Mãe paulista empresta barriga para que o filho e marido dele possam ter gêmeos em Capivari

A imagem pode conter: 2 pessoas

Para muitos casais homossexuais, ter filhos ainda é um desafio. A adoção costuma ser a primeira tentativa nesse sentido, mas muitas vezes o preconceito pode dificultar o processo e tornar o sonho da maternidade/paternidade cada vez mais distante. Era essa realidade que viviam Luis Henrique Aranha, 32, e Gustavo Salles, 26, moradores de Capivari, em São Paulo.

Casados há cinco anos, eles sonhavam em ter um filho, mas não conseguiram adotar uma criança. Apesar das negativas, os dois insistiram na ideia, e contaram com uma ajuda muito especial: a de Ana Maria Aranha, mãe de Luis, que se tornou barriga de aluguel para que o filho e genro pudessem ser pais.

amor0

Com 58 anos, ela encarou a gestação de uma maneira natural. Ana Maria, que já está na menopausa, precisou fazer um tratamento para recuperar a elasticidade do útero e receber a inseminação artificial. O óvulo usado foi de uma doadora desconhecida, como requer a lei, e a inseminação ocorreu com um óvulo fecundado por cada um dos pais.

amor1

Quando a gestação foi confirmada: uma surpresa para a família. Ana Maria seria avó de não apenas uma, mas duas crianças: os gêmeos Pedro Henrique e João Lucas, nascidos há três meses e com muita saúde. As fotos abaixo  são puro amor estampam toda a felicidade da família com a chegada dos novos membros.

amor9

amor8

amor3

amor4

Todas as fotos © Wendel de Castro

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s