Foto: auroras e gêiseres no Parque Nacional de Yellowstone

auroras-e-geiser

Às vezes, tanto o céu quanto a Terra entram em erupção ao mesmo tempo, como nesta imagem magnifica feita pelo astrofotógrafo Robert Howell, que mostra uma bela aurora junto a uma pulverização de um gêiser.

Auroras e gêiseres

A fotografia capturou raras auroras coloridas que irromperam inesperadamente, com faixas verdes próximas ao horizonte e outras vermelhas florescendo mais alto no céu.Uma brilhante lua iluminou-se em primeiro plano na cena pitoresca, enquanto estrelas familiares podiam ser vistas ao longe.Com um certo planejamento, o astrofotógrafo cuidadosamente conseguiu fazer um clique perfeito do campo chamado White Dome Geyser conforme o gêiser entrava em erupção.

Parque Nacional de Yellowstone

O White Dome Geyser fica no Parque Nacional de Yellowstone, no oeste dos EUA. Cerca de metade de todos os gêiseres conhecidos do mundo ocorrem lá.

Gêiseres entraram em erupção pulverizando uma corrente de água e vapor muitos metros para o ar. Essa água é aquecida pelo escaldante magma vários quilômetros abaixo, e sobe através de fissuras de rocha até a superfície.

Embora a tempestade geomagnética que criou as auroras maravilhosas fotografadas tenha sido passageira, as erupções do White Dome Geyser continuam a cada 30 minutos. [NASA]

Las Vegas está sendo transformada – para melhor – pelas mãos destes incríveis artistas

https://scontent.fssa2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14938293_1799838823625871_9050092638922425580_n.jpg?oh=ca67980a94962ae333d80473f16b6461&oe=58A17E51
Pelo quarto ano consecutivo, artistas aterrizaram em Vegas para participar do festival Life is Beautiful, com curadoria de Charlotte Dutoit, da JUSTKIDS, uma rede de consultores, designers, curadores e artistas que criam eventos internacionais e mostras de arte.
Visando deixar a cidade mais bonita e colorida, eles foram chamados para eternizar o evento, que engloba música, cozinha, comédia e uma vasta lista de concertos e palestras, através da pintura e da escultura. Conheça aqui alguns desses trabalhos:
Martin Whatson, da Noruega
vegas-13
vegas-11
Foto: Krystal Ramirez
O polonês Betz:
vegas-12
Felipe Pantone, da Argentina
vegas-9
Os trabalhos da francesa Fafi  (na frente) e do americano Shepard Fairey (na lateral)
vegas-8
vegas-6 
vegas-5
O espanhol Dulk
vegas-4
Demais fotos: Shepard Fairey, Corporate Welfare

Fotógrafo visita abrigos pra retratar animais recém-nascidos e as imagens são de derreter qualquer coração

https://scontent.fssa2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/14610899_1797529007190186_2333357920734840440_n.jpg?oh=7315a197d407e8bf06a595cb4a78f64c&oe=58A8B4AA
O trabalho da fotógrafa norte-americana Traer Scott é, como diz o título acima, de derreter o coração de qualquer ser humano.Através do projeto Wild Animals (que virou livro – disponível na Amazon) Traer fotografa animais bebês, ainda nas primeiras semanas de vida. Quase todos os bichinhos são residentes temporários em centros de reabilitação da vida selvagem, que foram resgatados para, após se recuperarem, serem reintegrados ao seu habitat natural.
Traer conta que a ideia do projeto surgiu quando, durante um casamento ao ar livre, sua filha encontrou um bebê esquilo ferido. Imediatamente, a família procurou um desses centros especializados. Foi quando a fotógrafa, que se encantou com o trabalho dos voluntários, teve a ideia de clicar os bichinhos, como uma maneira de sensibilizar as pessoas para a importância desse tipo de trabalho.
Prepare-se para momentos de muita fofura:
WhiteFootedMousecopy 
Cottontails10dayscopy 
EasternRedBatcopy 
HarborSealcopy 
RedFox2copy 
OpossumsFourWeeksOldcopy 
MallardDucklingcopy 
RedKangaroo2_rev 
ScreechOwlFourWeeks2copy 
WildBabiesflatcover
Todas as fotos © Traer Scott

Gata resgatada das ruas é “adotada” por família de 5 furões

 

No mundo animal, sempre surgem amizades um tanto improváveis, como já mostramos diversas vezes aqui no Hypeness. No Japão, a gatinha Komari foi adotada por uma família e incorporada a um bando de cinco simpáticos furões, que fizeram questão de aceitar a felina no grupo, tornando-se amigos inseparáveis.

Abandonada, a gata foi encontrada quando tinha apenas cinco meses de vida, com a saúde um tanto frágil. Depois de receber muito amor, carinho e cuidados, se recuperou e agora acha que é um furão assim como seus irmãos, com quem passa o dia brincando, aprontando e dormindo. O dia a dia da turminha pode ser acompanhado no Twitter.

Até mesmo uma pequena rede montada na gaiola eles dividem entre si, se espremendo para estarem juntos. Obviamente tanta fofura só poderia render momentos em que não faltam aqueles suspiros: “awn!”.

Vontade de apertar todos eles é o que não faltará depois de ver essas imagens:

gatofurao (6)

gatofurao (1)

gatofurao (2)

gatofurao (3)

gatofurao (4)

gatofurao (5)

gatofurao (7)

gatofurao (8)

gatofurao (9)

gatofurao (10)

gatofurao (11)

gatofurao (12)

Todas as fotos © garo004giru