O que é a ‘6ª extinção em massa’ e por que já passou da hora de nos preocuparmos (e muito!)

Enquanto demagogos e lunáticos insistem em questionar o aquecimento global e a efeito dos destrutivos hábitos humanos que vem colocando em risco o meio ambiente na terra, os efeitos de tais hábitos seguem se intensificando em direções cada vez mais alarmantes. O que antes sempre era anunciado como uma possibilidade em um futuro remoto, agora já se torna palpável e próximo, ao passo que possivelmente muitos de nós que aqui estamos poderemos enxerga-lo: cientistas anunciam que uma sexta extinção em massa poderá acontecer na Terra até o ano de 2050.

sextinc%cc%a7a%cc%83o6

É considerado extinção em massa quando 3 de cada 4 espécies desaparecem literalmente da face da terra – e é isso que a ação do homem vem provocando nos últimos séculos. Em um ritmo de diminuição de 2% da vida selvagem ao ano, em 2020 nós poderemos ter perdido já dois terços da vida animal do planeta (só na última década, um quinto dos elefantes desapareceu).

sextinc%cc%a7a%cc%83o5

sextinc%cc%a7a%cc%83o4

Em 2050, ano em que possivelmente atingiremos essa terrível marca de uma nova extinção em massa, estima-se que haverá mais plástico do que peixes nos oceanos.

sextinc%cc%a7a%cc%83o9

Essa seria a primeira extinção desde a era mesozoica, há 66 milhões de anos – a diferença é que essa será inteiramente causada pelo homem.

sextinc%cc%a7a%cc%83o8

Como qualquer criança sabe, a extinção de uma espécie somente pode provocar intenso desequilíbrio no meio ambiente, afetando direta e indiretamente um sem fim de outras espécies ao redor. Incêndios, desmatamentos, culturas predatórias, poluição, uso excessivo de combustível fóssil, o crescimento irrefreável da população humana, excesso de pesca e, principalmente o excesso de produção de carne bovina são apontados como os principais motivos para esse horizonte apocalíptico que se anuncia.

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FNowThisNews%2Fvideos%2F996052343862774%2F&show_text=0&width=628

sextinc%cc%a7a%cc%83o7

sextinc%cc%a7a%cc%83o3

Ainda que o aquecimento global esteja somente começando, e que a eleição de uma figura como Trump – que nega tais fenômenos como se não passassem de propaganda, contrariando toda a comunidade científica – sejam notícias ainda mais assustadoras, é possível adotar pequenas medidas que, em massa, poderão impactar positivamente para transformarmos esse destino trágico.

sextinc%cc%a7a%cc%83o2

Deixar de usar sacos plásticos, trocar suas lâmpadas por luzes LED, diminuir o consumo de carne vermelha e pressionar os políticos a adotarem e investirem em energia limpa são excelentes exemplos de atitudes concretas que podem ser tomadas hoje. Ou então, o que será preciso acontecer para que levemos a sério o que está se sucedendo dia após dia diante de nossos olhos? Até o momento que nem esse dia após o outro estiver garantido.

sextinc%cc%a7a%cc%83o1

© fotos: divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s