Artista une realismo e cubismo para criar murais coloridos inspirados no mestre Picasso

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Se Picasso embaralhou nossas noções de realidade, expressando a velocidade do século XX que então começava através do cubismo, o artista espanhol Miguel Angel Belinchon Bujes, conhecido simplesmente como Belin, em seus murais subverte o cubismo misturando ao estilo aspectos do hiper-realismo.

Ângulos múltiplos, proporções alteradas e formas quebradas do rosto e do corpo humano se sobrepõem em sua busca por expressões mais profundas e variadas dos sentimentos humanos.

Belin5

Belin chama seu estilo de Pós-Neo-Cubismo, em tributo ao mestre espanhol Pablo Picasso. Todo seu trabalho é realizado somente com spray, sem uso de estêncil ou outras técnicas, e seu nome cada vez mais é destaque no universo da arte urbana mundial. A sobreposição de estilos provoca estranhamento, e impressiona pela aguda qualidade visual de Belin, que parece nos devolver a sensação que moveu Picasso mais de 100 anos atrás, de que a realidade não é exatamente o que, em princípio, enxergamos.

Belin11

Belin10

Belin9

Belin8

Belin7

Belin6

Belin4

Belin3

Belin1

Belin

Todas as fotos © Belin

Anúncios

3 comentários

  1. Pingback: Artista une realismo e cubismo para criar murais coloridos inspirados no mestre Picasso | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s