O que Foz do Iguaçu tem para mostrar além das cataratas

Descoberta há 476 anos, em 31 de janeiro de 1541, as Cataratas do Iguaçu são o motivo maior para visitar Foz. Porém, a cidade soube capitalizar o grande número de turistas e oferecer um consistente leque de atrações, aumentando o número de dias de quem pretende explorar ao máximo da região.

Veja outras atrações de Foz do Iguaçu que vão além das Cataratas:

1. Itaipu Binacional

Usina de Itaipu iluminada, Foz do Iguaçu, Paraná

Itaipu pode ter perdido o título de maior usina hidrelétrica do mundo (ou de geração de energia) para as Três Gargantas, na China, mas tem muito a mostrar para quem a visita. O número de atrativos é tão grande quanto ao Parque Nacional do Iguaçu.

Na Visita Panorâmica, ônibus saem do Centro de Visitantes, param no Mirante Central para a observação do fervedouro, seguindo para o alto da barragem. Proibido para menores de 14 anos, o Circuito Especial tem paradas no interior da usina.

Nas noites de sexta e sábado, há um passeio para ver a iluminação da barragem no Mirante Central ao som de música clássica, passado também por baixo da comporta. Antes de chegar na portaria, o Ecomuseu retrata a história da usina – uma enorme maquete ajuda na explicação.

No Polo Astronômico, há sessões de planetário e observação do espaço a olho nu. Um pouco distante e com acesso externo, o Refúgio Biológico Bela Vista foi criado para receber os animais que foram retirados do Rio Paraná para a construção do Lago de Itaipu. Diariamente, em três horários, um catamarã percorre as águas do lago – a saída ao pôr do sol é a mais disputada.

2. Parque das Aves

No Parque das Aves, é possível conhecer os viveiros por dentro e ver de perto mais de 900 espécies de aves

Ao lado da portaria do Parque Nacional do Iguaçu, é um ótimo programa para fazer casado com as cataratas. Em uma hora percorre-se os vários viveiros com 143 espécies não só de aves, como também de répteis.

3. Foz do Iguaçu Park Show

O Vale dos Dinossauros apresenta 20 réplicas dos antigos habitantes de nosso planeta

Localizado na Rodovia das Cataratas, entre o Centro e o Parque Nacional, abriga, por hora, três atrações: o Museu de Cera Dreamland com personalidades como Ayrton Senna e Amy Winehouse em tamanho natural, o Maravilhas do Mundo, exibindo miniaturas de famosos monumentos, como o Taj Mahal, e o Vale dos Dinossauros, com réplicas cheias de sons e movimentos de 20 espécies.

4. Mesquita

Visita à Mesquita: momento religioso-cultural da viagem

A comunidade islâmica em Foz do Iguaçu marca presença com força. Aberta à visitação, para adentrar pela mesquita deve-se respeitar os preceitos da religião muçulmana: todos entram descalços e as mulheres cobrem o cabelo com véu (disponível no local). As visitas são guiadas

5. Templo Budista Chen Tien

Momentos de contemplação e silêncio no templo budista

Silêncio é um preceito básico para caminhar pelo belo jardim com 120 estátuas, a maior delas, um buda de 7 m e vista para a área central de Foz do Iguaçu e Ciudad del Este. Depois pode entrar no interior do templo. A falta de maiores explicações complica um pouco a visita

6. Show Latino-Americano e Iporã Lenda Show

Dentro da churrascaria, shows mostram as danças típicas e lendas das cataratas

As noites na Churrascaria Rafain, da Avenida das Cataratas, são bem animadas, apresentando dois shows com danças latinas, comprados separadamente. Às 20h45, com direito a jantar,o Show Latino-Americano, mostra músicas e danças típicas de oito países da região. Mais tarde, às 22h, o Iporã Lenda Show narra, em forma de dança, a história da origem das Cataratas do Iguaçu através de suas lendas.

7. Marco das Américas (Marco das Três Fronteiras)

Renovado, o Marco das Três Fronteiras tem um mirante novo e show de sons e luzes

Os tempos de abandono parecem ter chegado ao fim. Hoje administrado pela Cataratas S/A, o local, que literalmente fica na foz do Rio Iguaçu, com vista para Argentina e Paraguai, tornou-se um ótimo programa para o fim de tarde e início da noite. Entre seus atrativos estão um restaurante, um novo mirante e um espetáculo de som e luz em uma réplica de uma ruína jesuítica (a partir das 21h).

Anúncios

6 comentários

  1. O que mesmo é de Foz do Iguaçu para se ver, visitar?
    Por ser natural de Foz, sinto muita fraqueza nas coisas.
    Cataratas é “binacional”, assim como Itaipu.
    As 10 da noite a cidade para.
    Atrativos turísticos? Quais?
    Foz “deveria”, no mínimo ser uma “mini” Curitiba.
    Bosques, praças, lagos, etc.
    Onde é mesmo o Marco Zera da cidade?
    Onde está o busto de seu “descobridor” Cabeza de Vaca?
    O de Santos Dumont, enfiado e sem expressão lá no Parque, que é administrado pelo Governo Federal.
    Assim é Foz.
    Que dó!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s