Fotógrafo montanhas da Polônia

 https://1x.com/images/user/f7d3cc1fbd70eeca1b426b4c0f3eef59-hd2.jpg
Karol Nienartowicz é um fotógrafo 29  anos  da Polônia. Nasceu em Jelenia Góra, uma pequena cidade na parte sudoeste do país, e agora vivi em Gdansk. Ele ainda se lembra do  dia especial no verão de 2003, quando a mãe dele levou na  primeira viagem para a  montanha. Ele viu seu coração-respirar a beleza das montanhas ele rapidamente queria compartilhar esse sentimento com outras pessoas! Assim, pegou a câmera fotográfica para próxima viagem. Desde aquele momento, ele fotografou montanhas, combinando fotografia com a grande paixão por viajar.
Passou várias dezenas de dias por ano, caminhando nas montanhas, durante o qual ele superou até 1.000 milhas de trilhas. visitou e fotografou mais de 20 países europeus.” Eu fotografei o polonês, eslovaco, romeno e ucraniano Cárpatos, os Alpes, na Suíça, França, Áustria, Itália, Alemanha e Eslovénia, as montanhas da Albânia, Bósnia e Macedônia e Escócia Grampian”.Diz o fotografo Karol Nienartowicz
No entanto, a maior paixão são expedições fotográficas para as montanhas mais altas do europeus os Alpes. Durante estas viagens selvagens Karol Nienartowicz  dormiu em uma barraca que ele  sempre joga em lugares com cenário, muitas vezes remotas e de difícil acesso, onde possa tirar fotos de amanheceres e entardeceres. Ele tendem a evitar lugares cheios e rotas populares.Eu não tenho medo de correr risco de ir com uma câmera nas rotas de escalada como via ferrata e passar noites em uma tenda num glaciar, a uma altitude de 4.000 m acima do nível do mar, mesmo durante o tempo frio e ventos fortes.” Então confira suas melhores fotos selecionadas por ele para que você possa curti essas lindas imagens.

Aiguilles d’Arves

Bivouac at Bouquetins, Alps

At the top

Soldiers, Alps

Frozen cross in Alps

Autumn fog

Eagle Path, Tatra Mountains

Snow cirques

Julian Alps

Injured sheep

Morning fire Of Matterhorn

First sun rays, Julian Alps

Eagle Path, Tatra Mountains

Old castle in Karkonosze Mountains

Blejsko lake, Alps

Stairway to the castle

On the pass

First sun rays

Starry night at the Mont Blanc

Red sunrise

Pancava waterfall and Karkonosze Mountains

Matterhorn

Bridge, Alps

Red sunset in Karkonosze Mountains

Kamnik-Savinja Alps

Frozen land

Aiguilles d’Arves

Before sunrise

Aiguilles d’Arves

Frozen chapel

Eagle Path, Tatra Mountains

Lasers

Starry night at the Matterhorn

In the morning

Lyskamm Ridge, Alps

Sunrise

Me on the highest mountain in Poland

Pančavský vodopád, uznawany za najwyższy wodospad w całych Czechach (148 m); Karkonosze.

Após morte de seu companheiro, golfinho fêmea faz inusitada amizade com cachorro

Na Ilha Tory, na Irlanda, dois improváveis melhores amigos chamaram a atenção de curiosos e fãs de animais: um cão e um golfinho. O labrador chamado Ben nada no porto todos os dias ao lado de Duggie, um golfinho fêmea.

Segundo os moradores, o companheiro de Duggie morreu no local e ela acabou fazendo do largo da costa Donegal o seu lar. Logo depois da perda ela criou um forte laço de amizade com o cão Ben e os dois brincam juntos desde então.

golfinho_cao

De acordo com o tutor do cão, o hoteleiro Pat Doohan, Ben e Duggie passam até três horas de cada vez juntos e se encontram várias vezes ao dia para se divertir no mar.

De vez em quando um bando de golfinhos passa por aqui e ela se junta a eles por algum tempo. Quando isso acontece, acho que ela vai esquecer a ilha e voltar para sua vida selvagem, mas ela sempre volta para cá“, afirmou.

Fonte: Rare Irish Stuff / Fotos: Reprodução

Ele captou da melhor forma o misterioso parque aquático abandonado numa floresta do Vietnã

Um parque aquático abandonado pode ser o cenário perfeito para um filme de terror, mas um lugar tão único também promete render ótimas fotografias e histórias de viagem. Foi o que levou o fotógrafo Claudio Sieber a conhecer e registrar toda a magia do parque Ho Thuy Tien, no Vietnã.

O parque foi aberto em 2014 na cidade de Hue com um investimento milionário. Mesmo assim, o empreendimento fechou poucos meses depois, sem que se saiba exatamente o motivo. Segundo o fotógrafo contou ao Bored Panda, alguns habitantes locais acreditam que o fechamento se deu porque os donos do parque ficaram sem dinheiro, enquanto outros sugerem que o valor das entradas seria alto demais para a população local.

parque20

De qualquer forma, hoje qualquer um pode se aventurar pelo parque gratuitamente, explorando suas atrações de uma maneira um pouco diferente. Os antigos toboáguas não são mais um espaço de brincadeiras, mas servem como uma lembrança do espaço que existiu ali – e resguardam uma beleza singular, que pode ser conferida através do olhar de Claudio nas fotos abaixo.

parque2

parque3

parque4

parque5

parque6

parque7

parque8

parque9

parque10

parque11

parque12

parque13

parque14

parque16

parque17

parque19

Todas as fotos ©  Claudio Sieber

Bonito é o destino perfeito para quem ama ecoturismo

Bonito é um paraíso a 300 km de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, repleto de cachoeiras, rios e grutas com água cristalina. Lá, as vegetações do Cerrado e da Mata Atlântica se mesclam, e é possível avistar inúmeras espécies de aves, répteis e mamíferos, numa fauna e flora riquíssimas. A melhor época para ir é entre maio e agosto, quando não chove e fica mais fácil de avisar peixes nos rios. Veja aqui 4 programas imperdíveis para fazer por lá. 
Gruta do Lago Azul
Cartão postal do destino, a Gruta do Lago Azul é uma cavidade tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico, com 60 milhões de anos, tão funda que não se sabe ao certo depois de quantos metros seus limites são atingidos. Ela está a 20km da cidade, e tem uma capacidade máxima de visitação de 305 pessoas por dia, então vale agendar o passeio com antecedência durante as férias escolares e feriados.
gruta_do_lago_azul_-_bonito_ms
Cachoeira Boca da Onça
Bonito abriga a maior cachoeira do Mato Grosso do Sul, a Boca da Onça, localizada na fazenda de mesmo nome, com 156 metros de altura e repleta de piscinas naturais para se refrescar. Quem gosta de aventura pode ainda curtir aqui uma descida no maior rapel com plataforma do Brasil, de 90 metros de altura.
boca_da_onc%cc%a7a_bonito_ms
Rio Formoso
No rio, que faz um percurso de 100km, você pode se divertir num bóia cross ou em flutuações, quando é levado pelas águas vagarosamente para ver perto inúmeras espécies de peixes. Em um de seus pontos, o Parque Rio Formoso, também é possível fazer cavalgadas e trilhas pela mata.
bonito-1
Abismo Anhumas
A caverna, a 23 quilômetros de Bonito, foi esculpida pela natureza com o passar dos anos e exibe águas cristalinas rodeadas por cones de calcário, compondo um cenário surreal. É possível se aventurar num rapel de 72 metros até o seu fundo, para curtir esse paraíso de perto a relaxando num deck flutuante.
abismo_anhumas_bonito_ms
Fotos: Wiki Commons