Você precisa conhecer este maravilhoso café na Guatemala

Elevando-se a uma altura total de 15 metros, o Madero Café surge como um objeto vermelho imponente localizado em uma das rodovias mais movimentadas na cidade da Guatemala. O lado externo do estabelecimento também chama atenção pelos carros coloridos que parecem ter perfurado o prédio, o que o torna interessante mesmo para quem o vê do lado de fora.

01

No entanto, é dentro do restaurante onde o projeto ganha vida. Mergulhado em texturas e cores, o espaço central é iluminado por claraboias, enquanto a água da chuva do telhado é coletada em tanques azuis e é usada para regar as plantas. Enquanto isso, um azulejo de concreto feito sob medida foi usado para o piso com um padrão aparentemente aleatório que serve como um guia de orientação – permitindo que as pessoas circulem em torno do núcleo do serviço de cozinha e banheiros e explorem as várias peculiaridades do café.

02

Concebido como uma “estufa”, o jantar é ao ar livre, sem partição de vidro que o separe das passarelas adjacentes. O exterior apresenta persianas dobráveis personalizadas compreendidas de painéis de aço. Esta fachada apresenta a maior parte do edifício, dando a impressão de um todo unificado visto de todos os lados.

05

04

03

Todas as fotos © Madero Café fonte: via

Uma viagem pela Londres da década de 70 que vai te dar vontade de desbravar essa cidade

Uma incrível coleção de fotografias de Londres tiradas na década de 70 está disponível no Flickr, sem que quase ninguém saiba. São mais de 800 fotografias, aparentemente tiradas por um turista norte-americano em 1972, quando fez uma viagem ao país da rainha.

Elas fazem parte da coleção de Glen F., que conta com outras dezenas de álbuns incríveis no seu perfil do site. “Eu descobri que os americanos tendem a tirar fotos de coisas normais que os britânicos nunca fotografam, como sanduíches!“, diz Glen que, com a ajuda de outros internautas, está identificando os locais de cada imagem. Pura nostalgia! Confira:

1970s-london-photos-6

1970s-london-photos-12

1970s-london-photos-14

1970s-london-photos-17

1970s-london-photos-19

1970s-london-photos-20

1970s-london-photos-22

1970s-london-photos-23

1970s-london-photos-24

1970s-london-photos-27

1970s-london-photos-29

1970s-london-photos-31

Todas as fotos © Glen F. fonte: via

Ele recriou uma vídeo locadora dos anos 1980 em seu porão

Quem já passou ou está ao redor dos 30 anos se lembra bem do prazer de escolher um filme para assistir em uma locadora – sem as infinitas opções que hoje a internet nos oferece: um filme, que depois teria de ser devolvido no prazo, devidamente assistido – e muitas vezes rebobinado! Pois, por mais maravilhosa que seja a possibilidade de assistir todos os filmes do mundo que hoje a tecnologia, nos permite, havia um prazer na experiência de uma locadora que se perdeu – ou quase: o colecionador americano Jason Champion oferece exatamente essa volta no tempo em sua Champion Video.

CVideo7

Localizada na cidade de Houston, no Texas, a Champion Video é exatamente como uma locadora do passado: são cerca de 4.500 títulos em VHS, em sua maioria da década de 1980, com as paredes cobertas de pôsteres da época, um cartão de fidelidade para os sócios, e ainda um computador de tela azul, também da década de 1980, por onde ele controla o fluxo de entrada e saída dos filmes. Sem tirar nem por, a perfeita experiência de ir a uma locadora nos anos 1980 e 1990.

CVideo6

CVideo5

“Eu sinto muita falta de passar um tempo procurando um filme nas prateleiras, virando as caixas para ver as artes ridiculamente legais (ou horríveis) das fitas”, ele diz. “A ideia da minha loja é dar às pessoas este exato tipo de sensação: a emoção de descobrir um filme que muitos nem sabiam que existia ou que amavam e tinham esquecido. Essa é uma experiência que as pessoas nem lembram mais como era”.

CVideo4

CVideo3

Jason não vê problema algum no streaming, mas investe na força da experiência tangível, tátil de selecionar um filme com as próprias mãos. Sua loja ainda é frequentada essencialmente por seus amigos e familiares. Ele planeja, porém, que ela se torne de fato um negócio rentável no futuro – ou seria no passado?

CVideo2

CVideo1

© fotos: reprodução,fonte: via

Montanhas do Espírito Santo são destino inusitado e imperdível

Mesmo sendo vizinho de estados com praias paradisíacas, o litoral do Espírito Santo acaba não fazendo tanto sucesso como o da Bahia e do Rio de Janeiro. Talvez por conta da cor do mar, talvez por pura injustiça mesmo.

Mas para compensar, é só subir a serra para se surpreender com as belezas naturais capixabas. A Região das Montanhas, como é conhecida, é um roteiro de tirar o fôlego que passa por oito municípios, entre eles Castelo e Domingos Martins.

1rd-serra-azul

1-parque-estadual-do-forno-grande-by_vessoni

Famoso pela produção de orgânicos e por conta da culinária com forte influência européia, o local é o destino certo para quem curte aventura, adrenalina e emoção, com diversos parques, trilhas, piscinas naturais e estradas cenográficas.

Entre as atrações imperdíveis estão o Parque Estadual da Pedra Azul, a 50km de Domingos Martins, a Rota do Lagarto, uma trilha com sete quilômetros de extensão, e o Parque Estadual do Forno Grande, que conta com diversas trilhas, entre elas a Trilha do Mirante da Pedra Azul, que possui uma vista espetacular. E aí, está esperando o que para programar as próximas férias pra lá?!

ABRE_PEDRA-AZUL-BY-VESSONI

ROTA-DO-LAGARTO_BY-VESSONI

cachoeira-santa-luzia-10

Imagens © Eduardo Vessoni/Montanhas Capixabas fonte: via