Ele cria tatuagens complexas e originais com apenas uma linha

Enquanto a maioria das tatuagens recorre a um milhão de imagens, cores, símbolos e significados para causar impacto, o trabalho do artista iraniano-alemão Mo Ganji utiliza somente uma linha – e com isso exibe beleza e força como poucos. Quem nunca tentou fazer um desenho sem tirar a caneta do papel? Pois é exatamente isso que Mo Ganji faz com suas tatuagens. O resultado, porém, é incrível.

MoGanji15

Pois é justamente na simplicidade, no minimalismo e na objetividade de seus desenho que reside sua maior força – tornando assim o simples profundamente complexo, tanto quanto a explicação que o artista dá para a escolha de seu estilo. “Tudo surge da mesma energia. Se eu morrer, me torno uma árvore, e os pássaros comem essa árvore e se transformam em mim. Tudo é uma coisa só. Uma energia contínua que segue em frente”, ele diz.

MoGanji12

Hoje Mo Ganji vive em Berlim e se dedica desde 2014 somente à tatuagem, que primeiro ele desenvolve em detalhes no papel, para depois aplicar sobre o corpo das pessoas. Tendo migrado do Irã para a Alemanha com seus pais quando tinhas 2 anos, sua vida é vivida com a mesma simplicidade intensa de seu trabalho, segundo ele próprio, em nome de sua felicidade, e não do dinheiro ou do sucesso, como parte da linha contínua que une a todos.

MoGanji6

O tatuador Mo Ganji

MoGanji16

MoGanji14

MoGanji13

MoGanji11

MoGanji5

MoGanji7

MoGanji8

MoGanji9

MoGanji10

MoGanji4

MoGanji3 MoGanji2 MoGanji1

© fotos: Mo Ganji  fonte: via

Fotógrafo cria composição maravilhosa que simula a lua cheia sendo trocada

O sueco Erik Johansson se define como fotógrafo surrealista. Ele combina seus conhecimentos com a câmera e o Photoshop para transformar ideias um tanto malucas em lindas obras. Se você é dessas pessoas que não resiste a uma lua cheia, vai ficar impressionada com seu último trabalho.

full-moon-service

Em Full Moon Service (“Serviço da Lua Cheia”), Johansson brinca transformando a mudança de fase da lua em uma troca feita por uma empresa especializada. Apesar de ter o Photoshop como aliado constante, ele diz que sempre se esforça para que pareça ser possível que a imagem seja capturada normalmente.

Ele mantém um canal no YouTube no qual publica vídeos mostrando as etapas por trás de cada criação. Para Full Moon Service, que começou como um rascunho rabiscado, assim como quase todos seus trabalhos, ele utilizou luminárias de papel arroz e levou duas modelos e uma van até um campo de seu país natal.

impact

lago

apple8

bottle

cloud_erikjohansson_final

cutting-dawn

wakeupcall_final5

dontworry

dreamwalker

free-breakers

grass-fall

Gostou? Você pode acompanhar as novas criações do artista em seu Facebook ou Instagram.

Todas as fotos © Erik Johansson  fonte: via

Fotos icônicas percorrem os 50 anos da revista Rolling Stone, da música e da cultura pop

Nenhuma outra publicação foi tão impactante no desenvolvimento e afirmação do rock e da música pop em nossos imaginários coletivos (principalmente juvenis) como a revista americana Rolling Stone. Não é exagero dizer que a revista ajudou a dar cara, texto, opinião e sentido aos mais importantes momentos musicais da segunda metade do século XX – estar na capa da Rolling Stone sempre foi e, apesar da crise financeira e de representatividade que as publicações em papel hoje atravessam, ainda é estar no topo do universo pop – pelo menos enquanto a revista circular.

RS50_3

RS50_2

O primeiro número da Rolling Stone, com John Lennon e o Festival de Monterey na capa

O primeiro número da Rolling Stone circulou em novembro de 1967, ainda em papel de jornal no formato tabloide, com o artigo principal sobre o festival de Monterey e trazendo uma foto de John Lennon na capa. Desde então ela se tornou uma revista, assim como uma referência não só nas reportagens musicais, como em matérias sobre política, crítica cultural, comportamento e juventude.

