22 + fotos tiradas no momento certo

Se tomado através de cálculo e preparação cuidadosa ou completamente por acaso, fotos perfeitamente cronometradas são uma alegria absoluta para olhar. Com o ângulo perfeito ou o segundo perfeito, capturou uma imagem que pode nunca acontecer assim tão sempre assim.

Se você tem uma foto perfeitamente cronometrada que você deseja compartilhar conosco, nós adoraríamos lo nesta lista!

Prohodna Cave In Bulgaria

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Squirrel Trying To Catch Peanut

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Foam Blanket

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Plane City

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

Perfect Timing

12 filhotes de camaleão que vão te fazer se apaixonar por estes lagartos

Você sabia que os camaleões têm a capacidade de girar seus olhos separadamente, em um arco de 180 graus, o que lhes dá um campo de visão de 360 graus?Além disso, você sabia que esses lagartos coloridos têm filhotes super fofos? Muito mesmo. Temos dez provas que vão fazer você se apaixonar por esses animais:

Nenhum texto alternativo automático disponível.

https://i2.wp.com/www.brasil247.com/images/cms-image-000422740.jpg

https://scontent.fssa2-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15356566_1825234721086281_4327191081915317153_n.jpg?oh=4a0ea8ddd9b7b2ac61fe7fa19c8920f0&oe=58EDB9AA

 

https://scontent.fssa2-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/15390724_1825234734419613_1349607268793970499_n.jpg?oh=9d8f263f1ed800d17c7ff4e5d0e339ad&oe=58F76E60

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/72/97/e9/7297e90cf35c50de6b54a62bc494df3b.jpg

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/2b/Bebe_cameleon.jpg

[BoredPanda]

Os vagalumes transformam o verão no Japão num dos fenômenos mais bonitos do mundo

Muitas vezes já mostramos aqui algumas grandes razões para visitar o Japão, como as festividades do Obon, os melhores sushis da sua vida e a beleza noturna de Tóquio. O cenário milenar, as luzes de um dos países que mais investem em tecnologia e as particularidades da sociedade oriental por si só já seriam motivos suficientes. Mas para aqueles que ainda não estão convencidos, aqui está mais uma desculpa brilhante para visitar a Terra do Sol Nascente: vagalumes!

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-6

Todos os verões, por períodos muito curtos, esses insetos mágicos transformam as florestas do Japão em belos palcos para seus efêmeros shows de luz enquanto tentam atrair um companheiro. E todos os verões, no início da noite, os fotógrafos começaram a fazer registros incríveis.

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-8

Os vagalumes são difíceis de encontrar porque não gostam de outras formas de luz, então os fotógrafos precisam saber se esconder bem, além de ter habilidade para capturar imagens de insetos voadores.

Se você também ficou com vontade de fotografar esses bichinhos luminosos, aqui vai uma dica: o pisca-pisca dos vagalumes é breve e intermitente, por isso é recomendável fazer cliques de longa exposição, feitos com auxílio de um tripé. Veja abaixo mais algumas imagens incríveis dos vagalumes “japoneses”:

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-4a

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-5

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-10

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-14

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-15

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-16

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-18

fireflies-long-exposure-photography-2016-japan-19

Misterioso animal “bolha” reaparece um século após ter sido descoberto

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Um animal misterioso que mais parece uma bolha foi finalmente avistado, mais de um século depois de ter sido descrito pela primeira vez.

O invertebrado translúcido, chamado Bathochordaeus charon, foi identificado recentemente ao largo da costa de Monterey, na Califórnia, EUA, por cientistas usando um veículo operado remotamente (VOR).

 

O animal

De acordo com o “redescobridor” do animal, Rob Sherlock, cientista do Monterey Bay Aquarium Research Institute, B. charon pertence a um grupo de criaturas marinhas conhecidas como larváceas, criaturas geralmente com milímetros de comprimento cujo corpo se assemelha a um girino, com uma grande “cabeça” (na verdade um tronco) e uma cauda.

Embora o mar esteja repleto de minúsculas larváceas, as versões maiores, que podem ter corpos estendendo até 10 centímetros, são muito menos comuns.

