Os cientistas não sabem onde essa cachoeira termina

chaleira do diabo cachoeira

A “Chaleira do Diabo” não é o nome de um filme de terror trash. Na verdade, é um buraco localizado no rio Brule em Minnesota, nos Estados Unidos.

Esse rio é muito legal. Em um certo ponto, ele se divide em duas cachoeiras diferentes, em uma paisagem muito bonita. A primeira alimenta o Lago Superior, no mesmo estado americano, já o destino da segunda é muito mais misterioso.

A cachoeira cai em um grande buraco, e ninguém sabe onde essa água toda vai parar. Está muito difícil de descobrir.

Não dá para explicar

Nem cientistas nem entusiastas da natureza conseguiram resolver esse enigma. Já foi tentado de tudo para tentar desvendar onde METADE do rio vai parar, desde jogar colorante na água da cachoeira que cai dentro da Chaleira, até lançar um GPS no buraco (se você está curioso, o sinal se torna indetectável uma vez que fica mais próximo do… Diabo).

chaleira do diabo cachoeira2

Esses buracos são formações geológicas muito comuns em Minnesota. Os cientistas têm certeza que eles não são túneis muito longos, digamos, com milhares de quilômetros, uma vez que são formados de riolite, uma rocha vulcânica muito dura que não erode com água.

https://vivimetaliun.files.wordpress.com/2017/05/7c4e5-ft3.jpg?w=812&h=609

Então, é realmente bizarro que não consigamos saber para onde a água está indo. Será que tem uma falha geológica ou um túnel de lava embaixo, que está “capturando” o rio? Os cientistas acham improvável, especialmente porque não há evidência de nada disso.

Sobrenatural?

Não dá para descartar a existência de forças sobrenaturais sugando a água para um universo diferente, mas as possibilidades mais prováveis são ainda mais empolgantes: algum fenômeno geológico ainda não descoberto pode ser responsável por este mistério bizarro. [ScienceDump]

Anúncios

2 comentários

  1. Pingback: O LADO ESCURO DA LUA

  2. Pingback: Os cientistas não sabem onde essa cachoeira termina – A luz de bons preceitos humanos, refletirá um estado de equilíbrio harmônico com tudo que vemos e com o que não vemos .Apenas sentimos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s