Porque esse hospital abriu uma exceção e permitiu que cães visitassem um bebê

Desde que nasceu, a pequena Nora, de cinco meses, convivia com os cães Grympy e Gracie, da raça Basset Hound. Os animais tinham 8 anos e se afeiçoaram rapidamente à menina, assim como haviam se afeiçoado aos seus pais Jonh e Mary Hall.

Porém, no dia 6 de abril, Nora teve um AVC, com apenas cinco meses de idade. A menina, que sempre havia sido saudável, foi levada ao Hospital Infantil de Minneapolis, nos Estados Unidos, onde permaneceu por três semanas até que os médicos trouxeram aos pais a pior das notícias: Nora não sobreviveria.

Quando perguntaram à mãe se ela teria um último pedido, ela solicitou que os cães fossem visitar a menina no hospital para se despedir. Ela queria evitar que os animais ficassem procurando Nora pela casa sem entender o que havia ocorrido, além de permitir que a filha passasse seus últimos momentos junto aos amigos caninos.

Após entender a história, o hospital permitiu que os animais ficassem ao lado da bebê, que faleceu no dia 2 de maio.

nora1

nora2

nora3

Fotos © Mary Hall

nora4

nora5

nora6

nora7

nora8

Fotos: Reprodução Facebook/Nora Hall, Miracle Baby

nora9

Foto © Mary Hall

5 comentários

  1. Pingback: Links To Some Uplifting Posts (6-13-2016) – My Daily Musing

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s