5 casamentos na praça que provam que é preciso de pouco para celebrar o amor

Quando falamos em casamento, a maioria das pessoas já pensa em grandes festas, daquelas que costumam doer no bolso. Afinal, o mercado de casamentos virou uma verdadeira máquina de fazer dinheiro, movimentando aproximadamente R$15 bilhões ao ano somente aqui no Brasil.

É um universo onde todo tipo de extravagância é possível, desde show de cantores famosos até bebidas servidas por drones. Acabamos transformando o amor em um verdadeiro evento social, onde os convidados passam das centenas, sendo que algumas vezes muitos deles nem conhecidos pelos noivos são.

E um dos grandes investimentos feitos para a festa, muitas vezes atrás apenas do almoço/jantar e bebidas, acaba sendo o local onde ela será realizada. Fazendas, clubes, buffet luxuosos e até castelos costumam absorver 10% da verba dos noivos, em média. Por conta disso, e pensando também em cerimônias mais aconchegantes e minimalistas, muitos noivos têm recorrido a lugares alternativos para celebrar o amor, como a utilização dos espaços públicos.

Mas, quando falamos em espaço público, você imagina logo uma praia? Ledo engano! O queridinho do momento pelos pombinhos apaixonados vai te surpreender: são as boas e velhas pracinhas. Isso mesmo, aquele lugar perto do trabalho que você costuma ir para matar o tempo restante do almoço, ou então aquele pertinho da sua casa, onde está lotado de crianças nos fins de semana.

Casar em uma praça não envolve nenhum custo de locação, porém, é preciso ficar atento as regras de cada cidade, se informando na prefeitura sobre autorizações e licenças necessárias. E é bom se prevenir e não contar com a boa vontade dos fiscais do local ou de guardas municipais. Guarde e leve consigo todos os documentos, para não haver nenhum tipo de contratempo no grande dia.

Abaixo, separamos alguns casamentos incríveis realizados em praças públicas, recheados de amor para você se inspira.


Samantha & Fabio – Praça da Igreja Perpétuo Socorro, em São Paulo

Samantha, uma conhecida assessora de imprensa da capital paulista, conta que queria um casamento menor e diferente de tudo o que já tinha visto por aí. Ela e o noivo gostavam da ideia de casar ao ar livre, mas não queriam fazer a festa fora de São Paulo para não dar trabalho aos convidados. Foi quando pensaram, por que não casar numa praça?! A cerimônia, que foi realizada por amigos do casal, contou com muita pipoca, sorvete, docinhos, águas saborizadas e champanhe.

“Não queríamos nada grande, nada fechado. Por isso escolhemos um local com vegetação, área verde, espaço livre para crianças. Queria que minha celebração fosse algo prazeroso para todos e acho que uma pracinha agrada a todo tipo de pessoa”, contou Samantha.

382251247_big 

382283550_big 

beijo-noivos 

casamento-moderno 

mesa-de-doces 

382247838_big 

Fotos © Carola Montoro


Ana Helena & William – Praça Dolores Ibarruri (Praça das Corujas), em São Paulo

O casamento da Ana e do William aconteceu numa praça conhecida dos paulistas, a Praça das Corujas. Após a cerimônia, foi servido bolo e espumante para os 120 convidados, além de um mix de castanhas elaborado pela própria noiva, que também fez toda a identidade visual do casamento, além da sua própria maquiagem e cabelo. Mas, para a organização da festa e a decoração do dia, Ana conta que optou por contratar uma assessoria, que já tinha realizado outro casamento na mesma praça. Assim, ficaria livre no dia para apenas curtir sua festa! #ficadica

“A assessoria foi essencial pois não tínhamos ideia de como funcionava uma cerimônia de casamento e foram elas que decoraram toda a praça, já que o casamento foi num domingo de manhã e não teríamos como decorar a praça e depois nos arrumarmos!”, disse a noiva.

Casamento Ana Helena e Willian 

Casamento Ana Helena e Willian 

Casamento Ana Helena e Willian 

Casamento Ana Helena e Willian 

Casamento Ana Helena e Willian 

Casamento Ana Helena e Willian 

Casamento Ana Helena e Willian 

Fotos © Nivea Alves, Tatiane Nuvolari e Patricia Moreira


Carol & Marks – Praça do Papa, em Belo Horizonte

Essa celebração, além de ter sido num lugar alternativo, contou com um friozinho na barriga a mais: foi uma surpresa do noivo para a noiva. Carol achava que teria um simples casamento no cartório, mas Marks, o noivo, convidou amigos e parentes do casal para comparecerem a um dos cartões postais mais bonitos de Belo Horizonte, a Praça do Papa, sem que Carol soubesse de nada. Emocionante!

blogg-01 

blogg-02 

blogg-07 

blogg-08 

blogg-16 

Fotos © Frank Bitencourt


Letícia & Luís – Praça André Foster, em Porto Alegre

Letícia e Luís optaram por uma pracinha na frente da casa dos pais do noivo, já que a ideia era fazer a celebração no salão de festas de lá para, na sequência, todos comemorarem com um piquenique na Praça André Foster, em Porto Alegre. A ideia da festa na praça surgiu pelo fato dos noivos não concordarem com a quantidade de dinheiro que se gasta em um casamento tradicional, além de estarem economizando para a viagem de lua de mel: uma road trip de um ano pela América do Sul, tendo a festa servido também como uma grande despedida dos amigos e familiares. Para as lembrancinhas, eles optaram por distribuir mudas de plantas e temperos que foram colhidos do jardim do antigo apartamento em que moravam. Mais pessoal, impossível!

“O casamento foi a maneira perfeita de representar tudo o que sentíamos, nossa alegria e nervosismo pelo que estava por vir. Foi um jeito mágico de juntar todas as pessoas importantes para nós, além de podermos nos despedir para a lua de mel que terá duração de 1 ano.”, contou Letícia.

casamento-19 

IMG_3495 

IMG-20160110-WA0012 

IMG_3505 

IMG-20160110-WA0024 

IMG_3482
Fotos © Felipe Secco e amigos do casal

Silvia & Pablo – Saiu da Praça Horácio Sabino e foi até a Praça das Corujas, em São Paulo

Este casamento foi um verdadeiro bloco de Carnaval, que começou na Praça Horácio Sabino, onde a celebração foi feita, e percorreu várias ruas da cidade, até chegar na Praça das Corujas, onde foi realizada a festa. As madrinhas foram todas vestidas de fadas e, para a decoração, foi utilizada uma moldura de flores móvel, para acompanhar todo o trajeto da festa. No caminho havia bebidas, pipoca e algodão doce à disposição dos convidados, que receberam uma pulserinha personalizada para terem acesso aos comes e bebes.

“É muito emocionante pensar que cada amigo, com sua habilidade especial, deu sua contribuição pra festa. Foram músicos, cantores, fotógrafos, produtores, video maker, especialista de som, aqueles que cuidavam do trânsito pro bloco passar, grandes amigos que discursaram palavras de amor na hora da cerimônia, entre muitos outros!”, agradeceu a noiva, que é designer e também trabalha com casamentos.

1a7d93_9a7bf5d5546f454b9fc21eb906a46c7b 

casaval_6 

casaval_3-910x606 

EMI_1971 

bloco-bastardo-casamento-no-carnaval 

10371334_10152457227007881_1791119407386044019_o 

1902874_10204966499469002_1935937689509556842_n

Fotos © Emiliano Capozolli e João Gold

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s