Como presidiários estão ajudando a conter o grave sumiço das abelhas nos EUA

No início, era apenas um “hobby” do detento Charles Roark, que cumpre pena de 26 anos por assalto a mão armada e posse ilegal de armas na prisão de Airway Heights Corrections Center, em Washington.

Hoje, ele e outros 50 detentos de 7 prisões do estado estão envolvidos no projeto, desenvolvido em parceria com o Departamento de Correções de Estado. Todos eles passaram por um treinamento especial, e são responsáveis pelo cuidado e desenvolvimento de 30 colmeias, com 60 mil abelhas cada.

Os detentos criaram até o Clube da Abelha, onde fazem reuniões mensais para discutir diversas técnicas de apicultura. Para eles, o projeto se tornou uma maneira de aprender algo e desenvolvendo uma nova habilidade para ajudar na busca de um emprego quando cumprirem suas penas.

58dbe36514000020000722e5

58dbe38a1d0000cf3b7d1298

Já para a sociedade norte-americana, o benefício é enorme, uma vez que as abelhas entraram para a lista das espécies ameaçadas de extinção em janeiro deste ano. Se o projeto fosse inserido em prisões de outros estados, estima-se que o impacto ambiental seria ainda maior.

Uma maneira inteligente de ensinar algo novo aos detentos, não só ocupando o tempo ocioso que passam na prisão mas também ajudando-os a se reinserir no mercado de trabalho, além de cuidar no meio-ambiente.

58dbe41714000088060722e9

58dbe47714000020000722ea

Imagens © Huffington fonte Via

Anúncios

1 comentário

  1. Pingback: Como presidiários estão ajudando a conter o grave sumiço das abelhas nos EUA – A luz de bons preceitos humanos, refletirá um estado de equilíbrio harmônico com tudo que vemos e com o que não vemos .Apenas sentimos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s