Este jovem entrou na zona proibida de Fukushima e fez imagens inéditas e impactantes

O cenário é apocalíptico e fantasmagórico, como se a população de uma cidade inteira tivesse simples e subitamente abandonado o que estavam fazendo e fugido, largando tudo para trás. Assim permanecem as cidades dentro da zona vermelha de exclusão, no Japão, próximas à usina de Fukushima, depois do terremoto seguido de uma tsunami que assolou o país. Pela primeira vez, as regiões de Okuma, Futaba e Namie foram fotografadas hoje em dia. E tudo permanece lá, intacto, como se a qualquer momento os locais fossem ser arrumados para voltarem a funcionar.

Fukushima19

Quem realizou a arriscada proeza de visitar esses locais e fotografa-los foi o jovem Keow Wee Loong, que arriscou a própria vida para entrar nessa zona proibida. A sensação imediata, segundo ele conta, foi de ardor nos olhos e um espesso cheiro químico no ar, mesmo com a máscara de proteção. Loong entrou no local sem autorização, de madrugada através de uma floresta, com nada além de um GPS e do Google Maps.

Fukushima15

A região foi evacuadas assim que o alarme do tsunami ecoou, o que fez com que fosse abandonada perfeitamente como estava. Por isso é ainda possível encontrar comida, roupas, computadores, produtos diversos e dinheiro ao alcance das mãos. Horas depois da evacuação, a explosão na usina ocorreu.

Fukushima4

Segundo ele, caminhar por uma cidade abandonada e pouquíssimo visitada nos últimos cinco anos foi como um estranho sonho infantil, de se estar sozinho em um supermercado e poder comer o que quiser – mas, é claro, no sonho não existe o altíssimo nível de radiação que ainda permanece na zona vermelha de exclusão. Entre o fantástico e o terror, é como se lá a radiação tivesse impedido o tempo de passar.

Fukushima23

Fukushima22

Fukushima21

Fukushima20

Fukushima18

Fukushima12

Fukushima13

Fukushima14

Fukushima16

Fukushima17

Fukushima11

Fukushima10

Fukushima8

Fukushima7

Fukushima6

Fukushima2

Fukushima3

Fukushima4

Fukushima5

Fukushima9

Fukushima1

© Fotos: Keow Wee Loong

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s