Fotógrafo encontra forma criativa de registrar casamentos: através do reflexo nas alianças

https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xal1/v/t1.0-9/13076860_1232048930153755_2149841630017588460_n.jpg?oh=5133cf74b271921f8caf2da29580e93b&oe=57BA0C47&__gda__=1467214955_db7546d5088b900634715dbdfcfef30f

Cada fotógrafo de casamento tem sua marca registrada, seu olhar especial de contar os momentos do dia tão especial para o casal apaixonado. Pois o olhar do inglês Peter Adams-Shawn é, no mínimo, curioso.

O fotógrafo, que hoje reside na Austrália e comanda o estúdio de fotografia Memories of Tomorrow, especializado em fotos de casamento, ficou conhecido pela série “Eyescapes”, onde retratou casamentos através do olhar dos convidados. Pois Peter inovou novamente, agora com sua nova série, a “Ringscapes”.

“Ringscapes” ilustra todo o casamento de uma forma mais peculiar ainda, refletindo noivos, festa, cerimônia e convidados nas alianças do casal. As imagens até parecem que têm algum tipo de retoque digital, mas acredite, foram todas registradas assim mesmo, como vemos nas fotos.

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-5

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-6

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-12

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-17

PeterRing1

PeterRing2

PeterRing3

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-1

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-4

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-15

ring-reflection-wedding-photography-ringscapes-peter-adams-7

PeterRing4

E a inovação de Peter não para por aí. Boatos dizem que ele tem testado fotografias através do reflexo de bolhas de sabão! Realmente, Peter Adams-Shawn é do time que gosta de fazer diferente.

Todas as fotos © Peter Adams-Shawn

 https://i2.wp.com/hypescience.com/wp-content/uploads/2016/04/piscinas-naturais-locais-para-nadar-6-838x471.jpg

As 15 piscinas naturais mais surpreendentes do mundo

No calor, temos uma vontade constante de pular em uma piscina para se refrescar, não é mesmo? Mas as melhores do mundo não são as criadas pelo homem, e sim as esculpidas pela natureza.Águas azul-turquesa cintilantes, rodeadas por vegetação vibrante e com vistas de conto de fadas… Confira os buracos naturais mais espetaculares do mundo onde incríveis piscinas se formaram e programe já sua próxima visita!

1. To Sua Ocean Trench, Lotofaga, Samoa

piscinas naturais locais para nadar 1
 
Há centenas de piscinas naturais ao redor do mundo, mas nenhuma é tão mágica quanto a To Sua Ocean Trench, na vila Lotofaga, em Samoa. Conhecida por suas águas turquesas e sua posição quase escondida da vista cercada de jardins exuberantes, To Sua (que significa literalmente “grande buraco de natação”) é a mais popular atração turística de Samoa. Os viajantes dizem é um dos pontos mais bonitos para se nadar no mundo, e aventureiros podem chegar ali descendo uma escada de 30 metros. A caverna próxima a To Sua leva (via canais subterrâneos) ao sul do Oceano Pacífico e só deve ser navegada por mergulhadores experientes.

2. Piscina Natural Giola, Ilha Thassos, Grécia

piscinas naturais locais para nadar 2
 
Localizada em Astris, na Ilha Thassos, Grécia, Giola é uma bela lagoa natural semelhante a uma piscina esculpida nas rochas. Para se chegar a esse paraíso incrivelmente azul com vista para o Mar Egeu, é preciso fazer uma bela caminhada, mas os visitantes dizem que vale a pena. O caminho pode ser um pouco complicado, por causa das pedras, de modo que é recomendado o uso de sapatos adequados (não chinelos).

3. Devil’s Pool, Cataratas de Vitória, Zâmbia

piscinas naturais locais para nadar 3
 
As Cataratas de Vitória, com cerca de 1,5 km de largura e altura máxima de 128 metros, é considerada a maior cachoeira do mundo. Mas isso não impede centenas de aventureiros de nadar na “Devil’s Pool”, uma piscina natural que se forma na borda das Cataratas na Ilha Livingstone, no lado zambiano. Todos os anos, durante a estação seca de setembro a dezembro, o fluxo da cachoeira diminui. Quando isso ocorre, uma barreira de rocha natural chega perto o suficiente da superfície, permitindo que os nadadores se divirtam em relativa segurança até poucos centímetros de distância do ponto onde a água cai.

4. Kuang Si Falls, Luang Prabang, Laos

piscinas naturais locais para nadar 4
 
A maior cachoeira em Luang Prabang, no Laos, é Kuang Si Falls, que acumula inúmeras piscinas azul-turquesa, formando vários locais de natação perfeitos. Popular entre turistas, o local apresenta passarelas e pontes que cortam através da bela paisagem. Há também trilhas para subir até o topo das cachoeiras, onde existem mais piscinas mais naturais.

