Casal de veterinários embarca em jornada para salvar chimpanzés infectados abandonados por laboratório

https://scontent-grt2-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14479674_1780657595543994_2694342378871070099_n.jpg?oh=86fb55fdf66519ee2defa7ec64c60fb1&oe=5871A384

Durante 31 anos um laboratório e banco de sangue americano chamado NYBC realizou um experimento a céu aberto com dezenas de chimpanzés, inoculando alguns vírus nos animais, a fim de desenvolver vacinas. Para além do debate sobre a necessidade ou não de se realizarem tais experimentos com animais, o NYBC, quando encerrou as atividades, garantiu que se responsabilizaria pelos custos para o bem estar dos pobres bichos, localizados em uma ilha na Libéria, oeste da África. Com o passar do tempo e o aumento dos custos (cerca de 20 mil dólares mensais), o laboratório em março de 2015 cancelou a manutenção – e pior: no momento em que o país está atravessando um surto de ebola.

chimp4

Um casal de especialistas em grandes primatas resolveu então se sobrepor às questões diplomáticas e éticas que burocratizavam o dilema. Jenny e Jim Desmond embarcaram para Libéria com o apoio da The Humane Society, para oferecer a devida assistência aos primatas. Uma das maiores dificuldade é o fato de não poderem reintroduzir os animais à vida silvestre, por não saberem quais estão infectados com doenças.

chimp3

Hoje vivem atualmente 63 animais na ilha – estima-se que 30 chimpanzés adultos tenham morrido. O casal examina e medica os animais, além de oferecer hormônios para que não se reproduzam, pois um surto de natalidade pode piorar suas condições e espalhar ainda mais as doenças. Os primatas já melhoraram suas dietas e saúde desde a chegada do casal, que trabalha junto com ex-funcionários do laboratório americano.

chimp1

Os dois especialistas garantem que não só o laboratório deveria manter a qualidade de vida dos animais, como sabia que chimpanzés possuem vida longa, passando dos 60 anos. Se os experimentos com animais são ou não necessários ou substituíveis, esse é um debate fundamental. O que não tem discussão é o absurdo da crueldade humana – para essa, muitas vezes, não há vacina que salve.

chimp2

© fotos: Jenny Desmond/Jim Desmond/Getty Images

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s