Destinos baratos para planejar sua próxima viagem

https://i2.wp.com/nomadesdigitais.com/wp-content/uploads/2016/08/destaque_lista.jpg

Está fazendo planos para uma viagem? Se a ideia é conhecer algum novo país, mas com opções que não te levem a falência, você precisa abrir os olhos para novos lugares. Vários países na Ásia, África, América do Sul e Europa oferecem baixos custos de acomodação, alimentação e transporte público e são excelentes destinos para viajantes brasileiros. Confira a lista elaborada pelo site Skyscanner.

Bangkok, Tailândia

bangkok

A riqueza cultural de Bangkok, misturada ao caos urbano (tipicamente proporcionado por cidades do sudeste asiático) e aos preços baixos, transformam a capital tailandesa em um destino imperdível para os viajantes mais aventureiros.

Além dos templos budistas, palácios e feiras populares, Bangkok é um ótimo ponto de partida para visitar as praias mais bonitas da Tailândia como Railay Beach, Maya Bay e Koh Phi Phi. A forte presença de companhias aéreas low-cost na região permite que os viajantes se desloquem entre cidades pagando pouco e conhecendo lugares incríveis!

Kathmandu, Nepal

Kathmandu

Pode-se dizer que as grandes atrações de Kathmandu se concentram nas três grandes praças Durbar, chamadas de “Praças Reais”. A principal está localizada no centro da cidade e está repleta de palácios e templos. Para conhecer essas praças é necessário pagar uma taxa para fins de preservação – esse é um dos únicos gastos que podem encarecer a sua viagem.

O centro gastronômico e de hospedagem está localizado no distrito conhecido como Thamel, ao norte da Praça Durbar. Aqui você encontra hotéis absurdamente baratos (a partir de R$ 11), além de inúmeros bares e restaurantes.

Cartagena das Índias, Colômbia

cartagena

Importante porto no período colonial, Cartagena é uma simpática cidade. Dentro dos muros da Ciudad Amurallada, é possível observar construções históricas muito bem preservadas, percorrer suas ruelinhas, além de apreciar o colorido dos prédios e as varandas repletas de flores – não faltam motivos para conhecer Cartagena!

Considerada um dos destinos caribenhos mais baratos, até mesmo na alta temporada os preços são acessíveis para brasileiros. Espere gastar entre R$ 8 e R$ 15 nas refeições, e pagar a partir de R$ 30 na acomodação.

Cairo, Egito

cairo

Cairo é um daqueles lugares que transportam você para dentro dos livros de história, mas que em pouco tempo já trazem você de volta à realidade, bem no centro do furacão de pessoas e de vendedores. Mas não se preocupe: a simpatia dos moradores locais fará você se acostumar com a muvuca e querer conhecer mais o Egito.

Apesar de caótica, a cidade tem muitos pontos turísticos belíssimos! As mesquitas resplandecentes, museus, grandes avenidas, palácios do século 19, tudo isso tendo como plano de fundo as pirâmides de Gizé.

Quito, Equador

quito

Localizada a 2.800 metros de altitude, Quito é a segunda capital mais elevada do mundo, atrás apenas de La Paz, na Bolívia. Por aqui existem apenas duas estações o ano todo: o verão (a estação seca) e o inverno (a estação chuvosa), o que garante uma temperatura média de 22ºC durante o ano.

Mesmo que a moeda usada no Equador seja o dólar estadunidense, as coisas por aqui são baratas. Em Quito, considere gastar com almoço ou jantar entre R$ 7 e R$ 25, dependendo do estabelecimento que você escolher. A passagem de ônibus na capital equatoriana é uma barbada: custa apenas R$ 1,10.

Budapeste, Hungria

budapeste

Com certeza, Budapeste é um dos destinos mais baratos para visitar na Europa! O curioso é que a capital húngara surgiu da união de duas cidades diferentes, Buda e Peste, separadas fisicamente pelo rio Danúbio. As pontes que unem um lado ao outro do rio são belíssimas, e o charme da cidade, indescritível.

Conheça o Parlamento e o Castelo de Buda, cartões postais da cidade, e delicie-se nos bairros mais boêmios com comida e cerveja a preços módicos (com R$ 15 é possível fazer uma refeição completa por aqui). A acomodação é o que há de mais barato: a partir de R$ 30 você encontra hostels e, partir de R$ 70, hotéis três estrelas.

