5 bons motivos para conhecer São Miguel dos Milagres

https://scontent-lga3-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/13680789_1751694148440339_8760520621905426886_n.jpg?oh=6079a240a6d6cb137480c01804c261a1&oe=581A5C32

Já faz tempo que São Miguel dos Milagres ganhou o posto de queridinha de Alagoas, deixando para trás a famosa Maragogi. E não é difícil entender por quê: praias praticamente desertas, piscinas naturais para mergulhar e ver uma infinidade de peixes, natureza intocada e a possibilidade de conhecer o peixe-boi marinho, ameaçado de extinção, estão entre as atrações que fazem a sua fama. Veja aqui 5 programas imperdíveis, que são ótimo motivos para desfrutar deste paraíso, que ainda conserva os traços de uma pacata vila de pescadores.

Wikimedia Commons

Conhecer a praia do Patacho

Decorada por coqueirais, a praia do Patacho exibe um mar calmo de águas cristalinas e temperatura perfeita para banho. Quando a maré está baixa, os recifes formam piscinais naturais com tons esverdeados e azul-turquesa.  Você pode evitar a alta temporada e feriados caso queira caminhar por quilômetros sem avistar ninguém, entre abril e agosto, quando não chove e as temperaturas são amenas.

Patacho

Visitar o santuário do peixe-boi marinho

Em São Miguel dos Milagres você ainda pode conhecer o peixe-boi marinho, mamífero ameaçado de extinção, em seu habitat natural. O passeio, organizado pela Associação Peixe-Boi, começa com uma travessia pelo manguezal até alcançar as jangadas que percorrem o rio Tatuamunha. No caminho, guias especializados explicam tudo sobre o mamífero, que é dócil e adora socializar com os humanos.

Mergulhar nas piscinas naturais

São Miguel dos Milagres faz parte da área de proteção ambientar Costa dos Corais, e exibe piscinas naturais de águas límpidas, onde você pode mergulhar para conviver com a diversidade que habita o fundo do mar. Uma jangada motorizada te leva até as piscinas da praia do Toque e de São Miguel, onde é possível explorar os recifes com snorkel e ver diferentes espécies de peixes, como traíra, saberé, budião, batata e caraúna.

São miguel 2

Conhecer as praias da região

A natureza exuberante de São Miguel, a apenas 160km de Maceió, se mostra no encontro do rio com o mar na praia da Barra do Camaragibe, alcançada com a ajuda de uma travessia de barco. Se tiver fôlego, a partir dela, caminhe por cerca de 40 minutos até a praia dos Morros, adornada por falésias. Rodeada por quatro povoados que abrigam paraísos intocados, São Miguel também têm praias de fácil acesso, como a do Porto da Rua.

Marcos Maurilio Ribeiro - Flickr

Almoçar no restaurante da pousada Xuê

O passeio pela praia do Patacho fecha com chave de ouro com um almoço no restaurante da pousada Xuê. Ele é comandado por Guido Migliorini, proprietário do local, que já passou por renomadas casas paulistanas, como D.O.M e  Emiliano. Reserve com antecedência para conhecer suas criações gastronômicas, que levam ervas, hortaliças e frutas colhidas diretamente da horta e produtos regionais fresquinhos.

Lousa

Fotos: Luiza Ferrão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s