Artista transforma bonecas comuns em réplicas de mulheres inspiradoras

Ainda em busca de brinquedos melhores para as crianças, Wendy Tsao embarcou em um novo projeto incrível, em que decidiu transformar bonecas comuns, encontradas em lojas de departamento, em inspiradoras mulheres da história.

Incomodada com a hiperssexualização das bonecas, que trazem corpos irreais e uma dose exagerada de maquiagem, Wendy repintou algumas delas, transformando-as em mulheres como a pintora Frida Khalo, a ativista Malala Yousafzai e até mesmo a escritora J.K. Rowling, conhecida pela série Harry Potter.

Segundo Wendy, bonecas não são apenas um elemento da brincadeira e uma forma de diversão, mas um objeto que representa conforto e inspiração para as crianças. Por que não, então, oferecer essa inspiração com algum dos maiores exemplos de inteligência e coragem da história?

Confira o resultado:

Frida Khalo – Pintora

bonecas-inspiradoras

Malala Yousafzai – Ativista

bonecas-inspiradoras2

J.K. Rowling – Escritora

bonecas-inspiradoras3

Waris Dirie – Modelo e ativista

bonecas-inspiradoras4

Roberta Bondar – Astronauta

bonecas-inspiradoras5

Jane Goodall – Antropóloga e primatóloga

bonecas-inspiradoras6

Todas as imagens © Wendy Tsao

Anúncios

As mais surpreendentes e premiadas fotos de drones no mundo todo

Drones mudaram o mundo da fotografia. Antes, apenas uns poucos artistas podiam fazer fotos aéreas incríveis, visto que era uma façanha cara.Já hoje em dia, graças a esses veículos não tripulados de baixo orçamento, mesmo amadores podem fazer belos cliques a partir de pontos de vista diferentes, resultando em imagens surpreendentes.
Pelo terceiro ano consecutivo, o site Dronestagram (que também possui uma página no Tumblr e um perfil no Instagram) realizou um concurso para prestigiar as melhores fotografias feitas com drones.Os vencedores deste ano foram selecionados com a ajuda do fotógrafo Patrick Witty, da National Geographic.
 Confira:

Terceiro lugar na categoria Natureza: Vulcão Piton de la Fournaise na Ilha da Reunião, no Oceano Índico

fotos com drones 1

Segundo lugar na categoria Natureza: Rebanho de carneiros em Marpod, Romênia

fotos com drones 2

Primeiro lugar na categoria Natureza: Floresta Kalbyris, na Dinamarca

fotos com drones 3

Terceiro lugar na categoria Desporto e Aventura: Snowboarding em Cordova, no Alaska

fotos com drones 4

Segundo lugar na categoria Desporto e Aventura: Nadadores em Cúcuta, na Colômbia

fotos com drones 5

Primeiro lugar na categoria Desporto e Aventura: Escalada em Moab, Utah, EUA

fotos com drones 6

Terceiro lugar na categoria Viagem: Playa de Amadores em Gran Canaria, na Espanha

fotos com drones 7

Segundo lugar na categoria Viagem: Passeio de camelo em Cable Beach, na Austrália

fotos com drones 8

Primeiro lugar na categoria Viagem: Basílica de São Francisco de Assis em Assis, na Itália

fotos com drones 9 

Esta ilha é um segredo bem guardado e tem mais pôneis que seres humanos

https://scontent.fgig1-4.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14494723_1785068768436210_2753083128729818662_n.jpg?oh=9f2d88f93352549ae88c22dc9d464b14&oe=58A14947

Algumas vezes, nós viajamos para conhecer outros lugares e entender mais sobre suas culturas e as pessoas que vivem na cidade. Porém, em outras oportunidades só pensamos em uma coisa: relaxar. E é isso que você poderá fazer nesta ilha com mais pôneis do que seres humanos.

<> on October 2, 2016 in Foula, Scotland.

Trata-se de Foula, considerada a ilha habitada mais remota de toda a Grã-Bretanha. Sua população é de aproximadamente 30 pessoas. Mas, além dos humanos, centenas de pôneis habitam a região, transformando a paisagem do lugar de uma maneira única.

FOULA, SCOTLAND - OCTOBER 02: A view of a property on the Island of Foula on October 2, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

Além dos pôneis, a ilha também resguarda belíssimos penhascos, colinas e uma incrível vida selvagem, como mostram as fotos capturadas por Jeff J Mitchell.

