Artista com maestria transforma humanos em animais usando pintura corporal

A maioria das pessoas usar maquiagem para ser visto, mas o artista americano Shannon Holt leva essa idéia em uma direção diferente, usando tinta para transformar as pessoas em telas para suas pinturas de animais bonitas e elegantes.
Ouvir uma música uma vez ao vivo você tem que uma bela experiência e então você tem a lembrança de, com uma gravação,” Holt disse Daytone praia News-jornal, descrevendo a transitoriedade dos seus quadros. “A pintura corporal é a mesma. É provavelmente a forma de arte mais próxima a música que existe.”
Holt tem uma formação artística diversificada, tendo pintado na tudo de tela e papel de madeira e metal. Ela diz que foi esta busca por superfícies diferentes trabalhar com o que levouà tentar a pintura na pele pela primeira vez.
More info: shannonholtart.com
Anúncios

Caminhada no domingo faz apelo para João Dória manter graffitis da Av. 23 de Maio

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

É isso mesmo o que você leu no título da matéria. Mil e uma coisas importantes para resolver e se preocupar numa metrópole como São Paulo e o novo prefeito João Dória está mais interessado em posar com garis e atropelar a arte urbana da cidade, com prazer, segundo palavras do próprio. Para defender o trabalho dos artistas e as cores dessa cidade que era tão cinza, as pessoas estão se mobilizando e farão uma caminhada no domingo (22) em defesa dos graffitis da Av. 23 de Maio.

A via, que é uma das mais importantes da capital, ganhou cores ao longo de seus 10 km de extensão entre 2014 e 2015, com apoio da antiga administração da Prefeitura. Por lá estão em torno de 70 enormes murais de nomes importantes da arte de rua, além do pixo e das tags, outra forma de se expressar que torna São Paulo tão São Paulo.

Em 2002, osgemeos junto a Nina Pandolfo, Hebert Baglione e Vitché pintaram, durante um mês, 680 metros da avenida na altura do acesso da ao elevado Costa e Silva, na Bela Vista. Com o projeto Cidade Limpa de 2008, foi apagado. Em dezembro daquele mesmo ano, estava lá um novo mural feito por eles e outros convidados, que permanece no local até hoje e não atrapalha ninguém.

mural-osgemeos-23

Eis que o ano virou e o novo prefeito lançou o projeto “Cidade Linda”, nome incoerente com o que tem sido feito. Me explica como tudo vai ficar lindo com aquela cor horrorosa que estão pintando os muros, com a exclusão de um trabalho artístico. Um evento no Facebook foi criado para divulgar as informações da caminhada. A saída será às 15h, do Shopping Light, região central da cidade rumo à 23 de Maio.

Sinceramente, eu não posso ficar lamentando o resultado das urnas. Eu tenho que torcer para que o resultado dê certo, porque eu amo o lugar onde nasci e moro. Mas Dória, começamos mal a nossa relação, meu caro. A arte é um dos maiores legados dessa cidade, fez com que aqui fosse referência mundial em graffiti, trouxe pessoas, trouxe inspiração, trouxe novos artistas, trouxe vida para as ruas e menos tédio para os que ficam engarrafados no trânsito infernal diário – este sim, um problema.

Todas as fotos © Brunella Nunes

Série de fotos inspiradora mostra cachorros gigantes brincando com seus pequenos amigos humanos

A imagem pode conter: 1 pessoa, cachorro e atividades ao ar livre

O fotógrafo russo Andy Seliverstov, de 58 anos, acaba de lançar o livro “Pequenas crianças e seu grandes cães”, onde retrata diversas imagens dos pequenos com seus cachorros gigantes.

As mais de 100 fotos foram tiradas em São Petersburgo ao longo de 4 meses, e transmitem a ligação e o carinho entre os ‘bichinhos’ e seus companheiros humanos. O fotógrafo conta que se apaixonou pelos cachorros anos atrás, quando começou a viajar o mundo clicando feiras e campeonatos caninos.

3abe7b9400000578-3971110-best_friends_stick_together_four_and_a_half_year_old_gregory_put-a-38_1480073409005

3abe7b8d00000578-3971110-who_needs_a_horse_certainly_not_theodore_aged_three_who_is_pictu-a-35_1480073408898

E a ideia do projeto surgiu após um casal de amigos pedir para ele clicar a filha Alice, de 2 anos, com Sean, o cachorro da família. Alice ficou minúscula nas imagens comparada ao dogue alemão, que era 5 anos mais velho e pesava 82kg.