5. Dudu Blue Lagoon, Cabrera, República Dominicana

piscinas naturais locais para nadar 5
 
Localizada em Cabrera, República Dominicana, Dudu Blue Lagoon é uma piscina de água doce com uma sombra cintilante azul. Visitantes aventureiros podem saltar diretamente para a água a partir de uma corda. O local também é popular entre mergulhadores, já que é o único lugar do mundo onde você pode fazer mergulho em caverna de um lago natural para outro.

6. Fairy Pools, Ilha de Skye, Escócia

piscinas naturais locais para nadar 6
 
Se você for corajoso o suficiente para mergulhar nessas águas frias (mas cristalinas), as piscinas Fairy Pools em Glen Brittle, na Ilha de Skye, na Escócia, são lugares ideais para saborear a vista. Os visitantes circulam entre cachoeiras e piscinas, algumas mais isoladas que outras, mas todas magicamente pitorescas.

7. Hinatuan Enchanted River, Surigao del Sur, Filipinas

piscinas naturais locais para nadar 7
 
Nas Filipinas, uma piscina natural é tão misteriosa que foi apelidada de “encantada”. Localizada em Surigao del Sur, ganhou esse nome porque parece não ter nenhuma fonte. A teoria prevalecente é de que a água de Hinatuan vem de uma rede de cavernas subterrâneas e túneis que emergem para formar o rio. O local é popular entre banhistas por causa de suas águas cristalinas com visibilidade quase até o fundo, e exuberante área verde.

8. Hamilton Pool, Dripping Springs, Texas, EUA

piscinas naturais locais para nadar 8
 
Hamilton Pool, localizada perto de Austin, é uma das melhores piscinas naturais dos Estados Unidos. Nadar lá é como nadar em uma caverna com uma janela circular gigante em cima. A cachoeira derrama sobre uma plataforma, formada pelo colapso de um rio subterrâneo, em uma piscina verde sedutora. A água não é quimicamente tratada, de forma que sua qualidade é monitorada regularmente e a natação ali é ocasionalmente restrita.

9. Grotta della Poesia, Rocha Vecchia, Itália

piscinas naturais locais para nadar 9
 
Essa piscina de calcária única da Itália, Grotta della Poesia, está situada no Mar Adriático. Caracterizada por águas azul-turquesa, é um cenote que se formou a partir do colapso de uma caverna subterrânea. Segue um padrão circular e tem duas entradas: uma pelo mar na base da falésia e uma pela terra no local em que a caverna entrou em colapso. O local é também um importante sítio arqueológico.

10. Puertito de Lobos, Ilhas Canárias, Espanha

piscinas naturais locais para nadar 10
 
As Ilhas Canárias são o lar de várias piscinas naturais, mas Puertito de Lobos, um passeio de barco de 20 minutos a partir de Corralejo, é talvez a mais bela. Aqui, os visitantes podem desfrutar de piscinas azuis de águas claras e calmas. O resto do ilhéu é uma reserva natural, com belas praias e pontos de vista.

11. Ik Kil Cenote, Península do Yucatán, México

piscinas naturais locais para nadar 11
 
Parte do Parque Arqueológico Ik Kil perto de Chichen Itza, na península mexicana de Yucatán, esse cenote é aberto para o céu com o nível da água a 25 metros abaixo do nível do solo. Os visitantes podem utilizar uma escada até uma plataforma de nadar para mergulhar na água azul clara que antigos nobres maias usavam tanto para sacrifícios quanto para rituais de relaxamento.

12. Poço Azul, Parque Nacional da Chapada Diamantina, Brasil

piscinas naturais locais para nadar 12
 
Localizado no estado da Bahia, no nordeste do Brasil, o Parque Nacional da Chapada Diamantina é o lar de cachoeiras espetaculares, vistas magníficas e sistemas de cavernas formadas por rios que atravessam a região, onde já foram encontrados tanto ouro quanto diamantes. As verdadeiras joias do parque, no entanto, são suas piscinas naturais escondidas nas inúmeras cavernas. Uma delas, Poço Azul, tem uma água tão clara que nadar ali é como flutuar no espaço. O melhor momento para entrar na piscina é de 13:00 às 15:00, quando os raios do sol irradiam nas águas azuis.

13. Havasu Falls, Supai, Arizona, EUA

piscinas naturais locais para nadar 13
 
Localizadas dentro da reserva indígena Havasupai, as Havasu Falls possuem uma queda principal de quase 30 metros em um penhasco vertical, até uma grande piscina com uma cor verde azulada de outro mundo. A temperatura de cerca de 21 graus Celsius permanece relativamente constante ao longo do ano, de forma que os visitantes podem desfrutar de um mergulho nesse local incrível em qualquer época.

14. Las Grietas, Ilhas Galápagos, Equador

piscinas naturais locais para nadar 14
 
Uma das piscinas naturais mais incríveis das ilhas Galápagos, Las Grietas é uma série de fendas vulcânicas que foram formadas durante o resfriamento de lava derretida. Os visitantes podem descer essas fendas e nadar no local, onde é possível observar dois níveis muito distintos de água: doce na superfície e salgada no fundo.