Luang Prabang, Laos

luang_prabang

Um dos lugares mais fascinantes no Sudeste Asiático, seja por suas belezas naturais, seja por sua cultura, Luang Prabang está localizada entre dois rios, o rio Mekong e rio Nam Khan, que, além e emoldurarem a cidade, são fonte de sustento do povo local. A cidade, considerada Patrimônio Mundial segundo a UNESCO, é um lugar que parece ter parado no tempo.

Aqui é possível visitar templos e participar de cerimônias budistas, fazer trekking nas montanhas, passear com elefantes, conhecer as inacreditáveis cachoeiras de Kuang Si e o surpreendente mercado noturno da cidade. Em relação aos preços, espere gastar cerca de R$ 20 em hostels ou guesthouses, e R$ 35 em hotéis melhores. Com alimentação, considere gastar entre R$ 7 e R$ 16.

Hanói, Vietnã

hanoi

Ao viajar de avião, chega-se no país principalmente por duas grandes cidades: Hanói, a capital vietnamita, ao norte, e Ho Chi Minh, maior cidade e centro comercial do país, ao sul.
Não faltam razões para visitar o Vietnã: ambos destinos proporcionam um mergulho na história do país, por meio de bons museus e de antigas construções, e encantam turistas com as belezas naturais das praias locais.

Falando em praia, Hanói está a 3 horas de viagem de um dos pontos turísticos mais procurados do Vietnã, a Halong Bay, um cenário paradisíaco. Na capital, a comida local é extremamente barata, principalmente se comprada nas barraquinhas de rua: um prato pode custar menos de R$ 4. Refeições completas em restaurantes turísticos normalmente custam entre R$ 6 e R$ 9.

Zanzibar, Tanzânia

zanzibar

O Arquipélago de Zanzibar é composto por duas ilhas: Zanzibar (ou Unguja) e Pemba. Localizadas na margem leste africana, as ilhas são consideradas um estado semiautônomo da Tanzânia. Por aqui o turismo veio com tudo nos últimos dez anos, fazendo com que os preços aumentassem bastante – mesmo assim, os valores ainda são razoáveis para turistas brasileiros.

Zanzibar é um destino paradisíaco, com praias de areia branca e águas cristalinas esverdeadas. Charmosa, a cidade é repleta de ruelinhas, por onde se espalham cores e cheiros de especiarias.
Não existem hostels por aqui, mas pequenos hotéis oferecem quartos com banheiro compartilhado por R$ 40. Há muitos resorts na região e se você puder pagar, vale a pena investir no conforto.

Pequim, China

pequim

Pequim, ou Beijing, é o centro político, cultural e intelectual da China. Com uma história incrível, a cidade é considerada Patrimônio Mundial da UNESCO, justamente por seus museus a céu aberto, como a Cidade Proibida, a Grande Muralha ou o Palácio de Verão.

A China é a potência que mais cresce a nível mundial e, no quesito turismo, se desenvolveu, principalmente, para receber os viajantes nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. O transporte público custa menos de R$ 2, e almoços e jantares ficam entre R$ 10 e R$ 30 – comer nas barraquinhas de rua e provar especialidades chinesas faz parte da aventura.

Cidade do México, México

cidade_do_mexico

Além do belíssimo e famoso litoral, o México também reserva belos passeios em sua capital. Mesmo sendo uma cidade grande, a Cidade do México proporciona ao viajante a vivência da cultura asteca e da história do país, por meio de interessantíssimos museus e belos prédios históricos – grande parte deles a preços acessíveis ou até mesmo gratuitos.

Não deixe de provar os sabores da culinária mexicana nas tradicionais barraquinhas de rua, onde é possível encontrar pratos bem servidos por até R$ 10.
Se sobrar uns dias sem programação, nada impede que você inclua no roteiro mais alguns destinos para curtir a diversidade mexicana e os tons azuis do mar caribenho – mas prepare-se para gastar um pouco mais no litoral.

Riviera Albanesa, Albânia

riviera_albanesa

Ainda longe do turismo massificado, o litoral albanês é considerado “a próxima Croácia”, de tão belas que são suas praias. Aproveite para curtir os mais de 50 km entre Dhërmi e Lukovë, conhecidos também como Riviera Albanesa, cercados por pedras claras e banhados por águas verde-turquesa cristalina.

A Albânia surpreende os viajantes ávidos por destinos pouco conhecidos, não só por sua história e belezas naturais, como também pelo preço das acomodações e refeições diárias: considere gastar R$ 15 em uma refeição completa, R$ 70 em apart-hotel. Em determinados pontos do percurso, é possível encontrar acomodações mais simples por preços mais em conta.

Fonte/Imagens: Skyscanner 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s