5 descobertas que não ganharam o prêmio Nobel, mas mereciam

marie
 

Muita gente não sabe, mas existe uma história, digamos, sombria, por trás do Prêmio Nobel. O prêmio existe desde 1901 e foi criado após a morte de Alfred Nobel. Talvez você não reconheça esse nome, mas se trata de ninguém menos do que o responsável por criar a dinamite. Os explosivos renderam a Nobel muito dinheiro e também causaram muito estrago.

Para tentar se redimir pelo seu invento mortal, o homem deixou em testamento toda a sua fortuna para a criação de uma entidade filantrópica responsável por premiar descobertas, estudos, obras de arte e iniciativas humanitárias. Nomes importantes como Marie Curie e Albert Einstein já receberam o Nobel por suas contribuições. No entanto, ao longo dos anos de existência do Prêmio Nobel, alguns trabalhos simplesmente geniais não foram premiados, mas bem que mereciam. A seguir você vai poder relembrar alguns deles.

1 – Tabela periódica

dimitri

A tabela periódica facilitou e muito o estudo da química mundo afora. A primeira tabela periódica dos elementos foi criada em 1869, por Dmitri Mendeléyev. Embora a sua criação tenha rendido bons frutos à química, o pesquisador não foi agraciado com o prêmio na sua categoria. Em vez de Mendeléyev, o ganhador do Nobel de Química à época foi Jacobus H. van ‘t Hoff, que estabeleceu os princípios da estereoquímica e da cinética química, descobertas que também foram importantes para a área.

2 – World Wide Web

www

Alguém duvida de que esse invento que mudou completamente as nossas vidas merecia o prêmio? A World Wide Web foi desenvolvida por Tim Berners Lee, que não recebeu o devido reconhecimento da comunidade científica. Lee é um físico britânico que leciona no MIT. O WWW criado por ele basicamente permitiu que documentos em hipermídia fossem executados na internet. Ou seja, permitiu que você usasse a internet como está fazendo agora.

 

3 – Matéria escura

materia

A descoberta de que a matéria escura realmente está presente no universo foi feita por Vera Rubin e Kent Ford nos anos 1970, depois que eles notaram que as estrelas nas bordas das galáxias giravam tão rápido quanto as localizadas no centro. Como era possível, afinal das contas, que elas se mantivessem “unidas”? A resposta foi a matéria escura, uma substância que não reflete luz, nem emite, além de não se relacionar de nenhuma maneira à matéria comum. A descoberta foi fundamental para o entendimento de como o universo funciona, mas não rendeu premiação aos pesquisadores.

4 – Genoma humano completo

genoma

A sequência completa do genoma humano foi concluída em 2001, graças ao trabalho da equipe Human Genome Project, liderada por Eric Lander. O resultado foi revolucionário e só foi possível graças a outro pesquisador, Craig Venter. Venter descobriu que a combinação de algumas técnicas permitiam conhecer o genoma completo de qualquer ser vivo, inclusive dos seres humanos.

5 – Morte do buraco negro

Originalmente se acreditava que os buracos negros eram tão massivos e poderosos que seriam imortais. No entanto, Stephen Hawking comprovou teoricamente que eles não eram mortais como se pensava. Como eles estão perdendo massa progressivamente acabam com uma explosão de raios gama. Como o feito não pode ser comprovado virtualmente, ele não rendeu a Hawking o Prêmio Nobel.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s