15. Piscinas de Oheo, Maui, Havaí

piscinas naturais locais para nadar 15
 
As piscinas de Oheo fazem parte do Parque Nacional de Haleakala, em Maui, e são compostas de cascatas e buracos para nadar em um cenário de tirar o fôlego. Algumas são mais isoladas que outras e requerem uma caminhada em meio a paisagens deslumbrantes, mas os visitantes dizem o esforço é recompensado com o seu próprio paraíso particular. [Weather]

As formigas capazes de proteger a entrada do formigueiro com a cabeça

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/36/27/3d/36273db9387e681e762539761abc4fdb.jpg

As formigas da espécie ‘Cephalotes varians’, conhecidas por muitos como formiga tartaruga ou formigas-cabeça-de-soldado, são animais que possuem a cabeça com um formato de disco, o que serve para fechar a entrada de formigueiros.Endêmicas nas florestas da América do Sul, as formigas deste gênero, principalmente as Neotropicais, habitam as cavidades pré-existentes em árvores e galhos.

http://www.pages.drexel.edu/~jar337/includes/img/research/cephalotes_membracid.jpg

https://laurenmnichols.files.wordpress.com/2014/08/20130928-img_8073-edit.jpg?w=450&h=674&crop=1

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/36/27/3d/36273db9387e681e762539761abc4fdb.jpg

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/3/34/Cephalotes_atratus_casent0010676_head_1.jpg

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2016/05/21e41-turtleants1.jpg

Página no Instagram retrata o lado mais colorido de Instabul

https://i0.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/03/cores-istambul.jpg

As cores deixam o mundo mais bonito e em Istambul, na Turquia, está uma porção delas. Retratando o lado mais colorido da cidade, o fotógrafo turco Yener Torun tem um Instagram que é um verdadeiro colírio para os olhos, mostrando um cenário urbano totalmente diferente do que chamamos de “selva de pedra”.

As fotos vibrantes de Torun revelam ainda que a capital turca vai muito além do que imaginamos por seus atrativos turísticos. “Basta pensar nas fotos de Istambul que você já viu antes: grandes mesquitas, ruas antigas, gaivotas sobre o (canal do) Bósforo. Eu mostro um lado completamente diferente. Mesmo residentes de longa duração não conseguem acreditar que estas fotos foram tiradas na cidade em que vivem”, escreveu.

Realmente, os cenários fogem do lado mais tradicional e nos leva a novos caminhos. Outra coisa notável é a simetria e os padrões que as fotografias carregam, onde tudo é milimetricamente pensado. Prédio pintado com as cores do arco-íris, parede de poás e detalhes fascinantes da arquitetura dominam o instagram de Torun, que atualmente tem mais de 80 mil seguidores. É apaixonante!

cores-istambul20

cores-istambul19

cores-istambul18

cores-istambul17

cores-istambul16

cores-istambul15

cores-istambul14

cores-istambul13

cores-istambul12

cores-istambul11

cores-istambul10

cores-istambul9

cores-istambul8

cores-istambul7

cores-istambul6

cores-istambul5

cores-istambul4

cores-istambul3

cores-istambul2

cores-istambul

Todas as fotos © Yener Torun

Os incríveis (e sinistros!) bolos da enfermeira que passa os tempos livres fazendo arte na cozinha

A ideia de que o prazer de comer começa pelos olhos, e que o aspecto visual de um prato é fundamental para o seu deleite, não interessa à confeiteira Katherine Dey. Muito pelo contrário: seus bolos são pensados pela contradição de uma comida deliciosa que, no entanto, reproduz algo tão intragável quanto um cérebro humano, intestinos ou um rato morto.

Não por acaso, Katherine não é confeiteira de profissão – seus sinistros bolos são, na realidade, seu hobby. Sua real profissão condiz completamente com o universo de órgãos, pedaços humanos, cadáveres e outras escatologias que ela retrata em seus bolos: Katherine é enfermeira no estado de Nova Iorque, nos EUA.

BOLO4

Entre o asco visual e o prazer do paladar, os bolos de Katherine provocam reações diversas. “Eu gosto de fazer as pessoas sentirem duas coisas conflitantes ao mesmo tempo”, ela diz. “As reações costumam ser fortes. Algumas pessoas adoram, outros ficam um pouco enojados”. Ela garante, porém, que mesmo enojadas, ninguém jamais se recusou a comer um pedaço.

Parece apetitoso? Não, não parece – e essa é justamente a ideia.

BOLO2

BOLO3

BOLO10

KatherineCake2

BOLO8

BOLO9

KatherineCake1

BOLO11

BOLO7

BOLO5

KatherineCake3

BOLO1

Todas as fotos © Katherine Dey