5 lugares no Brasil para praticar mergulho em água doce

Há quem pense que mergulho só pode ser praticado no mar, mas lagos, rios, represas e até pedreiras também podem oferecer experiências incríveis. O mergulho em água doce é muito realizado em diversos locais pelo mundo e, embora no Brasil, ainda não seja tão difundido, nosso país também possui excelentes locais para a prática.

Na água doce é possível encontrar diversas variedades de peixes e também formações subaquáticas como cavernas e tocas. Dependendo da região, existe uma grande variação de temperatura da água e visibilidade. Alguns lugares são tão claros e transparentes que permitem ver naufrágios em ótimo estado de conservação já que a água doce preserva os objetos sem toda corrosão da água salgada.

Rio da Prata, Jardim – MS

prata

No Recanto Ecológico Rio da Prata, uma suave correnteza leva os visitantes calmamente por um passeio em um mundo subaquático fantástico, habitado por dezenas de espécies de peixes e plantas aquáticas. O mergulho no local impressiona pela transparência das águas e pela rica biodiversidade do Pantanal.

Lago de Furnas, São João Batista do Glória, MG

FURNAS

No fim da década de 50, após o decreto assinado pelo presidente Juscelino Kubitschek para contornar uma crise elétrica que assustava o país, as obras da Usina Hidrelétrica de Furnas tiveram início. Com cerca de 1.500 km² e aproximadamente 20 bilhões de metros cúbicos de águas dos rios Grande e Sapucaí, nasceu o Lago do Furnas, um dos maiores lagos artificiais do mundo e a maior extensão de água do estado. Suas águas cristalinas formam paisagens incríveis de pequenos lagos, praias artificiais, muitas cachoeiras, piscinas naturais e formações rochosas com mais de 20 metros de altura. O mergulho no lago é imperdível. Além de poder ver várias espécies de peixes e interessantes formações rochosas, nas águas que podem chegar a atingir 93 metros em alguns pontos, há naufrágios, pontes e ruínas submersas das cidades que foram inundadas.

Lago Paranoá, Brasília, DF

paranoa

Uma das maiores vantagens do mergulho no Paranoá, é que não há necessidade de embarcação, basta levar o material no carro, se equipar e cair na água. O ponto mais conhecido de mergulho é o da Barragem do lago, onde se alcança facilmente os quarenta metros de profundidade. Por lá, há uma densa suspensão de poeira, por volta dos vinte metros, que faz com que o mergulho se torne noturno mesmo durante o dia. Lanternas, principal e secundária, são obrigatórias, bem como facas devido à presença de linhas e redes de pescador.

Abismo Anhumas, Bonito – MT

Abismo_Anhumas

O Abismo Anhumas é uma caverna localizada a 23 km de Bonito, MS. Descoberta em 1970 por um peão após um incêndio na mata local, olhando de cima não dá para imaginar a imensidão da caverna. Para mergulhar lá é preciso descer de rapel pela fenda de 72 metros (equivalente a um prédio de 26 andares) de descida vertical, num passeio que dura cerca de cinco minutos. Terminado o rapel, o visitante se depara com um lago de águas cristalinas que chega a 80 metros de profundidade. Dezenas de cones de calcário preenchem o lago e seu entorno, com formações que atingem 20 metros de altura.

Lagoa Misteriosa, Bonito, MT

8rd_Lagoa_Misteriosa_-_Scuba_Diving_-_Acervo

A visão do abismo azul, os paredões de rocha vertical, os troncos caídos e os pequenos peixes que brilham sob os feixes de luz refletidos nas águas cristalinas transformam a Lagoa Misteriosa em um ambiente único. Localizada dentro de uma caverna, o lugar é perfeito para a prática de flutuação e mergulho pela transparência e visibilidade – são mais de 220 metros de profundidade. No entanto, entre os meses de outubro e abril estas atividades ficam suspensas por conta da proliferação de microalgas, pois reduzem a visibilidade.

* Fotos: Reprodução

10 vezes em que ideias malucas foram as únicas que funcionaram

A maioria dos problemas deste mundo são resolvidos por um seleto grupo de gênios. Às vezes, porém, não é preciso ser um gênio para gerar uma solução. Na verdade, às vezes é preciso ser o oposto disso.

10. O homem mais alto do mundo salvou dois golfinhos


O homem mais alto do mundo salvou dois golfinhos na China usando seus longos braços para tirar sacos plásticos dos estômagos dos animais.

