Brasileiros retratam cenas clássicas de cinema e quadrinhos com incríveis fotografias de brinquedos

Uma câmera na mão e uma ideia divertida na cabeça: fãs de figuras de ação brasileiros se reúnem em um grupo do Facebook para compartilhar ótimas fotografias que têm brinquedos como modelos.

Trata-se do CAFA, ou Composição Artística com Figuras de Ação, que nasceu como grupo e agora também tem página. Os fotógrafos colocam os brinquedos em cenas clássicas dos quadrinhos, do cinema ou situações inusitadas, dando show de criatividade.

Além da parte curiosa, as fotografias são bem trabalhadas, com qualidade técnica inegável. E não é à toa: no grupo, há torneios de fotografia, desafios temáticos, eventos e, de tempos em tempos, são abertas inscrições para um curso online de fotografia chamado Instituto CAFA.

Confira algumas das imagens:

banda

15390696_687831404708951_8392096421098190959_n

15400397_687830988042326_6155149486843552834_n

15420933_687831088042316_8942121707046242904_n

casal

15492606_687831108042314_8290944811414364541_n

15349601_687831314708960_3538204272840443703_n

brinquedo

15337524_687831518042273_6013424758407752436_n

zelda

superhomem

coringa

15355689_687831134708978_3542567019665866911_n

15380668_687831504708941_8145554789845871307_n

17098390_730751533750271_3552535262707631039_n

street

peixes

lego sexy

heman

Fotos sem crédito: Reprodução/CAFA

Anúncios

Tente não se apaixonar por esse hotel feito de contêineres 2.200 metros acima do nível do mar

Quadrum-92-58b7e309bfd6a__880

Uma vista espetacular da janela e ambientes aconchegantes dentro de uma construção inovadora: como ver as imagens do hotel Quadrum e não sentir vontade de se teletransportar para as montanhas nevadas de Gudauri, na Geórgia?

O Quadrum, que é definido como um resort de Esqui e Yoga, foi projetado pelos arquitetos Sandro Ramishvili e Irakli Eristavi para que o formato triangular remetesse ao da geografia que o circunda. Gudauri é um destino turístico famoso na Geórgia, com atrações como esqui, snowboard e parapente, disponíveis do fim de dezembro ao fim de abril.

Além disso, toda a estrutura foi construída aproveitando contêineres, o que os responsáveis pelo hotel garantem ser uma escolha ecologicamente amigável, já que a construção não afetou o ambiente ao redor e teve a produção de entulho drasticamente reduzida.

Quadrum-93-58b7e30d4b3b8__880

Quadrum-17-58b7e25b6fffe__880

Quadrum-33-58b7e284534d3__880

Quirky-shipping-container-hotel-at-2200-meters-above-sea-level-58b9312238a31__880

Quadrum-2-58b7e1ffb9e9a__880

Quadrum-86-58b7e2fa8b375__880

Quadrum-83-58b7e2eadc6ff__880

Quadrum-62-58b7e2d57bf19__880

Quadrum-92-58b7e309bfd6a__880

Quadrum-60-58b7e2c404f08__880

Quadrum-6-58b7e213be0eb__880

Quadrum-9-58b7e229df1a8__880

Quadrum-11-58b7e231a3c27__880

Todas as fotos © Quadrum e Copter

Menina de 5 anos recria fotos de mulheres que a inspiram no mês da história negra nos EUA

Para celebrar criativamente o Mês da História Negra, Cristi Smith-Jones e Lola, sua filha de 5 anos, propuseram um projeto fotográfico especial. Cada dia de fevereiro, Cristi clicou a pequena Lola recriando retratos de mulheres negras inspiradoras da história.

Com roupas parecidas, acessórios improvisados (incluindo óculos de seu pai e joias de sua mãe), penteados semelhantes, poses e expressões impressionantes, Lola canaliza uma ampla gama de icônicas mulheres afro-americanas – de líderes de direitos civis como Rosa Parks, Coretta Scott King e Angela Davis a artistas como Josephine Baker e Nina Simone.

Com uma seleção tão variada, Cristi espera que Lola saiba mais sobre a História Negra e as muitas figuras femininas que a moldaram. “Tentei escolher um grupo diverso com origens variadas“, ela disse ao Huffington Post. “Eu queria destacar suas realizações, independentemente de suas opiniões pessoais ou políticas. Ela só precisa saber como elas afetaram o mundo, então escolhi mulheres que poderiam ensinar a ela uma lição de alguma forma”, contou.

Lola adorou o projeto, pois, graças a sua mãe, a História Negra sempre foi familiar para ela. Além da série de um mês, Cristi ensinou Lola sobre cultura afro-americana através de vídeos educacionais, filmes, livros informativos e discussões esclarecedoras.

Para compartilhar o interesse inspirador da filha com o público, Cristi postou cada foto em sua conta no Twitter, onde é possível ver o projeto completo.

Veja algumas fotos:

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-10

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-2

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-3

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-4

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-5

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-6

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-7

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-8

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-9

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-11

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-12

cristi-smith-jones-black-history-month-photo-project-african-american-women-13

Todas as fotos © Cristi Smith-Jones e Lola

O que aconteceu quando pessoas permitiram ser tatuadas às cegas por um artista famoso

Você tem a chance de ter seu antebraço tatuado de graça por ninguém menos que Scott Campbell, um profissional super talentoso e renomado. Porém, para isso precisa colocar o braço no buraco de uma parede e aguardar até que a tattoo seja feita, às cegas. Você toparia?

Em um projeto chamado Whole Glory (“Glória Completa”, em tradução livre), Campbell se propôs a tatuar desconhecidos através de um buraco na parede, garantindo a ele total liberdade na escolha do desenho e na produção da tattoo.

Ao todo, foram 25 tatuagens exclusivas feitas no antebraço e uma experiência no mínimo curiosa. “Eu acho que existe um pouco de mágica nessa dinâmica de escolher uma carta do baralho“, disse ele ao comentar o experimento e o fato de que as pessoas seriam tatuadas sem conhecer ou aprovar o desenho previamente.

Confira algumas das tattoos realizadas durante o projeto:

scott-campbell

scott-campbell2

scott-campbell3

scott-campbell4

scott-campbell5

scott-campbell6

scott-campbell8

scott-campbell9

scott-campbell10

scott-campbell11

scott-campbell12

scott-campbell13

scott-campbell14

scott-campbell15

Todas as fotos © Scott Campbell