Por falta de recursos, Parque Serra da Capivara fecha as portas

https://i0.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2016/08/Parque_INTERNA.jpg

Certas notícias, ainda que supostamente pequenas diante da avalanche de grandes problemas que costuma nos atropelar diariamente, quando vistas com atenção, parecem significar o horroroso trato com que cuidamos do próprio planeta em que vivemos. Nesta terça-feira a pesquisadora Nièden Guidon comunicou à UNESCO que deixará a presidência da Fundação Museu do Homem Americano, no Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí. O motivo é inacreditável: por falta de recursos, o parque fechará suas portas.

Parque2

Paredões do Parque Nacional da Serra da Capivara. Foto: Joaquim Neto

Localizado em São Raimundo Nonato, no sul do Estado, o parque abrange quatro municípios em mais de 130 mil hectares. Segundo a Fundação, responsável pela manutenção do local, desde 2014 que os cofres não recebem fundos suficientes para manter o patrimônio.

Parque6

A pesquisadora Nièden Guidon

A pesquisadora Nièden Guidon

Assim, com a decisão de Nièden, a partir de hoje, quinta-feira, o parque não poderá mais receber turistas – o que impactará na já combalida economia local – que é reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade, possuindo a maior concentração de pinturas rupestres do mundo, com vestígios datados de mais de 50 mil anos.

Parque3

Parque1

“É lamentável, dediquei a minha vida aqui no parque, mas se o governo federal não reconhecer a importância do local não adianta”, afirma a pesquisadora. A visita do ministro interino do meio ambiente, Sarney Filho, ao parque três meses atrás acendeu alguma esperança, mas desde então nada aconteceu.

Parque7

Parque5

Sem verbas, estrutura, viaturas e infraestruturas gerais do parque, a manutenção do patrimônio torna-se impossível – assim como torna-se impossível a paciência da população com os mandos e desmandos federais, a falta de cuidados com o próprio país e seus trabalhadores e, pelo visto, será igualmente impossível um futuro que não seja cinza e árido, em oposição ao verde coração ecológico e cultural que pulsa cada vez mais fraco.

Parque4

© fotos: divulgação

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s