam fotografias de viagem tradicional. Mas gostariam de inspirar pessoas a acreditarem que é possível fazer lindas fotos longe de um estúdio e de casa. Veja quais são as dicas que eles dão abaixo, confira alguma belíssimas fotos e, para ficar por dentro de novidades, acesse o site deles.

1. Sem manipulação

Nenhum dos cenários é manipulado. Eles simplesmente se deparam com a paisagem e começam a fotografar. Nada de intervir!

2. Com riscos

Sim, há foto em que eles estão na neve e descalços. Bem como sentar na beira de um penhasco e correr riscos – como qualquer outro fotógrafo corajoso e desbravador.

3. A luz

Sempre usar luz natural. Nada de flashs nem refletores. O que você deve saber fazer é manipular sua câmera de acordo com a luz do sol.

4. Minimalismo

Seja minimalista. Leve somente o necessário e aquilo que você consegue carregar. Assim sobra mais espaço para mobilidade e criatividade.

Agora inspire-se com os resultados que eles têm para apresentar:

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189df299795__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189e0f2681f__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189e2b69cad__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189e637c122__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189eca90a26__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189f30a3638__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189f507a3b2__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189f78b55f5__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189fe9d8ede__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-57189ffb89dd0__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a001f3bbd__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a3aabfe89__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a84d7fe49__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a5ac19ce1__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a8509bb12__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a8522b51b__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a853b745b__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718b598bb660__880

We-are-on-a-Mission-To-Redefine-Travel-Photography-5718a855c78e6__880

Todas as fotos © Victoria e TJ Drysdale

[via]

Colhereiro-americano

https://i0.wp.com/www.tringa.org/images/0546_Roseate_Spoonbill_04-27-2008_0.jpg

O colhereiro (Platalea ajaja), também chamado aiaiá e ajajá , por vezes é classificado no género monotípico Ajaia. É uma ave ciconiforme da família Threskiornithidae. Habita a América do Sul, o Caribe e a costa sudeste dos Estados Unidos.O colhereiro tem um comprimento médio de cerca de 81 cm. As colónias de nidificação dos colhereiros constituem um quadro espectacular nos Everglades. Têm uma parada nupcial elaborada, que inclui batimentos de bico e ofertas mútuas de galhinhos.

https://i1.wp.com/wallpapers9.org/wp-content/uploads/2015/04/The-Roseate-Spoonbill-Wallpaper-3.jpg

Para obter alimento, a ave arrasta o seu bico sensível em forma de colher de um lado para o outro na água. Quando descobre comida, peixe, por exemplo, fecha o bico de estalo. No período reprodutivo, exibe uma bela plumagem cor-de-rosa: quanto maior a ingestão de crustáceos, mais rosadas ficam essas penas, o que é um indicador da qualidade do meio ambiente em que vivem.

https://i1.wp.com/stlucieaudubon.org/images/BirdPhotos/RoseateSpoonbill1.JPG

Outrora, os colhereiros eram caçados e perseguidos por causa das suas penas que eram utilizadas na decoração e enfeite de chapéus. Agora, são uma espécie protegida e o seu número aumentou.

https://i1.wp.com/www.shelleylake.com/data/photos/190_1roseate_spoonbill.jpg

Esta espécie alimenta-se em águas doces ou costeiras rasas balançando a sua factura de lado a lado, uma vez que constantemente anda através da água, muitas vezes em grupos. O projeto de lei em forma de colher lhe permite facilmente filtrar lama. Alimenta-se de crustáceos , insetos aquáticos , sapos, salamandras e peixes muito pequenos ignorados pelo limícolas maiores. Nos Estados Unidos, um lugar popular para observar colhereiros é “Ding” Querida National Wildlife Refuge , na Flórida. Colhereiros devem competir por comida com garças nevadas , grandes garças , garças tricolores e pelicanos brancos americanos .

https://i1.wp.com/hdwallpapershoot.com/wp-content/uploads/2015/02/roseate-spoonbill-wallpaper-10.jpg

Os ninhos Spoonbill róseo em arbustos ou árvores, muitas vezes manguezais , colocando dois a cinco ovos , que são esbranquiçada com manchas marrons. Os pássaros imaturos têm brancas, cabeças de penas, eo rosa da plumagem é mais pálida. O projeto de lei é amarelada ou rosada.