RS50_Mick Jagger, Herb Ritts - Trunk Archive, 1987

Mick Jagger © Foto: Herb-Ritts/Trunk-Archive, 1987

Ao completar 50 anos, a mais importante revista cultural e musical do mundo reuniu a fina flor de seus colaboradores, no livro Rolling Stone: 50 years: the music, politics and people that changed our culture (Rolling Stone: 50 anos: a música, política e pessoas que mudaram nossa cultura)  repleto de reportagens e, principalmente, fotografias, em uma celebração visual do legado criado pela publicação.

RS50_Madonna_Herb Ritts 1987

Madonna © Foto: Herb Ritts, 1987 

Gigantes do jornalismo como Hunter S. Thompson, Matt Taibbi, David Harris se juntam a gênios da fotografia como Annie Leibowitz, Herb Ritts, Mark Seliger para rechear o livro. Nas imagens, nada menos que os maiores nomes da música, como Bob Dylan, Bob Marley, Mick Jagger, Kurt Cobain, Madonna e muito mais.

RS50_Michael Jackson, © Henry Diltz, 1971

O pequeno Michael Jackson © Foto: Henry Diltz, 1971

Criada por Jann Wenner – que até hoje segue como o editor-chefe da revista – na cidade de São Francisco, na California, hoje a revista foca tanto em entretenimento quanto em comportamento, mas sem abrir mão da música como pano de fundo essencial – assim, a Rolling Stone viria a se tornar tão icônica quanto os artistas que ela reportou ao longo de seus 50 anos de vida.

RS50_Britney Spears, © David LaChapelle Studio Inc., 1999

Britney Spears © Foto: David LaChapelle Studio Inc., 1999

RS50_David Bowie, Herb Ritts - Trunk Archive, 1987

David Bowie © Foto: Herb Ritts – Trunk Archive, 1987

RS50_Beastie Boys, Mark Seliger, 1998

Beastie Boys © Foto: Mark Seliger, 1998

RS50_BB King_Albert Watson 1989

B.B. King © Foto: Albert Watson, 1989

RS50_Nirvana, Mark Seliger, 1992

Nirvana © Foto: Mark Seliger, 1992

RS50_Adele_Theo Wenner 2015

Adele © Foto: Theo Wenner, 2015

RS50_Pete Townshend_Baron Wolman 1967

Pete Townshend © Foto: Baron Wolman, 1967

RS50_Ringo Starr_Mark Seliger 1992

Ringo Starr © Foto: Mark Seliger, 1992

RS50_Marilyn Manson_Matt Mahurin 1996

Marilyn Manson © Foto: Matt Mahurin, 1996

RS50_Dr. Dre and Snoop Dogg, Mark Seliger, 1993

Dr. Dre and Snoop Dogg © Foto: Mark Seliger, 1993

RS50_Joni Mitchell, Baron Wolman - © Iconic Images, 1968

Joni Mitchell © Foto: Baron Wolman – Iconic Images, 1968

RS50_Grateful Dead_Baron Wolman1967

Grateful Dead © Foto: Baron Wolman, 1967 fonte: via

Impossível não sorrir com estes hilários balanços caninos

Seu dia está difícil? As coisas não estão dando certo ultimamente? O noticiário não está lá muito animador? Bom, se essas fotos de catioros se divertindo ao brincar em balanços não te deixarem mais leve vai ser difícil saber o que irá.

Colocar cães para brincar em balanços parece ser uma diversão em outros países já há algum tempo, tanto que tem até vídeos de compilação para mostrar várias das reações divertidas dos animais.

Se as imagens te inspirarem a testar com seu bichinho, tome cuidado: eles devem ser colocados de forma parecida como sentam no chão para não forçar a coluna. Além disso, nem todos os animais acham a atividade tão legal. Se o seu não gostar, o melhor é respeitar e não insistir.

swings9

UssIsydQ7tgniaPhHs3rQuQ0kiOLnxvt6j4hXyqSXM4

balanço 2

swings6

balanço 7

balanço 8

balanço3

balanço5

swinging_dogs_07

swing 8

bbyLUdo0PvVuYj1Zw9STXV_ilvp68_j_RzDYGIvPifc

balanço6

balanço 9

swings5

Fotos: Reprodução/Internet fonte: via