Acervo online com 2,2 milhões de fotografias revela pontos pouco conhecidos da história

Milhares de museus e galerias de arte da Europa vêm dedicando os últimos anos a digitalizar seus acervos. Uma plataforma online chamada Europeana reúne mais de 50 milhões de obras de 3300 entidades, e uma das coleções é capaz de revelar partes da história que você provavelmente não conhecia.

A Europeana é atualizada constantemente e seus curadores costumam organizar coleções temáticas bem interessantes, como uma sobre um projeto abandonado por Leonardo Da Vinci, estes antigos cartões postais do Leste Europeu e uma galeria que mostra como a beleza natural do continente inspirou artistas durante vários séculos.

Chamada de “The Past But Not As You Know It” (algo como “O Passado, Mas Não Como Você o Conhece”), esta coleção reúne imagens curiosas de experiências médicas, exercícios físicos, profissões peculiares e relações entre humanos e animais, tudo do começo do século XX.

Cirurgias plásticas do começo do século, crianças montadas em porcos, pessoas cujo trabalho era pegar ratos, ou os pintores da Torre Eiffel. Tem isso e muito mais na galeria. Dá uma olhada!

Medicina

Duas das primeiras cirurgias plásticas de nariz

J++Sheehan+Plastic+Surgery+of+the+Nose+resize

Médico usa fio telefônico para tentar achar bala dentro do braço de paciente

Surgery-using-a-telephone-probe-to-locate-a-bullet

Médico veste traje anti-praga do século 17

A-physician-wearing-a-seventeenth-century-plague-preventive-costume-17th-century+

Profissões curiosas

Funcionários empilham garrafas de cerveja em fábrica

42++Stacking+bottles

A cidade de Liverpool pagava estes homens para caçar ratos

Liverpool-Port-Sanitary-Authority-rat-catchers

Depois, eles mergulhavam os animais em baldes com gasolina para matar pulgas, acreditando controlar doenças

Ract-Catchers-dipping

Foi assim que a Torre Eiffel foi repintada…

Repainting+of+the+Eiffel+Tower

Repainting+of+the+Eiffel+Tower+2

Repainting+of+the+Eiffel+Tower+3

Exercício e diversão

Dança folclórica holandesa

51++Dutch+Folk+Dances

Competição de ginástica na França

Gymnastics+competition+human+pyramid

Guarda russo dança e se diverte

Russian-guardsmen-having-fun-and-dancing

Estudantes se exercitam na Grécia

Student+Athe

Edmond Desbonnet, fisiculturista francês

2-photographs-of-bodybuilder-and-professor-Desbonnet

Exercício na praia

Scene-on-the-beach-of-Egypt

Era assim que se ensinava a esquiar

53++Ski+Gymnastics

Animais

Criança montada em porco

kid-and-hog

Homens ao redor de uma ema

Pets-Mr-Wingfield-three-men-around-a-emu

Criança com sua raposa de estimação no País de Gales

A-tame-fox-cub-at-home-2

Irmãos gêmeos ordenhando vacas no País de Gales

Twins+from+Llandderfel+who+milk+their+cow+everyday+to+get+milk+for+their+cats

Mulheres exibem suas cobras na França

Two-women-with-their-snakes

Todas as fotos: Reprodução/Europeana fonte: via

Esta sofisticada coleção de móveis foi toda inspirada em origamis

A designer Aljoud Lootah estava em um momento de bloqueio criativo quando resolveu pegar pequenos post-its e ficar dobrando os papeis para passar o tempo. No meio da atividade trivial surgiu um estalo de criatividade e a ideia que ela tanto procurara apareceu: uma coleção de móveis inspirados em origamis.

Foi assim que surgiu a série Oru, cujo nome é inspirado no verbo Dobrar em japonês (o mesmo que dá origem à palavra “origami”). “A ideia por trás dos designs é mostrar que dobrar uma folha bidimensional pode criar formas tridimensionais que ainda têm funções práticas”, comenta.

Aljoud-Lootah-The-Oru-Origami-Furniture-2

A série é composta por quatro móveis: uma mesinha com lâmpada dentro, um espelho decorativo, uma cadeira e um pequeno armário com prateleira para livros. Tudo é feito com madeira teca, feltro e cobre. Segundo a designer, o maior desafio foi mesmo transplantar as ideias do papel para a madeira.