Bao Xishun, um pastor do norte da China, foi chamado pelos veterinários que não conseguiam alcançar os sacos plásticos usando seus instrumentos. Os golfinhos haviam engolido o material por engano, entraram em depressão e perderam o apetite.

O braço de Bao, com 1,06 m de comprimento, conseguiu chegar até os estômagos deles. Depois de sua ajuda, os animais ficaram bem. O pastor é reconhecidamente o homem mais alto do mundo, com 2,36 m de altura.

9. A Força Aérea americana fez um supercomputador com mais de mil videogames


Ter um supercomputador é uma excelente vantagem, mas também sai muito caro. Logo, o laboratório de pesquisa das Forças Aéreas dos Estados Unidos resolveu fazer um, usando 1.760 PlayStation 3.

Isso mesmo. Segundo os pesquisadores, adaptando a tecnologia de videogames presente no mercado, foi possível fabricar um supercomputador muito acessível. O custo total do sistema foi de aproximadamente US$ 2 milhões – ainda assim, 10 a 20 vezes menos do que produções equivalentes.

8. Formigas-safári eram usadas por médicos para fazer suturas


Por séculos, formigas do gênero Dorylus foram usadas como uma importante ferramenta médica. Antes da técnica de dar pontos na pele e desenvolvimento da cola cirúrgica, as civilizações usavam as poderosas mandíbulas desses animais como suturas para fechar feridas.

Acredita-se que este processo tenha começado há cerca de 3.000 anos e foi popular até o século 17.

7. Vilarejo de Viganella instalou espelhos gigantes para “roubar” raios de sol


O vilarejo de Viganella, na Itália, fica completamente sem sol por 84 dias todos os anos. Isso porque as montanhas dos Alpes italianos projetam uma enorme sombra sobre a região.

A solução? Instalar espelhos gigantes em pontos estratégicos para refletir os raios solares no interior dos vales. Viganella ganhou seus primeiros painéis controlados por computador que acompanham o sol em 2006.

6. Los Angeles cobre reservatório com bolas de plástico para evitar contaminação


A cidade americana de Los Angeles jogou milhares de bolinhas de plástico para cobrir um imenso reservatório de água.

O problema é que a luz do sol, quando combinada com cloro e brometo, pode tornar a água carcinogênica. Logo, era necessário tampar o reservatório Ivanhoe.

Outras reservas já tinham sido cobertas da mesma forma, seja para economizar água reduzindo a evaporação, seja para prevenir a formação de algas.

5. Rússia limpa neve nas pistas com turbinas de jato


Você já viu essa máquina bizarra, com uma turbina de um jato?

Ela serve para limpar neve de estradas e trilhos de trem usando fortes rajadas de vento. Equipada com uma turbina Klimov VK-1 de jatos MiG-15, também é usada para derreter gelo nas turbinas de outros aviões enquanto eles esperam para decolar nas gélidas pistas da Rússia.

4. Islândia usa calor de vulcões para esquentar suas casas


A mesma força que causa destruição na erupção de vulcões gera calor e energia para grande parte da Islândia.

Esse país, famoso por seus gêiseres e pelo seu frio absurdo, soube tirar o melhor proveito do calor subterrâneo: é o único autossuficiente em energia renovável, com 100% da eletricidade vinda de fontes limpas.

3. Descargas sincronizadas desentupiram canos no Zimbábue


A segunda maior cidade do Zimbábue, chamada Bulawayo, teve uma crise no sistema de esgoto devido a necessidade de racionamento de água causada por uma seca. Simplesmente não havia água suficiente no sistema para levar o esgoto dos tubos para onde tinha que ir.

Os canos secos causaram um enorme fedor, além de expor os habitantes a uma série de riscos de relacionados com fezes. Solução?

As autoridades da cidade de Bulawayo decidiram fazer algo inusitado: ordenaram a todos na cidade para dar descarga em seus banheiros ao mesmo tempo, durante três dias.

Embora um fino e solitário fio de água de um único indivíduo não tivesse força o suficiente para ceder a parede literal de cocô que estava entupindo os esgotos, milhares e milhares de ondas simultâneas deveriam ser capazes de criar um tsunami de esgoto maciço. Eca!

2. Professora acaba com tiroteio usando um abraço apertado


Uma professora do estado americano de Nevada arriscou sua própria vida para deter um estudante de 14 anos que alegadamente estava atirando em seus colegas.

Quando três tiros foram disparados na Pine Middle School pouco depois das 9 da manhã, em vez de fugir ou se esconder, Fagan caminhou em direção ao suposto atirador, James Newman, e o persuadiu a soltar a arma.

