Esse cara tem apenas 3 camisetas, 3 calças, 4 pares de meia e vive muito bem obrigado



Se olharmos agora ao redor, a maioria de nós se verá rodeada de objetos e posses que não utilizamos e que não precisamos possuir. Roupas que não mais vestimos, livros que nunca lemos ou que não leremos mais, aparelhos que não ligamos, utensílios, cacarecos, adornos, objetos decorativos, lembranças e tralhas que na realidade não fazem diferença alguma em nossas vidas. O que os participantes do movimento Minimalista tem feito no Japão é justamente se livrar desses objetos que não são fundamentais.

MINIMA5 
Fumio Sasaki é praticante do minimalismo, e possui ao todo somente 150 objetos em sua vida, e está satisfeito assim. Seu armário é composto de 3 camisas, 3 calças e 4 pares de meias.O movimento minimalista está em alta no Japão e, inspirado na filosofia zen budista, além de trazer felicidade aos que o praticam, possui propósitos práticos: reduz o risco de ferimentos e perdas em caso de um terremoto.
MINIMA3 
Segundo Fumio, antes ele vivia uma vida sempre frustrada pelo que ainda não possuía; agora ele de fato desfruta do pouco que tem, e se despiu de tais ansiedades permanentes.
MINIMA10 
MINIMA6 
Para os mais dedicados, o movimento não se resume ao que você possui. Naoki Numahata é um dos participantes que pratica também o minimalismo sonoro – evitando o excesso de ruídos até mesmo ao se mover. Para ele, as duas coisas estão conectadas, e seus movimentos se tornaram mais graciosos e prazerosos. Agora, novamente olhe ao seu redor e repense: do que você realmente precisa?
MINIMA9 
MINIMA8 
MINIMA7 
MINIMA4 
MINIMA2 
MINIMA1 
MINIMA11
© Fotos: Thomas Peters/Reuters

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s