3abe7ba900000578-3971110-alice_with_her_great_dane_sean_frolicking_together_andy_58_has_s-a-40_1480073409021

3abe7bd100000578-3971110-alice_aged_one_year_seven_months_with_great_dane_sean_who_weighs-a-34_1480073408879

Ao postar as fotos nas redes sociais, o sucesso foi imediato. “As pessoas simplesmente adoraram, e eu decidi criar o projeto, que acabou virando livro”, disse Andy. O resultado são fotos encantadoras e completamente fofineas!

3abe7bda00000578-3971110-matthew_who_is_not_yet_two_shown_gently_patting_the_face_of_a_lo-a-41_1480073409025

3abe7bd500000578-3971110-harlequin_great_dane_zara_poses_for_a_photo_in_front_of_alexandr-a-36_1480073408918

3abe7bc900000578-3971110-ilya_aged_two_and_half_runs_alongside_great_dane_shane_who_weigh-a-37_1480073408972

3abe7bc500000578-3971110-this_adorable_photo_shows_a_great_dane_named_wolf_watching_over_-a-39_1480073409010

3abe7ba500000578-3971110-varvara_and_vasiisa_aged_3_and_5_with_their_black_russian_terrie-a-42_1480073409046

Todas as fotos © Andy Seliverstov

A maior ponte de vidro do mundo fica no parque natural de Zhangjiajie, na China

A imagem pode conter: montanha, céu, atividades ao ar livre e natureza

Uma ponte de vidro de 430 metros de comprimento e 300 metros de altura foi construída entre os dois lados de um cânion profundo no Parque Nacional Zhangjiajie, na China. Projetada pelo arquiteto israelense Haim Dotan e inaugurada em agosto deste ano, a construção é a mais longa e mais alta ponte de vidro para pedestres.

Vigas e cabos de aço suportam as placas de vidro que foram colocadas ao longo da passagem, deixando-a praticamente invisível e dando aos visitantes uma sensação única de vertigem, além de um cenário único para registros fotográficos.

zhangjiajie-grand-canyon-glass-bridge-haim-dotan_dezeen_2364_col_2

A atração logo virou febre entre os turistas, gerando preocupações para as autoridades chinesas. Com capacidade para aguentar até 8 mil pessoas por dia, a ponte recebeu cerca de 80 mil visitantes por dia nas duas primeiras semanas, colocando em risco sua estrutura. Assim, o governo local fechou a ponte para reforma estrutural e replanejamento das visitações.

zhangjiajie-grand-canyon-glass-bridge-haim-dotan_dezeen_2364_col_1

Antes da inauguração, os construtores chegaram a testar a resistência da ponte com um caminhão de duas toneladas, além de pedir que algumas pessoas batessem com martelos nos painéis de vidro, mas o parque de Zhangjiajie achou melhor prevenir acidentes e interditar a ponte. A obra custou cerca de R$ 11 bilhões e não tem previsão de reabertura.

zhangjiajie-grand-canyon-glass-bridge-haim-dotan_dezeen_2364_col_3

50563c40-fefc-11e4-98c6-ddb9e5f4a54e_l0_0644_0382_zhangjiajie644-1-1

Ela largou um trabalho estressante na cidade para cuidar de bebês cabra com necessidades especiais

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A história já é conhecida: profissional de sucesso, com um emprego bem remunerado, mas que sugava energia demais sem devolver satisfação pessoal, apenas dinheiro. Essa era a vida de Leanne Lauricella em Nova York, até que ela decidiu deixar a cidade para trás para cuidar de filhotinhos de cabra.

Tudo começou em 2014, quando, ao visitar uma fazenda, ela se apaixonou pelos animais. Leanne logo adotou duas cabrinhas, Jax e Opie, e criou uma mini fazenda em seu quintal. Ela voava do trabalho para casa para poder dar toda a atenção possível a elas.

10311289_1503956843160338_374079839_n

Depois de adotar mais três cabras, ela decidiu que era hora de dar um passo a mais e deixar o emprego. Ela criou a Goats of Anarchy, ONG dedicada aos cuidados para com a espécie e, logo no primeiro dia, uma foto sua foi compartilhada pelo perfil oficial do Instagram, impulsionando o projeto com 30 mil seguidores.

1471361031-syn-cos-1454949569-img-20160124-142206

Desde então, ela adotou também um cavalo, um burro, dois coelhos e um porco, todos resgatados de um santuário onde ela trabalha voluntariamente, e sua rotina incluir cuidar de Polly, uma cabra que só fica tranquila ao se vestir com fantasias.

14498956_1135912893160319_2462163107070345216_n

14597269_1801500213463872_1102489899832967168_n

15034512_1247055512018279_5377499509305638912_n

15056669_350102355344611_9002187324259303424_n

cabrinha-2

cabrinha-1

1471361067-syn-cos-1454950171-img-20151101-125528

Fotos via Goats of Anarchy