A professora abraçou forte o adolescente, prometendo não abandoná-lo. O tiroteio foi contido e, embora alguns alunos tenham ficado feridos, ninguém morreu. Os policiais chamaram Fagan de “heroína”.

1. Novo presidente da Geórgia demite todo mundo e cria delegacias transparentes para acabar com corrupção policial


A Geórgia era um país mergulhado em corrupção. “Havia um certo orgulho de ser corrupto por aqui”, diz Mark Mullen, representante da ONG da Transparência Internacional na Geórgia.

Em 2003, as coisas começaram a mudar. Enfurecidos com eleições parlamentares fraudulentas, a população conseguiu retirar do poder o então presidente do país Eduard Shevardnadzel, com um movimento pacífico.

Mikheil Saakashvili tomou o poder prometendo algo que os georgianos nunca tinham tido antes: transparência.

Uma nova polícia foi criada, substituindo a antiga, notoriamente conhecida pela corrupção. Cerca de 16 mil postos de trabalho foram cortados e os novos recrutas começaram a receber melhores salários e a serem monitorados de perto para que não aceitassem propinas.

Nos últimos anos, a capital Tblisi adquiriu um toque moderno, com prédios de vidro em estilo palaciano. De longe, parecem um show room de carros. De perto, são delegacias com paredes transparentes por onde o público pode ver o que os policiais estão fazendo.

Bem que o Brasil podia copiar esse movimento, não? [Cracked, BBC]

Este hotel em Portugal é o sonho de todo apaixonado por livros

Se você estiver em busca de um refúgio literário, há um local imperdível que fica em Portugal. O Hotel Literary Man possui cerca de 45 mil títulos para seus hóspedes se deleitarem à vontade.

1a2ecc69c59996b751bba02ce02122202bc78935

O hotel fica em Óbidos, uma vila medieval de cerca de 700 anos localizada a cerca de 90 minutos de Lisboa. O local foi um presente de casamento do rei Dinis à sua noiva Isabel em 1282 e atrai muitos turistas interessados em apreciar suas peculiaridades.

19b19650146fd76023917edbb0eafaa1dc639b63

O Literary Man foi inaugurado em outubro de 2015 e fica em um prédio erguido em 1830 onde funcionava um convento. Praticamente todas as paredes são revestidas de livros, entre eles há muitas coleções originais e a maioria dos títulos são escritos em inglês, embora haja também opções em português, francês, alemão e em outras línguas.

95d9b38abecd9574b1bde0858c57b29f2484c185

“Nossos hóspedes gostam de trazer seus próprios livros para adicionar às nossas coleções e aqueles que não têm livros com eles costumam enviá-los mais tarde em forma de doação”, contou Jady Magalhães, gerente do hotel ao MailOnline Travel.

hotel

De livro em livro, o hotel espera ser capaz de oferecer 100 mil títulos em breve.

* Imagens: Reprodução

Conheça o bar temático em São Paulo feito para os amantes de seriados

 

Se você é daquelas pessoas que troca os passeios do fim de semana por uma maratona de suas séries favoritas em casa, este post talvez te convença a sair do sofá. Em São Paulo, o bar temático Season One reúne os viciados em seriados na democrática Rua Augusta, que lá debatem seus enredos favoritos, participam de noites temáticas e assistem a apresentações musicais e teatrais.

Inaugurada há pouco mais de um ano, a casa próxima ao centro da cidade aposta nas séries em tudo o que elabora: cardápio, decoração e programação. Comportando até 100 pessoas, o espaço é todo decorado com pôsteres de seriados famosos, como House, Glee, Doctor Who e Sex & The City, este último que inclui até drink especial no menu, em homenagem à eterna personagem Carrie.

Cobrando R$ 10 de entrada e/ou couvert artístico, o Season One conta com DJs, festas, cine-clube, performances artísticas de vários gêneros na agenda semanal, como peças de teatro, stand up comedy, contos, e como não poderia faltar, exibições de episódios das séries favoritas do público e de webséries alternativas.

Com esse pé nas artes, o local acaba sendo um centro de entretenimento e apoio a diversas plataformas, além de ponto de encontro para quem só larga a TV e o laptop se for para discutir aquele episódio polêmico. Então aproveite, se organize e acompanhe a programação pelo Facebook, porque o bar fica aberto de terça a domingo.

SeasonOne2

SeasonOne3

SeasonOne8

SeasonOne

SeasonOne9

SeasonOne10

Fotos © Paulo Watanabe/Divulgação

SeasonOne5

SeasonOne6

SeasonOne7

SeasonOne4

Fotos © Minha Série