Fotográfo brasileiro faz sucesso com fotos debaixo d’água em lugares exuberantes

 

Com mergulhos de dar inveja em lugares exuberantes que só o Brasil tem, o fotógrafo Bruno Bezerra tira fotos incríveis debaixo d’água, unindo belezas naturais com seu talento nato para clicar paisagens e pessoas submersas.

Diretamente do Rio de Janeiro, o brasileiro tem chamado a atenção nas redes sociais, em especial no Instagram, onde as fotos são um sucesso. São mais de 40 mil seguidores de olho nas suas fotos que expressam momentos divertidos ou artísticos, sob o movimento das águas. Bezerra está sempre rodeado de pessoas, sejam amigos ou modelos, para tirar as fotos em águas cristalinas.

Entre os equipamentos utilizados está o Dome, que antes só existia para câmeras profissionais DSRL. O acessório acoplado a uma câmera GoPro cria o “efeito aquário” das imagens, que em grande parte mostram a borda da água dividindo a cena submersa e a normal. Esta ficou sendo sua marca registrada, que é levada para ensaios profissionais e acaba atraindo grandes clientes, como a Seleção Brasileira de Nado Sincronizado e o surfista Gabriel Medina.

As fotos foram feitas em lugares como Bonito, Arraial do Cabo e Ilha Grande. A vontade de nadar e se divertir o dia todo já está tomando conta por aqui. Ah, o verão…

bbzerra

bbzerra2

bbzerra3

bbzerra4

bbzerra5

bbzerra6

bbzerra7

bbzerra8

bbzerra9

bbzerra10

bbzerra11

bbzerra12

bbzerra13

bbzerra14

bbzerra15

bbzerra16

bbzerra18

bbzerra19

Todas as fotos © Bruno Bezerra

Anúncios

Pesquisadora brasileira produz abacaxis sem agrotóxicos que são vendidos a R$1

Há um ano e meio uma pesquisadora da Universidade Federal do Tocantins vem estudando a possibilidade de cultivar abacaxis orgânicos, isto é, sem o uso de agrotóxicos para enfrentar as pragas. E, nesta semana, cerca de 700 frutas foram colhidas.

Segundo a doutoranda Camila Martins Malta, o objetivo é encontrar formas de cultivo seguras, que protejam os abacaxis das doenças, mas também não representem nenhum risco à saúde de quem come. Assim, ela testou alternativas naturais de manejo, sem apelar para os produtos químicos.

abacaxi_3 

Para os testes, os pesquisadores dividiram um terreno emprestado por um produtor rural. Ele cultiva abacaxis com agrotóxicos em outra área do local, por isso as comparações entre as frutas ficam mais justas. Segundo Camila, as frutas orgânicas têm o mesmo tamanho e sabor das outras.

Para comemorar a colheita, os 700 abacaxis foram vendidos na Universidade por 1 real cada. Todo o dinheiro foi doado para instituições de caridade. Camila comenta que a produção sem agrotóxicos pode ser até mais barata que a com, mas que os produtos orgânicos costumam ser mais caros por uma questão de mercado. Isso significa que não é provável que esse preço se mantenha quando chegar a hora de o consumidor comum comprar. Vai entender…

abacaxi 

aabacaxi 

Todas as fotos © Camila Martins Malta

‘Acampando com gatos’ é a conta de Instagram do momento para os aventureiros de plantão

https://scontent.fgig1-3.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/13627233_1752129388396815_5602868531522420268_n.jpg?oh=affed334f806fb472a5e977a9c9ec8d1&oe=58310760

Os apaixonados por acampar costumam ter também outra paixão em comum: a natureza. E, se é para ficar em meio a ela, não tem motivos para não levar o seu animal de estimação!

Se há tempos era comum ver gente acampando com cachorros, agora os felinos também conquistaram seu lugar nas áreas de camping mundo afora. É o que mostra a conta no Instagram Camping with Cats (“Acampando com gatos”, em inglês), que já reúne mais de 68 mil seguidores.

gato7

Através da rede social são compartilhadas diversas imagens de quem adora levar seu gatinho junto para qualquer aventura. Se envolver alguns dias de acampamento ao ar livre, melhor ainda! Pelas expressões dos bichanos nas fotos, eles não parecem nada incomodados com a ideia.

Vem ver:

gato1

gato2

gato3

gato4

gato5

gato6

gato8

gato9

gato10

gato11

gato12

gato13

Todas as fotos © Camping with Cats

Eles viajaram o mundo para captar a diversidade de estilos e o resultado é maravilindo

https://scontent-lga3-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/13782202_1752523768357377_2336479302711434639_n.jpg?oh=739a3ac7171b5678feeefa341b80a830&oe=582D862D

O que é ter estilo para você? Pode ser uma atitude, uma maneira de combinar roupas ou aquela coisa que você não sabe nem como explicar, mas o certo é que todo mundo reconhece quando vê alguém estilosão por aí!

Foi em busca dessa diversidade de estilos que Marcela Makarova e Philippe-Henry saíram para dar uma volta ao mundo em 80 estilos – em uma clara alusão à obra de Júlio Verne. Desde 2012, eles percorrem o mundo buscando pessoas que fazem seus olhos brilharem e as fotografam. As descobertas são compartilhadas através da conta do Instagram do casal: Around The World in 80 Styles.

Eles lembram que o estilo de cada pessoa contém também a história de sua cultura e das influências estrangeiras a qual ela está exposta. Por isso mesmo, as fotografias capturadas pelo casal são ainda mais cativantes.

Vem ver:

estilo1

estilo2

estilo3

estilo4

estilo5

estilo6

estilo7

estilo8

estilo9

estilo10

estilo11

estilo12

estilo13

estilo14

estilo15

Todas as fotos © Around The World in 80 Styles

Cidade-fantasma nos Estados Unidos é colocada à venda

Se você é chegado em um filme de terror ou suspense pode ficar bem animado ao saber que nos Estados Unidos é possível comprar sua própria cidade-fantasma. A pequena Cabin Creek, no Colorado, fica a 45 minutos de Denver, e está sendo vendida por U$$ 350 mil (pouco mais de R$ 1 milhão na cotação atual).

creek_interna

Segundo o anúncio publicado no site Craiglist, o terreno possui cerca de dois hectares e inclui uma série de ‘atrações’. Um posto de gasolina desativado, um motel abandonado com oito quartos, um restaurante-café à beira da estrada, um estacionamento de trailers com oito vagas, duas casas e um campo para prática de tiro.

03

Além de muito espaço e tranquilidade, os interessados na cidade também podem ficar despreocupados com o quesito segurança. O terreno é todo equipado com sistemas de alarme e nem mesmo seres fantasmagóricos aparecem por lá.

De acordo com informações do anúncio da venda, os donos querem se desfazer da ‘peculiar’ propriedade pelo desejo de viajar o mundo.

02