Para comer, a “bolha marinha” filtra alimento através de um muco brilhante em sua volta (como uma “casa”) com quase um metro de comprimento. Acenando sua cauda, agita a água e puxa as partículas para dentro.

Se um animal atravessa essa “casa”, ou se grandes partículas entopem o tubo de alimentação, as larváceas simplesmente se movem e constroem outra casa. Sem elas, os animais não podem comer.

A confusão

O primeiro relato da existência de B. charon ocorreu em 1899, quando o professor Carl Chun, da Universidade de Leipzig, na Alemanha, encontrou um espécime no Oceano Atlântico Sul enquanto liderava a Expedição de Valdivia, uma missão alemã destinada a explorar o mar profundo.

Chun acreditava que a criatura brotava das profundidades do oceano, de modo que nomeou a larvácea em homenagem a Caronte, que na mitologia grega transporta as almas dos mortos através do rio Styx.

Nas décadas que se seguiram, vários outros naturalistas relataram ter encontrado larváceas gigantes, embora apenas algumas tenham sido capturadas vivas e descritas. Em 1936, por exemplo, o biólogo marinho britânico Walter Garstang coletou larváceas gigantes que diferiam da descoberta por Chun, classificadas como uma nova espécie, Bathochordaeus stygius.

Como os dois espécimes eram semelhantes e os originais de Chun foram perdidos para a história, os cientistas eventualmente começaram a se perguntar se B. charon era na verdade a mesma espécie de B. stygius.

A confirmação

Parte da dificuldade em capturar essas criaturas é que elas morrem nas redes tipicamente usadas para coletar os espécimes. Quando Sherlock e seus colegas avistaram um possível B. charon com o veículo, cuidadosamente o coletaram em um recipiente selado, com isolamento térmico.

O animal chegou aos pesquisadores vivo e em ótima forma. Análises genética e de características físicas confirmaram o achado.

Quando a equipe assistiu novamente vídeos da baía de Monterey dos últimos 25 anos, eles perceberam que a criatura tinha sido observada muitas vezes.

Ainda assim, esta “bolha do mar” é razoavelmente rara; ao longo das últimas décadas, os biólogos viram centenas de B. stygius, mas apenas uma dúzia de B. charon. [LiveScience]

Série de fotos celebra o dia em que Muhammad Ali faria 75 anos

A imagem pode conter: 4 pessoas, shorts, selfie e close-up

Para o boxer americano Muhammad Ali, não bastava a medalha de ouro nas olimpíadas, os cinturões de peso pesado, nem mesmo o reconhecimento como desportista do século ou como uma das mais importantes figuras do nosso tempo. Ele foi também um aguerrido militante pelos direitos civis, contra a desigualdade racial e contra a intervenção militar americana no Vietnã, conflito para o qual se recusou a participar (e que, por isso, teve seu título mundial retirado). Muhammad Ali abandonou seu nome de batismo – que para ele era seu nome de escravo – para se tornar maior do que o próprio esporte que o popularizou – para se tornar do tamanho do mundo.

 MAli11

Morto em 2016, o maior lutador de boxe de todos os tempos completaria 75 anos nesta terça-feira, 17 de janeiro. Poeta que foi, Ali elevou a luta a cumprir realmente o epíteto de ser uma “nobre arte”, indo muito além da mera troca de socos entre vencedores e vencidos. Muhammad Ali foi um grande, que lutou pelos seus – e é por isso que hoje celebramos essa data com essa coleção de imagens como uma singela homenagem.

Ali no alto do pódio nas Olimpíadas de Roma, com o ouro no peito

MAli6

Ali e sua mãe

Ali assinando um autografo para o Papa João Paulo II

MAli4

MAli3

O jovem Ali

Ali explicando que irá vencer uma luta no quarto round...

...e gargalhando depois de vencer a luta exatamente no round que prometeu.

MAli24

Muhammad Ali e Stallone

Elvis e Ali

Ali e Martin Luther King Jr.

Ali e os Beatles

Bob Dylan e Ali

Ali e Pelé

Os Jackson 5 nocauteando Ali

Muhammad Ali e o jovem Stevie Wonder

MAli18 MAli19

MAli13

Muhammad Ali após se recusar a ir à Guerra do Vietnã

Ali brincando com sua filha

© fotos: reprodução