FOULA, SCOTLAND - SEPTEMBER 30: Building and telephone box on the Island of Foula on September 29, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people,and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

Mas não pense que será fácil visitar a ilha, já que para chegar até ela você terá que ir de balsa até uma ilha vizinha ou tomar um voo que sai poucas vezes por semana. Mesmo assim, dá para perceber que o passeio irá valer a pena, não acha?

FOULA, SCOTLAND - OCTOBER 01: Ponies run free on the Island of Foula on October 1, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

FOULA, SCOTLAND - SEPTEMBER 29: Sheep graze beside an old cottage on the Island of Foula on September 29, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people,and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

FOULA, SCOTLAND - SEPTEMBER 30: A view of Gaada Stack on the Island of Foula, September 30, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

FOULA, SCOTLAND - SEPTEMBER 28: The plane arrives from Tingwall airport at the Island of Foula airstrip on September 28, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

FOULA, SCOTLAND - OCTOBER 01: The New Advance ferry manned by residents leaves the harbour on the Island of Foula to take the Grear family ponies to a sale on Shetland on October 1, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

FOULA, SCOTLAND - OCTOBER 01: Ponies graze freely on the Island of Foula on October 1, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

FOULA, SCOTLAND - SEPTEMBER 30: Sunlight shines through the cliffs on the Island of Foula on September 30, 2016 in Foula, Scotland. Foula is the remotest inhabited island in Great Britain with a current population of thirty people and has been owned since the turn of the 20th century by the Holbourn family. (Photo by Jeff J Mitchell/Getty Images)

Todas as fotos © Jeff J Mitchell/Getty Images

A incrível ciclovia na Polônia que capta energia solar de dia pra iluminar o caminho dos ciclistas de noite

https://scontent.fgig1-4.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14495260_1785067665102987_3918120954361810538_n.jpg?oh=a78bc727dd17acd83956ba9ebd396a69&oe=58AE1D55

Esta ciclovia, na Polônia, não é apenas linda, mas sustentável! Localizada num caminho próximo a cidade de Lidzbark Warminski , é iluminada por fósforo, material sintético que acende após ser carregado pela luz solar. Foi criada pelo TPA Instytut Badan Technicznych Sp. z o.o e inspirada na Starry Night Bike Lane, ciclovia idealizada pelo Studio Roosegaarde.

ciclovia-3

Igor Ruttmar, presidente da TPA Sp. z o.o.,contou em entrevista ao Gazeta Wyborcza que o material da ciclovia pode emitir luz por até dez horas. Com isso, além de linda, ela torna-se mais segura para ser utilizada a qualquer hora. A sustentabilidade e rentabilidade dos materiais utilizados para a sua construção também foram avaliadas, já que ela custa mais do que as tradicionais. Sua durabilidade também está sendo testada, e cabe agora aos polacos e turistas desfrutar desse caminho único, junto `as suas magrelas!

ciclovia-1

ciclovia-2

Todas as fotos: Reprodução

O artista que transforma seus pesadelos em incríveis (e inquietantes!) ilustrações

 

Não existe nada pior do que acordar após um pesadelo forte e passar o dia inteiro se sentindo péssimo pela noite mal-dormida. Mas, para tudo na vida há uma maneira positiva de encarar as coisas – e com os pesadelos não poderia ser diferente. Foi assim que o artista digital Ryohei Hase decidiu transformar esses sonhos ruins em ilustrações inquietantes.

Sua arte gira em torno a ambientes escuros e um tanto mórbidos, mas que nem por isso deixam de ter sua beleza. “Às vezes, sonhos e pesadelos inspiram meu trabalho“, conta ele. O artista japonês já recebeu duas vezes o prêmio de Asia Digital Art Award – em 2003 e em 2006 – e continua mostrando o lado fantástico de seus pesadelos na internet.

Vem ver e perder o sono:

pesadelo1

pesadelo2

pesadelo3

pesadelo4

pesadelo5

pesadelo6

pesadelo7

pesadelo8

pesadelo9

pesadelo10

pesadelo11

pesadelo12

pesadelo13

pesadelo14

pesadelo15

Todas as fotos © Ryohei Hase