Essas fotos de animais grávidos são a coisa mais querida que você vai ver hoje

Já reparou que quando cruzamos com uma mulher grávida, uma sensação de conforto invade nossa mente? E que a sensação é parecida ao nos depararmos com qualquer tipo de animal (claro, caso seja uma cobra ou um tubarão, o conforto rapidamente some, e somos invadidos pelo medo e pavor).

E o que poderia ser melhor do que isso? Juntar as duas coisas. Então, para deixar sua quarta-feira mais feliz, fizemos uma seleção de fotos de animais prenhes, que com certeza vão arrancar um suspiro até do coração mais duro. Confira:

Gatínea

Catiorínea

Coelínea

Furão-fêmea

Vaquínea

Leoa

Tigre-fêmea

Elefantínea

Todas as imagens © Imgur/StockSnap/fonte:via

Fotografia do Dia

65 anos de casamento retratados em um ensaio emocionante

Cinco anos atrás a fotógrafa americana Megan Vaughan realizou o trabalho que mais lhe emocionou em toda sua vida: registrar o 60º aniversário de casamento de Ruby e Harold, que se casaram em 1942 e, em 2012, celebravam a sexta década desse amor inquebrantável. Cinco anos depois, agora em 2017, o casal celebrou o 65º aniversário juntos, e Megan foi novamente chamada para clicar os dois apaixonados – e sua emoção foi ainda maior em rever Ruby, Harold e principalmente todo esse amor.

Segundo contou Megan em seu post, Harold continua igual, com suas piadas cortantes e seu sorriso constante. Já a demência de Ruby aparentemente piorou – mas, ainda assim, sua personalidade e seu humor continuam lá.

Quando ela me recebeu à porta, me envolveu em um abraço apertado como se abraça um familiar que não se vê há muito tempo. Eu lhe disse que estava muito feliz em revê-la, e ela disse: ‘Bem, eu adoraria saber o motivo’. Uau, sua personalidade continuava tão ousada quanto sempre!”, disse Megan.

A fotógrafa reconhece a importância de seu trabalho justamente ao perceber que Ruby não se lembrava dela – mas que poderia ver as fotos sempre que quisesse. No mais, um amor tão longevo, firme e bonito merece ser registrado, infelizmente por sua raridade, mas também pela força emocionante de ver algo tão simples e, ao mesmo tempo, tão potente.

Todas as fotos © Megan Vaughan/fonte:via

O que esse artista encontra na praia é incrível, surpreendente e trágico ao mesmo tempo

Há quatros anos se dedicando a recolher lixo nas praias de Cornwall, no sudoeste da Inglaterra, Rob Arnold dificilmente se surpreende com a quantidade de plástico que pode ser encontrada na areia. Mas até alguém experiente como ele ficou atônito com o que estava acumulado em Tregantle.

Rob saiu para uma missão da Rame Peninsula Beach Care e encontrou tanto plástico que mais parecia um grande lençol de conchas. Depois de várias horas de trabalho, ele e alguns colegas retiraram nada menos que 35 sacos de lixo da praia! Entre o material estavam milhares de peças de Lego.

Em 1997, um navio que carregava um contêiner cheio dos brinquedos com destino aos EUA foi atingido por uma onda gigante. Já faz 20 anos, mas várias peças ainda são encontradas nas praias de Cornwall. O problema maior é que, além do Lego, Rob e seus colegas encontraram muito mais lixo, provavelmente jogado nos oceanos há pouco tempo.

Rob tem 59 anos e vem se dedicando à limpeza das praias desde os 55. Para chamar atenção para o problema, ele criou uma máquina capaz de separar resíduos da areia e das algas. Depois, Rob os categoriza e cria espécies de esculturas para mostrar a gravidade do descarte de plástico nos oceanos.

De acordo com a ONU, o plástico corresponde a 80% do lixo encontrado nos oceanos. Cerca de oito toneladas são lançadas nos mares todos os anos, causando problemas para vários animais que ingerem o material. Aves, tartarugas e peixes podem morrer por causa disso, e estima-se que, em 2050, haja mais plástico do que peixes no oceano.

Todas as fotos © Rame Peninsula Beach Care