Ela fotografou o Japão de forma poética – e nós estamos apaixonados

japao6

Conhecido como “A Terra do Sol Nascente“, o Japão é daqueles lugares que encantam qualquer viajante. Uma caminhada por suas ruas permite curtir o melhor da cultura de um país em que moderno e tradicional se misturam de maneira única. E essa fotógrafa da França clicou toda a beleza do Japão em imagens repletas de poesia.

Ksenia Vysotskaya esteve recentemente no Japão durante o verão. Em sua viagem, ela se inspirou na tranquilidade da vida no país para criar imagens repletas de significado. São fotografias que inspiram silêncio – daí o nome da série “Japon en Silence“.

Nos apaixonamos pelas imagens – e temos certeza de que você também vai amar!

japao1

japao3

japao2

japao4

japao5

japao6

japao7

japao8

japao9

japao10

Todas as fotos © Ksenia Vysotskaya ;fonte: via

Homem fascinado pela saga ‘O Senhor dos Anéis’ cria sua própria casa ao melhor estilo hobbit

HobbitHouse8

Um grande livro é capaz de fazer você mergulhar em seu universo de tal forma, que é como se estivesse de fato vivendo os dilemas dos personagens – como se o mundo ao seu redor se tornasse o cenário retratado em suas páginas. Alguns fãs, porém, levam tal sentimento ao extremo, tornando-o literal, e passam a de fato viver como se estivessem no cenário de sua história preferida.

É o caso do escocês Stuart Grant, que, de tão apaixonado pelo universo criado por J. R. R. Tolkien na série O Senhor dos Anéis, decidiu construir sua casa como se fosse de fato a casa de um Hobbit – e o resultado impressiona.

HobbitHouse4

A história foi contada pela sobrinha de Stuart, que garante que, ainda que a casa tenha sido construída na década de 1980, ela ainda se espanta toda vez que o visita. Por fora, a casa é coberta de musgo e plantas, e a porta arredondada te leva para um universo à parte – o universo de Tolkien.

HobbitHouse2

HobbitHouse19

Tetos baixos e a mobília e decoração aconchegantes faz com que parece que de fato você está na casa de um hobbit. Segundo sua sobrinha, Stuart adora receber visitas e mostrar a casa – só não é possível para quem for muito alto.

HobbitHouse18

HobbitHouse17

HobbitHouse16

HobbitHouse15

HobbitHouse14

HobbitHouse13

HobbitHouse12

HobbitHouse11

HobbitHouse10

HobbitHouse9

HobbitHouse8

HobbitHouse7

HobbitHouse6

HobbitHouse5

HobbitHouse3

HobbitHouse1

Stuart em seu jardim

Todas as fotos © Stuart Grant;fonte: via

Ela foi diagnosticada com um câncer terminal e decidiu fazer um tocante ensaio de casamento sozinha

noiva12

O que você sempre quis fazer na vida e ainda não realizou? No caso da taiwanesa Q May Chen, de 27 anos, o seu desejo sempre foi se casar. Porém, após ser diagnosticada com câncer de mama em um estágio em que a doença já não possui cura, ela decidiu ir atrás do seu sonho do jeito que fosse possível. O resultado foi um lindo ensaio de casamento – sem noivo.

Q May Chen já havia sido diagnosticada com câncer quatro anos antes. Porém, na época, ela foi considerada curada após o tratamento. Dois anos depois, a doença voltou com tudo e os médicos consideraram que já não havia cura. Mesmo assim, ela decidiu aproveitar ao máximo o tempo que lhe resta de vida.

noiva3

Ao Buzzfeed, a jovem contou que sempre gostou de se arrumar e sonhava em fazer o seu próprio ensaio de casamento quando se casasse. Como o casamento não veio, ela decidiu fazer as fotos sozinha, como uma forma de se empoderar e levar esperança a outras vítimas de câncer.

As fotos foram clicadas há cerca de um ano. Para 2017, ela espera levar esse “casamento” ainda mais longe fazendo uma lua-de-mel ao lado de sua mãe. As duas devem ir para Bali nos próximos meses para celebrar a vida e mostrar que ela pode ser bonita com ou sem câncer!

noiva4

noiva13

noiva12

noiva11

noiva10

noiva9

noiva8

noiva7

noiva6

noiva5

Todas as fotos: Reprodução Facebook;fonte: via

Essa é a maior, mais antiga e mais impressionante biblioteca online de sons da natureza

suindara

Você conhece o som feito por um flamingo? Já ouviu o canto do tucano-de-bico-verde? E o barulho da tartaruga-gigante-de-seychelles? Tudo isso e muito, muito mais está disponível na Biblioteca Macaulay, um enorme acervo de sons de animais mantido pela Cornell University.

Os pesquisadores da Universidade levaram 12 anos para catalogar e disponibilizar na internet o acervo de sons e imagens do museu. Atualmente, são mais de 200 mil arquivos de áudio, além de 56 mil vídeos e cerca de 3 milhões de fotos de mais de dez mil espécies! Tudo isso resulta em mais de 10 terabytes de dados, e a lista continua aumentando.

Pássaros dominam a grande maioria dos registros. Isso porque a Biblioteca Macaulay surgiu de estudos de ornitologia, o ramo da biologia que se dedica às aves. Linda e William Macaulay foram grandes colaboradores do acervo, inciado em 1929, sendo que ela gravou os cantos de mais de 300 pássaros até então raros.

O site, em inglês, conta com um sistema de busca eficiente. Várias das entradas acompanham informações sobre a espécie, além de observações sobre o contexto em que os áudios foram capturados. A coleção sonora da biblioteca é considerada a mais importante do mundo, e está tudo disponível para audição de graça.

Tartaruga-Gigante-de-Seychelles

Aldabra giant tortoise

https://macaulaylibrary.org/audio/167813/play

Coruja Suindara (gravado no Brasil)

suindara

https://macaulaylibrary.org/audio/19011/play

Flamingo-Pequeno

flamingo-pequeno

https://macaulaylibrary.org/audio/2440/play

Tucano-de-bico-verde (gravado no Brasil)

tucano bico verde

https://macaulaylibrary.org/audio/174406/play

Inhambu-Relógio (gravado no Brasil)

inambu

https://macaulaylibrary.org/audio/88424/play

Todas as fotos © Biblioteca Macaulay;fonte: via