Playboy inova e deixa de ter mulheres nuas a partir do próximo ano

 

A revista Playboy, fundada em 1953 com Marilyn Monroe na capa de estreia, comunicou que sua edição estadunidense não publicará mais ensaios com mulheres nuas a partir de março 2016, de acordo com o presidente-executivo da companhia Scott Flanders.

O novo posicionamento da publicação se deu, principalmente, pelo advento da Internet. Eles alegam que não existe relevância em consumir pornografia por esta mídia quando se tem o mundo virtual: “Mesmo as revistas mais respeitadas como a Playboy, perderam seus valores comercial e de choque e sua relevância cultural“.

Segundo Flanders, o fundador e editor-chefe Hugh Hefner, de 89 anos, concordou com essa decisão no mês passado, quando o editor da revista Cory Jones sugeriu em parar de publicar imagens de mulheres nuas. A Playboy seguirá, então, publicando ensaios femininos sensuais, sem que suas modelos posem completamente nuas.

playboy1
Hugh Hefner com a 1ª edição da revista, de 1953, em mãos. Foto © Elayne Lodge

A polêmica publicação sempre foi alvo de críticas por parte dos feministas por abordar a nudez feminina sem critérios relevantes. Sua circulação caiu de 5,6 milhões de exemplares em 1975 para cerca de 800 mil em 2015. Jones alegou que outras mudanças virão por aí; uma mulher assumirá a coluna sobre sexo, por exemplo.

A própria Playboy lançou um comunicado oficial nesta terça-feira (13): “Os tempos mudam. […] Sim, nós estamos assumindo um risco ao fazer isso, mas esta é uma empresa – como todas as grandes empresas que têm o ‘risco’ em seu DNA […]. Nosso jornalismo, arte, fotos e ficção têm desafiado as normas, desafiaram as expectativas e agora precisam estabelecer um novo tom”.

Já por aqui, o diretor de redação da Playboy Sérgio Xavier informou que num primeiro momento essa mudança talvez não ocorra no Brasil: “Nós não recebemos nenhum informe ainda sobre essa orientação da Playboy americana. Não chegou nada para nenhuma das licenciadas. Eu tenho minhas desconfianças de que isso não vai acontecer num primeiro momento aqui no Brasil”.

E você, o que pensa de tudo isso? Deixa sua opinião nos comentários!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s