Para isso, Lootah seguiu uma rotina: criar os modelos em papel, depois reproduzi-los em modelos pequenos de acrílico e, finalmente, as versões finais na madeira. O grande objetivo da designer é complementar forma e função, quase sempre utilizando padrões, dobraduras e figuras geométricas como base para os trabalhos.

AljoudLootahPortrait-866x1024

Aljoud-Lootah-The-Oru-Origami-Furniture-7

Aljoud-Lootah-The-Oru-Origami-Furniture-6

Aljoud-Lootah-The-Oru-Origami-Furniture-5

AljoudLootah_Cabinet2-875x1024

Aljoud-Lootah-The-Oru-Origami-Furniture-9

Aljoud-Lootah-The-Oru-Origami-Furniture-8

Todas as fotos © Aljoud Lootah fonte: via

Fotógrafo capta a beleza natural das flores de cerejeira no Japão

A floração das sakuras (ou cerejeiras) são um verdadeiro show da natureza. No Japão, elas acontecem entre março e maio, e diversas festas são organizadas para a população celebrar o nascimento dessas flores tão bonitas, delicadas e coloridas.

E o fotógrafo Yuchi Yokota, baseado em Tóquio, no Japão, aproveitou esse espetáculo para fazer fotografias incríveis das flores, que ficam nas árvores de uma a duas semanas, para então caírem e formarem lindos tapetes no chão. Pra sonhar acordado! Confira:

tumblr_oo3gxqRzjj1r6mw91o1_1280

tumblr_oo3gxqRzjj1r6mw91o2_1280

tumblr_oo3gxqRzjj1r6mw91o4_1280

tumblr_oo3gxqRzjj1r6mw91o5_1280

tumblr_oo3gxqRzjj1r6mw91o8_1280

tumblr_oo3gxqRzjj1r6mw91o9_1280

tumblr_oo8bw5sdRG1r6mw91o1_1280

tumblr_oogq0iYnHr1r6mw91o3_1280

tumblr_oogq0iYnHr1r6mw91o4_1280

tumblr_opjuzyA0VG1r6mw91o1_1280

tumblr_opjuzyA0VG1r6mw91o3_1280

tumblr_opjuzyA0VG1r6mw91o4_1280

tumblr_opjuzyA0VG1r6mw91o5_1280

Todas as fotos © Yuichi Yokota fonte: via

Por que você precisa fazer o Nakasendo, o centenário caminho das montanhas no Japão

naka3

Quando falamos aqui sobre os lugares que você precisa conhecer no Japão, mencionamos a rota Nakasendo. Não foi por acaso: o caminho entre as montanhas era usado como uma estrada comercial durante o século 17. Até hoje, ele pode ser percorrido a pé pelos viajantes que buscam acompanhar mais das belezas do país no seu próprio ritmo.

A caminhada é feita por áreas montanhosas (o nome significa “Caminho entre as montanhas”) e, em alguns casos, rurais. O percurso é indicado para qualquer pessoa que tenha o hábito de caminhar ocasionalmente e consiga realizar caminhadas diárias de até três ou quatro horas.

naka1
Foto: Daderot / Foto destaque: 663highland

Considerado uma das cinco rotas do período Edo (1600-1868), o caminho é também uma das duas únicas que conectavam Edo (onde hoje se encontra Tóquio), com a cidade de Quioto. Segundo o Web Japan, a estrada teria uma extensão total de 533 quilômetros.

naka2

Foto: 663highland

Embora tenha sido de grande importância, o caminho caiu em desuso durante a Era Meiji (1868-1912) quando as ferrovias passaram a ser os principais meios de transporte de longa distância no país. Apesar disso, alguns trechos da estrada foram preservados e hoje atraem a atenção de turistas que visitam a região buscando conhecer mais da história do país.

naka3

Foto: 663highland

É possível contratar tours para fazer o trajeto ou parte dele. Uma das empresas que oferece o serviço é a Walk Japan, onde os viajantes também podem encontrar mais informações sobre a caminhada. No site da empresa, é possível encontrar trechos saindo de Nagoya e terminando em Matsumoto, por exemplo, com uma duração aproximada de cinco dias de caminhada. Esse trecho é conhecido como Estrada Kiso e considerado um dos mais bonitos e preservados do caminho de Nakasendo.

naka4

Foto: Qurren

naka7

Foto: 663highland

naka6

Foto: Monami

naka5

Foto: Monami fonte: via