https://i0.wp.com/eskipaper.com/images/roseate-spoonbill-bird-1.jpg

Conservação e ameaças

Informações sobre predação em adultos está faltando. Filhotes são por vezes mortos por abutres , águias , guaxinins e formigas de fogo .  Em 2006, um 16-year-old em faixas de aves foi descoberto, tornando-o mais antigo indivíduo selvagem. O “Colhereiro” é uma alusão ao seu bico, que tem o formato de uma colher. “Aiaiá”, “ajajá”, Platalea ajaja e Ajaia ajaja vêm do tupi aya’yá.

https://i1.wp.com/blog.michaellibbephotography.com/wp-content/uploads/2012/02/MINWR20111228-369.jpg

https://i1.wp.com/blog.hdwallsource.com/wp-content/uploads/2016/03/roseate-spoonbill-bird-computer-wallpaper-50733-52425-hd-wallpapers.jpg

https://i1.wp.com/blog.michaellibbephotography.com/wp-content/uploads/2012/02/minwr20111203-406.jpg

https://i2.wp.com/webneel.com/daily/sites/default/files/images/daily/08-2013/1-spoonbill-bird-photography-by-miguel-leyva.preview.jpg

https://i0.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/colheireiro_ibc.jpg

https://roadsendnaturalist.files.wordpress.com/2014/01/roseate-spoonbill-with-fish.jpg

https://i2.wp.com/www.birdsasart-blog.com/baa/wp-content/gallery/contest/v572vymzdudojyweoxdqzdqmyqsjdevdyjessob5zzy2dexyesqvqe5vyz5v2y7qddoybr7x.jpg

https://i1.wp.com/www.birdfeeders.com/blog/wp-content/uploads/2015/09/STEVENBLANDIN-Roseate-Spoonbill-Ajaja-ajaja-C63-Alafia-Banks.jpg

https://i2.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/IMG_2880_Spoonbill_flight_ed_85.jpg

https://palmbeachcountynaturally.files.wordpress.com/2013/10/roseate-spoonbill-10-1-2013.jpg

https://i1.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/IMG_1344_spoonbill_ed_40.jpg

https://i1.wp.com/www.shelleylake.com/data/photos/190_1roseate_spoonbill.jpg

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2016/05/d8f9a-roseatespoonbills5.jpg

https://i2.wp.com/i49.tinypic.com/2wec1s3.jpg

https://i0.wp.com/www.gregmillerbirding.com/wp-content/uploads/2013/02/Roseate-Spoonbill-wings-raised-Merritt-Island-NWR-near-Titusville-FL-2013-01-29-IMG_7135.jpg

https://i2.wp.com/ibc.lynxeds.com/files/pictures/DSC00453.JPG

https://stevetabone.files.wordpress.com/2012/01/roseate-spoonbill-3.jpg

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2016/05/19515-235lynch05cropspoonbill.jpg

https://i1.wp.com/nickomargolies.com/big/wp-content/uploads/2013/02/Roseate-Spoonbill.jpg

https://i2.wp.com/www.smallwoodstoreboattour.com/wp-content/uploads/2014/01/AAS0336-Edit.jpg

Google: Imagens

Noiva raspa cabelo no dia do casamento para homenagear o noivo com câncer terminal

Casal_casamento_cancer_1

Se fosse o contrário talvez não causasse tanto espanto, isso porque mulheres costumam a cultivar seus cabelos mais que os homens. Mas neste caso, no grande dia, uma noiva resolveu dar um sinal de todo o seu amor e solidariedade ao marido raspando a cabeça. Difícil não se emocionar!

Craig e Joan Lyons se conheciam há mais de 30 anos, mas só há cerca de dois que o pedido de casamento foi feito por Craig. Só que um detalhe fazia com que essa cerimônia fosse ainda mais especial, pois Craig tem um câncer terminal no pâncreas.

E foi durante a festa que Joan resolveu fazer uma homenagem e raspou a cabeça na frente dos convidados. Como se isso não bastasse para tornar o momento inesquecível, ela ainda anunciou a doação do cabelo para a instituição Little Princess Trust, que faz perucas para crianças com câncer.

Casal_casamento_cancer_1

Casal_casamento_cancer

Casal_casamento_cancer_2

Fotos © Struth Photography/Mercury Press/Carters News/Cosmopolitan